CCdiário CCDicas

Cozinhando com o Conversa Cult: hambúrguer de peru

7.1.16Taiany Araújo

*A foto da Bela Gil é porque o pessoal do CC falou que sou parecida com ela. Não sei onde.

Todo final de ano é a mesma coisa aqui em casa. Eu dizendo para não fazer essas comidas de natal super secas, ninguém me ouvindo, e comidas sobrando a rodo. E esse ano não foi diferente, ai então começa a parte que exige criatividade ou tudo vai para o lixo. 


Assim, a criatividade dessa vez foi fazer hambúrguer com o peru de natal que NINGUÉM, eu repito, ninguém comeu porque todo mundo já tava mega cheio. E a receita dessa experiência culinária que por incrível que parece ficou bom, vem a seguir. 

Ps: Não tirei foto do processo porque esqueci, mas tem uma fotinha mal tirada do resultado.

Dica para o que fazer com aquela comida de natal que você não aguenta mais: hambúrguer de peru.

Eu triturei o peru de natal no liquidificador, porque não tenho centrífuga, mas, nessa hora (de triturar) tem que ser meio rápido porque senão vira uma papa, aí não fica legal. Depois disso, como o peru já tava temperado eu só coloquei uma cebola inteira bem picadinha, dois dentes de alho também bem picadinhos, um ovo para dar liga, três sachês de mostarda que a gente sempre leva pra casa dos fast foods da vida (é opcional), e por fim, coloquei farinha de rosca (não sei a quantidade, fui colocando e vendo como a massa ficava). Após isso tudo, foi literalmente colocar a mão na massa até os ingredientes ficarem bem misturados e a massa grudadinha como se fosse uma massa de bolo. Pronto, agora é só molhar a mão para formar os hambúrguinhos (a mão molhada facilita na hora de montar os hambúrgueres), que devem ser fritos como os de mercado mesmo. 

O hambúrguer de peru.
Fotinha do resultado final, serinho gente, ficou muiiiiiito bom.

Ahhh, e você também pode congelar os hambúrgueres para fritar só quando quiser comer.

Ps: Ainda com as sobras do natal minha mãe fez croquete de carne (com a carne seca que sobrou), quibe (com o tender que sobrou) e torta (com as nozes que sobrou).

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. Haha post utilidade pública!
    Mas miga, o Preta Gil ali foi uma piada (que eu não peguei) ou você só trocou o nome da Bela mesmo? :D
    (Aliás, não entendo a implicância com ela.)

    Gente, eu adoro essas receitinhas que aproveitam comida. Pra dizer a verdade, eu sou péssima na cozinha, mas minha avó domina os paranauê de aproveitar sobras (sobras porque quase nunca o que ela faz é ruim). Ela faz umas tortas de dar água na boca e quede receita? Não tem, é tudo de cabeça; pega o que tem na geladeira e voilà!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu troquei o nome Hahahahahhaahhahahahaha vou ajeitar, brigadinha.

      Eu não tenho nada contra a Bela Gila, mas devo confessar que adoro as piadinhas e os memes e morro de com tudo isso.

      Receita de sobras e algo genial, pq vc pega um treco q não aguenta mais ver e transforma em algo de lamber os beiços.

      Tb não sou muita coisa na cozinha não, mas as vezes sai algo comivel.

      Avós tem um segredos/mistérios que me deixam de boca aberta, será q qdo a gente virar avó vai saber esses paranaueis tudo?

      Excluir
  2. Socorro quero esse hambúrguer, a torta, o croquete, o quibe, TUDO!!! Me chama para comer as sobras da ceia ano que vem, Taiany!! HAHAHAHAHAHAHAH

    Amo esse tipo de utilidade pública!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena menina, tirando o croquete que eu não gosto, devo dizer que as sobras foram a melhor parte da ceia hahahahhahahahahaha

      Fico feliz por vcs acharem que isso é util.

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *