Alô Alô Alô Rio Carne Doce

Alô! Alô! Alô, Rio! LINIKER e Os Caramelows no Circo!

2.11.16Valentino Martins


Oi, gente! Apenas 3 dias depois, já estou aqui com outro "must go" da nossa coluna. Hoje vou falar sobre o Liniker e os Caramelows que vão ao Circo esta sexta lançar seu cd "Remonta" e, nossa, faça esse favor a si e não perca esse show! É, entre tantos, um dos meus favoritos.

Jump of the cat, my beautiful! Como uma estrela cadente, Liniker apareceu do nada para mim. Certo dia estava rolando o feed do Facebook quando aparece um vídeo dx cantorx cantando Zero. Era uma música de tanta qualidade, seja na voz delx, quanto dos baking vocals, uma mistura do soul com jazz. Os instrumentos encaixavam e, ali, ainda que por uma tela de computador, eu sentia uma chama pela voz de Liniker. 

O vídeo extourou nas redes sociais, não é pra menos. Aliás, os vídeos. Era um EP, "CRU", que contém "Zero", "Caeu" e "Louise du Brésil". Juntos somam quase DEZ milhões de visualizações, puro lacre, mon amour.


O tempo foi passando (tempo que não é muito tempo assim, praticamente 1 ano só), mais e mais as pessoas conheciam e se apaixonavam por esse artista tão único e extraordinário. Artista cujo traz consigo não só mais uma música chiclete, mas traz a qualidade da black music, traz empoderamento, traz autoestima, traz o debate de estereótipos ainda tão morrinhentos no nosso país. Se o Brasil fosse monarquia, queria Liniker como "meu" príncipe. Liniker, por si só, militância. 

Por mais bizarro que seja, eu tentei três vezes ir ao show delx, nenhuma delas pude. Ou viajei, ou tive medo de ir (geralmente não tenho companhia), ou estava esgotado, mas, na Salada de Frutas, eu fui. Ao lado de talentosíssimos artistas como As Bahias e A Cozinha Mineira e Tássia Reis, pude ver Liniker. Foi único; inexplicável. Ainda que pouco mais de 1 ano na estrada, Liniker domina, na maior facilidade, o palco e o público. É um show que é um dos meu favoritos, seja por eu gostar, seja por qualidade. É maravilhoso.

Menos de mim, mais de Liniker. Estrela que brilha alto, logo sucesso tem. Não muito tempo depois, ninguém se continha com apenas três músicas. Então, em financiamento no catarse, nasce "Remonta". Financiamento o qual atingiu quase 150% do valor requerido, só lacre.


O CD traz soul, jazz, samba, mpb... é um foco de influencia que remontou uma bela rosa. É um CD tão bom quanto qualquer uma das do EP "CRU", que por sinal, também estão no CD. Uma de minhas favoritas é: "Sem Nome, Mas Com Endereço", fica dica.

Marca aí direitinho: o show será nessa sexta, dia 04 de novembro. Terá participação do grande Marcelo Jeneci e, abrindo essa tão esperada noite, Carne Doce!

Os ingressos estão 100,00 inteira e podem ser adquirido no Ingresso Rápido ou lá na bilheteria do Circo que funciona de terça a quinta das 12h às 19h, sexta das 12h até 00h e sábado das 14h até 00h. Domingos, segundas e feriados bilheteria abrirá 2 horas antes do início do evento. Lembrando do Ingresso Solidário: paga meia quem levar 1kg de alimento não perecível!

Não sei o que está esperando. Não tenha medo de transpassar, transpasse pelos portões do Circo nessa sexta às 22h!

TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *