Carol Cardozo CCdiário

Manifesto da Geek Feminista

9.3.16Carol Cardozo



O texto abaixo foi traduzido livremente deste tweet



Eu sou uma garota geek e sou feminista. Eu adoto a palavra "fangirl" de braços abertos. Eu não tenho que provar minha credencial nerd pra ninguém, nunca. 


Seja porque eu sou uma iniciante em quadrinhos ou uma escritora de fanfic tentando fazer seu próximo capítulo ou uma jogadora avançada que às vezes se esquece de dormir (não que eu tenha feito isso), ninguém tem que decidir ou não onde eu pertenço. 


De Superwholock a Shakarian eu aceito todos os fandoms e shipps como igualmente significantes e importantes nas nossas vidas de garotas geek. Mesmo se o seu otp é o meu notp, ainda assim eu vou gostar de você (mesmo que eu tenha que parar de seguir seu blog). 


Eu posso usar maquiagem e vestidos do R2-D2 ou camisa do chewbacca e jeans rasgado e o mundo tem que lidar com isso, porque uma feminista geek se parece com o que ela quiser e não pede desculpas. 


Eu vou apoiar empoderamento, criação de mídias femininas e personagens femininas incríveis que me façam sentir como se eu pudesse ser a Batgirl mesmo se eu só tiver um Doc Martens amarelo e um complexo de vigilante. 


Eu sou o Doctor, não uma companion; Buffy, não Bella; ajudante de ninguém, interesse amoroso ou apoio feminino. Eu estou dirigindo este barco. 




Eu sou uma fangirl, feminista e uma força a ser reconhecida.





TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *