Ariel Carvalho balanço 2016

Balanço de Leituras - Março

11.4.16João Pedro Gomes


Bom dia, boa tarde, boa noite! O balanço de março, como só veio no começo de abril, tá no clima de dia da mentira. A equipe do CC conta o momento em que foi enganada, feita de trouxa pelos livros do mês (sim, vamos todos fingir que só teve um): 

>>> DIEGO

Número de leituras: 4 histórias em quadrinhos.

Como foi o mês? Se mês passado eu me embebi de Marvel, dessa vez eu sorvi altas doses de DC Comics sem grandes arrependimentos. Ainda estou na vibe das histórias em quadrinho, sem nenhuma previsão de voltar aos livros, mas tá tranquilo, tá favorável.


Melhor leitura: Batman: Silêncio, Parte 2, de Jeph Loeb: Apesar do final ser fraco, essa história em quadrinho tem um seguimento de histórias sensacional para quem quer conhecer o mundo do Batman. Amor define.

Pior leitura: Coringa, de Brian Azzarello: Não é que tenha sido horrivel, mas é daquelas histórias em quadrinho dificil de entender e com a arte super suja. Quando olho para as leituras do mês, esse naturalmente fica abaixo do resto.

Demais leituras: Batman: Silêncio, Parte 1, de Jeph Loeb: Uma excelente construção para o volume 1, sem dúvidas. Aqui a gente cai dentro da toca do coelho e vai se afundando na mente do morcego. Um começo lento, mas necessário.

O Último Filho, de Geoff Johns: Uma história que tocou vários temas legais me enganou maravilhosamente. O tema podia ser melhor explorado no meio da história, mas o final é de partir o coração </3

1º de abril! - momento “fui trouxa” literário: Eu sempre leio os extras das HQ’s antes de começar a história. Fui fazer isso em O Último Filho e acabei recebendo um spoiler que me fez pensar “meh, já sei como essa história vai se desenrolar”. Fui lendo meio empurrado por causa disso até que PÁH, não era nada do que eu tava pensando e foi quase que proposital! É pra você pensar mal de um determinado personagem por causa de onde ele veio, só pra HQ falar “ah ah ah, não é bem assim, meu querido!”. Excelente <3


>>> EDUARDO

Número de leituras: 1 livro completo.

Como foi o mês? Pelo menos eu tô lendo algo mesmo empacando um livro que leria em 3 dias. Dessa vez não tem desculpa, todo o tempo livre que eu poderia estar lendo nos finais de semana eu usei jogando.


Melhor leitura: A Idade dos Milagres. É um livro que não faz grandes alardes. Não se vende como um grande romance, não reage exageradamente aos acontecimentos desse mundo de Julia e é por isso que eu gostei tanto dele.

Pior leitura: teve não

Demais leituras: que que é isso?

1º de abril! - momento “fui trouxa” literário: fui trouxa achando que mesmo com a faculdade e tudo mais eu ia conseguir ler mais de 2 livros esse mês e acabei lendo só um.


>>> TAIANY
Número de leituras: 13 livro,  1 releitura, 1 romance de banca, 1 releitura de romance de banca e 1 releitura de fanfic.

Como foi o mês?: Surpreendente, maravilhoso, incrível, ahhhh....

Melhor leitura: Vou contrariar a todas as regras e colocar dois, porque não tenho como escolher: O que me faz pular, escrito por  Naoki Higashida, uma garoto de 13 anos que resolveu compartilhar como ele se comunica com o mundo e o que é ser um autista. O livro é curto, simples e sem nenhum termo cientifico, consegue nos aproximar desse menino que só quer dizer que ele é como qualquer outro menino de 13 anos. E o outro livro é a  A Abadia de Northanger, da diva Jane Austen, e depois de mais ou menos 8 anos em que li o primeiro livro dessa mulher que mudou minha vida e veio se tornar minha autora favorita, finalmente li toda sua obra, e não poderia ter terminado de melhor maneira. Em Abadia, Jane veio nos falar sobre amizade, fé em si mesmo e nos próprios julgamentos, entre outras coisas que ela queria nos ensinar sem que percebêssemos. Detalhe, esse me pareceu o livro de Austen com maiores insinuações íntimas.

Pior leitura: A fofa do terceiro andar,  de Cleo Busatto. Peguei achando que era uma coisa, e era outra completamente diferente. Achei a leitura meio chata e arrastada, mas, talvez minha prima de 12 anos goste, então...

Demais leituras: Não colocarei descrições das demais leituras, só os títulos, porque senão ficaremos aqui por horas (QUE EMOÇÃO FALAR ISSO !!!!!!!!!):
- O Presente Do Meu Grande Amor: Doze Histórias de Natal, organizado por Stephanie Perkins. (Adorei, uns contos são mais ou menos, mas outros <3);
- Lições sobre amar e viver, de Morrie Schwartz. (Nem é meio tipo de livro, mas, valeu muito a pena)
- Sejamos todos feministas, de  Chimamanda Ngozi Adichie. (O titulo já diz tudo. Meio dúzia de páginas que vale mais que muita coisa por aí);
- Shingaling, de  R. J. Palacio (A história do  Auggie continua impactando a minha vida);
- Invisível, de   David Levithan e Andrea Cremer  (Amei as partes do Levithan e me cansei uma pouco nas da Cremer, uma pena. O livro é bom, mas podia ter sido melhor);
- O Lado Feio do Amor, de  Colleen Hoover (Achei o titulo tão mhé que não esperava me apaixonar pela livros. Obrigada moça do skoob que disse que eu não ia me arrepender ao ler)
- Os 13 porquês, de  Jay Asher (Eu só acho que todos deveriam ler esse livro. E me senti mal por muitas vezes não saber como ajudar);
- Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, de  Sarah MacLean (Arqueiro pegando romances de banca e tornando livros de “livraria”. Pode continuar.);
Dez Formas Para Ser Adorada Enquanto Conquista Um Lorde e Onze Escândalos Para se Conquistar o Coração de um Duque, de  Sarah MacLean;
- Aprendi com Jane Austen, de  William Deresiewicz (Quando li esse livro fiquei maravilhada, rele-lo, só veio confirmar o que eu já sabia. Leitura obrigatória para os amantes dos livro da Jane Lacradora Austen);
- O Rei Apaixonado, da  Sally MacKenzie (7 livros depois e alguns anos para achar todos, finalmente série concluída);
- O Diabo Irlandês, de  Donna Fletcher (Nem sei porque conto esse livro como algo, releio quase todo mês);
- Um Herdeiro para Pemberley, por Helena Sanada (Matando saudades dessa fanfic maravilhosa de Orgulho e Preconceito. Da série : Lendo todas as fanfics traduzidas de OeP).

1º de abril! - momento “fui trouxa” literário: Fui trouxa com o final de Invisível, demorei para aceitar que aquilo foi  plausível, to acostumada com isso não. Nem posso ficar falando para não dar spoiler, só o que tenho a dizer é que o livro acabou e eu fiquei procurando mais páginas.

>>> ARIEL

Número de leituras: 13 leituras

Como foi o mês?: Foi bom, mas como era fim de período, li muitos mangás e três livros.

Melhor leitura: Quarto, de Emma Donoghue.

Pior leitura: Gostei de tudo que li, mas o que menos gostei foi Coma, de Alex Garland. É um livro um pouco confuso e feito para desnortear o leitor.

Demais leituras: As outras leituras foram volumes dos mangás Rurouni Kenshin (vulgo Samurai X), do Seinto Oniisan (que conta a história de Jesus e Buda de férias no Japão) e comecei a leitura de O Pistoleiro, do Stephen King.

1º de abril! - momento “fui trouxa” literário: Eu tinha CERTEZA que a história de Rurouni Kenshin ia para um lado, mas foi para outro completamente diferente.

>>> JOÃO

Número de leituras: 3 HQs e 1 livro incompleto

Como foi o mês?: Acho que a melhor palavra é natural? Eu li as coisas espontaneamente e sem ficar me pressionando, acho que é a primeira vez que acontece isso no ano. Libertador.

Melhor leitura: Eu li Batman: Silêncio meio junto com o Diego e concordo com ele, a parte 2 foi muito boa. Ainda tô pra achar um história ruim do Batman xD

Pior leitura: Os Novos Vingadores: Tudo Morre. Muito bem escrita, mas a história meio que não anda muito. São seis edições com a mesma trama acontecendo nos mesmos lugares, com o mesmo visual. Meio claustrofóbico e cansativo.

Demais leituras: a parte 1 de Silêncio, que só não é tão boa quando a 2 porque as coisas demoram pra fazer sentido e parece que tá jogando um monte de elementos aleatórios na história. Ah! E Orgulho e Preconceito.

1º de abril! - momento “fui trouxa” literário: Achar que ia terminar Orgulho e Preconceito durante o mês. Pobre, inocente João, chegou nem na metade. Mas tá ótimo e não quero que o livro acabe (No momento: sofrendo com Jane, outra que tá sendo feita de trouxa).


>>> ISABELLE

Número de leituras: 5 livros completos.

Como foi o mês?: Finalmente quebrei a tradição de três livros por mês, então eu tô feliz HUGDHGIFDHGIDHIGHD

Melhor leitura: Os Garotos Corvos, de Maggie Stiefvater. Gente, que livro MARAVILHOSO!!! Apesar de no início as cenas se arrastarem muito, depois o negócio fica frenético com direito a várias cenas de dar medinho. Ansiosa pra ler os outros <3

Pior leitura: Não teve.

Demais leituras: Tentação ao Pôr do Sol, de Lisa Kleypas. Terceiro livro dos Hathaways e olha, quanta treta. Eu cheguei a sentir raiva do mocinho e pensei de verdade que ia dar tudo errado, até que várias reviravoltas me deixaram de queixo caído e o homem se redimiu diante de mim xD

Manhã de Núpcias, mesma autora. Já esse me deixou meio cabreira. Também tem ALTAS REVIRAVOLTAS, momentos angustiantes e fofos mas o mocinho....cansei dessa classe "machona e ciumenta".

O Diabo Irlandês, de Donna Fletcher. Depois de literalmente ANOS de tentativas infrutíferas, finalmente Taiany amoleceu meu coração e eu peguei esse romance pra ler. Não fiquei arrebatada que nem ela, mas adorei o romance, a mocinha e OS MISTÉRIOS.

1º de abril! - momento fui trouxa literário: Temporada de Acidentes, de Moïra Fowley-Doyle. Peguei esse livro na parceria achando uma coisa e por um tempo o livro confirmou isso, aí virou uma grande confusão e no final fiquei sem entender nada. Me senti uma trouxona q.



E aí, como foi o seu mês? A gente quer saber!!

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *