Adelina Amouteru CCLivros

Jovens de Elite, de Marie Lu

22.5.16Eduardo Ferreira


Quando as opções do mês da Rocco chegaram eu nem estava assim tão animado ou sequer esperançoso de que me interessaria por algo, mas quando eu vi Marie Lu seguida pelo nome Jovens de Elite foi instantânea minha vontade por querer ler tal livro. Eu nem sabia direito do que se tratava eu só sabia que: PRECISAVA DAQUELE LIVRO.


E, é claro, que depois de ler a sinopse eu: SÓ QUERIA MAIS.

Jovens de Elite conta a história de Adelina Amouteru, uma malfetto, que após ter perdido a mãe e o olho para essa doença (SIM, ela perdeu o olho), vive com a irmã e o carrasco do pai que só a vê como

uma maldição para a família. Assim como todos os habitantes desse mundo renascentista criado por Marie Lu.

Mas, epa, o que é um malfetto? Malfetto é o nome dado às crianças que sobreviveram à febre do sangue, que matou centenas de pessoas e deixaram os poucos sobreviventes com marcas. As marcas de Adelina são claras: caolha e com os cabelos acinzentados, ela vive sendo rejeitada por todos. Mas existe um tipo diferente de malfettos: aqueles que manifestam diferentes marcas e desenvolvem poderes, esses são chamados de Jovens de Elite. E, é óbvio, Adelina é um deles.

Mas como nem tudo na vida é fácil, Adelina só descobre seus poderes quando tenta fugir do pai que havia vendido-a para um senhor que a quer como amante para satisfazer seu fetiche por malfettos. Ela acaba matando o pai e sendo presa pela Inquisição e julgada à morte na fogueira, não por matar o pai, mas simplesmente por ser uma Jovem de Elite.


À beira da morte, prestes a ser queimada numa fogueira como bruxa, Adelina é resgatada pela Sociedade dos Punhais, uma sociedade formada por Jovens de Elite que pretendem matar o Rei e a Rainha para construir um reinado onde possam ser aceitos na sociedade, e não caçados como lobos.

Esse livro tem um começo tão intenso que eu estava mais ou menos assim

A partir do treinamento com os Punhais, Adelina descobre que é especial e seus poderes não são nada comuns. Ela consegue manipular a realidade e criar ilusões. Então a jovem garota é treinada pelos Punhais para ajudar na missão deles.

"Ao todo, há seis deles. Eu espero sobreviver para ser a sétima."


Uma das coisas que eu mais gostei nesse livro é que Adelina não é a protagonista do bem. Ela é constantemente consumida pela escuridão e isso transborda nas ações dela durante o livro e principalmente nas manifestações de seu poder. Ela não é a mocinha. Ela é dominada pela escuridão e isso a torna totalmente imprevisível.

Eu não esperava de forma alguma que esse livro fosse ser tão sombrio quanto é. E muito menos que Adelina fosse ser essa personagem seguindo o caminho da escuridão. Mas não é só nesses detalhes que a leitura me surpreendeu.

A narrativa característica de Marie Lu se repete nesse livro com capítulos narrados não só pelo ponto de vista de Adelina, como também por Teren Santoro (um Jovem de Elite que esconde seus poderes na procura de ajudar a rainha a matar todos os outros da sua espécie) e Rafaelle (até então, o único amigo de Adelina na Sociedade dos Punhais).

Mas a melhor parte de tudo é o mundo e a mitologia criados por ela, tão imersivos e encantadores que é difícil não fazer você se apaixonar pela história logo nas primeiras páginas.

Jovens de Elite é a leitura para você que quer simplesmente fugir da realidade e ser surpreendido a cada novo capítulo.
5 conversinhas + favorito


Ficha Técnica



- Autor: Marie Lu
- Editora: Rocco - Jovens Leitores
- À venda emSubmarino, Saraiva , Americanas.com








Esse livro foi uma cortesia da Editora Rocco. Muito obrigado <3

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *