CCEscrita clube de escrita

Clube de Escrita: Hey, esse é o meu tempo de escrita

1.11.15Dana Martins

No gif: Uma mulher levantando a mão e falando "shhh" pra um homem que tá atrás dela perturbando


NaNo começou! Aqui algumas dicas

Hey, leitor! É a Dana aqui falando e como todo novembro... estou de volta com o Clube de Escrita aos domingos para acompanhar o NaNoWriMo. (Se você não sabe o que é, clique aqui) O primeiro domingo cai logo no primeiro dia do mês, então eu decidi aproveitar pra compartilhar algumas dicas que eu sigo e me ajudaram a vencer os últimos anos. Além do diário básico de sempre.

Esse NaNo eu ainda nem sei o que eu vou escrever - comecei a imaginar agora pouco, enquanto estava no banho. Eu nem vou começar a escrever hoje. Por quê?

No gif: Alycia Debnam Carey apontando pra câmera com um sorriso divertido e falando "há uma razão"


Bem, conhecer o NaNoWriMo foi uma grande virada na minha vida, porque eu comecei a escrever 150 mil palavras de história por ano - no mínimo. Foi muito importante pra me mostrar que eu posso escrever, me ensinar a passar por bloqueios de escrita e desmentir os mitos mentais que eu me contava. (teve uma época que eu jurava que só sabia escrever finais, sempre que pensava no início desanimava) 

E, talvez, o mais importante do NaNo foi me ensinar a ter uma rotina de escrita. O NaNo não é só sobre completar 50 mil palavras, é sobre fazer isso em 30 dias. E às vezes eu acho que escrever 30 dias seguidos é um desafio maior do que escrever 50 mil palavras. 

Porque isso significa ter que encarar um dos maiores inimigos da escrita: o dia ruim.

No gif: um hamster virando com cara assustada, a câmera vai dando zoom no rosto dele


Não tô com vontade.

Tô sem inspiração.

Hoje o dia tá uma merda.

Eu quero dormir. 

Me perdi na história.

Tenho o casamento da tia da minha vizinha que é imperdível.

Meus pais tiraram o dia para brigar.

O vizinho decidiu aprender a dançar macarena. Já faz 2 dias que a música não para. 

VOCÊ NÃO TÁ ENTENDENDO, LANÇOU JESSICA JONES. EU PRECISO ASSISTIR. 

Cólica!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

No gif: Paris Hilton de vestido e óculos escuros rosa em cima de um cortador de grama vermelho que ficou travado em uma moita, tentando passar por cima sem sucesso e ainda rindo
Meu gif preferido pra representar escrita

Enfim, em 30 dias inevitavelmente vai ter o dia merda. E se nada na sua vida acontecer, é bem capaz de que dentro de 30 dias você vai encontrar alguma dificuldade na história.

O maior ensinamento do NaNo pra mim foi justamente escrever mesmo quando o mundo está desabando, a colocar a escrita em primeiro lugar (acima do sono, da sanidade, da fome, dos amigos, dos estudos...). O NaNo me ensinou a virar pra pessoas que não entendem por que eu to escrevendo e dizer "hey, esse é o meu tempo de escrita. mais tarde a gente se fala."

Por um mês isso é bem possível. Novembro acaba e dá pra dormir até o ano seguinte. -nnn Só que aí eu percebi que em 3 meses do ano eu escrevia tranquilamente. Nos outro 9 eu mal tocava em histórias. QUE MACUMBA É ESSA QUE O NANO FAZ? Resposta: é que quando você não pode colocar a escrita em 1ª lugar sempre, o NaNo é o mês que você pode se dar a licença pra fazer isso. Novembro é o SEU mês de escrita. Você já passa 11 meses se importando com outras coisas. Agora é a hora de colocar a escrita em primeiro lugar.

Na imagem: Uma foto da JK Rowling de braços cruzados olhando pra câmera com a frase dela escrita ao lado (tradução a seguir)
Tradução mais ou menos: JK Rowling falando pra você proteger os seus dias de escrita

Só que isso não tava mais sendo o bastante pra mim e aos poucos eu fui me esforçando pra escrever além dos meses do Nano. (faz mais de um ano isso) Cada vez tem sido melhor, mas o ponto aqui é que em setembro eu terminei uma história que eu to editando agora, só que editar tem sido mais demorado do que eu esperava (insira aqui os dias sem fazer também) e eu ainda não terminei. 

Ou seja, eu não vou começar a escrever hoje porque eu vou usar o meu tempo pra editar e só vou poder começar o Nano quando eu terminar essa. Eu poderia, é claro, fazer os dois ao mesmo tempo, mas eu não quero.

Eu acho. 

Vamos descobrir ao longo do mês as aventuras que esse Nano vai proporcionar. HUAHUAHA

Vou encerrar aqui com algumas dicas de boa sorte, ou:

Coisas que me ajudaram a vencer o NaNo. 

1- Imaginação. Eu comecei listando os próximos pontos da história (1- eles se conhecem 2- pintando a parede juntos 3- policial tenta prende-los 4- rola um clima de romance 5- um deles investiga se o outro também sente atração por garotos), só pra saber aonde ir, aí depois todo dia antes de escrever eu imaginava o que aconteceria no capítulo... agora eu chego ao ponto de imaginar a história inteira antes de colocar no papel. Vai lá, deita na rede, fecha os olhinhos e imagina o que tá acontecendo na sua história. A melhor parte é que isso você pode fazer em todo lugar. 

2- Falar pra o mundo inteiro. Deixe as pessoas ao seu redor saberem que você está fazendo o NaNo, converse sobre fazer o ano, siga pessoas que estão participando... Muitas vezes eu tava procrastinando no twitter aí via alguém falando de escrever e acabava escrevendo também. E, por incrível que pareça, as pessoas vão começar a respeitar o seu tempo de escrita e até te incentivar. 

3- Não tenha medo de fazer loucuras. Se não souber o que fazer, escreva mesmo assim. Qualquer coisa. Coloque uma invasão alienígena, mas vá.

No gif: Um cara gesticulando atrás de uma mulher com cara de puta, ele diz "Não arruíne minha história com lógica"


4- Um dia de cada vez. Lembre que você não tem que escrever 50 mil palavras, você tem que escrever 1700 por dia. Só isso. 30 dias seguidos. Às vezes a gente quer adiantar e escrever 10 mil palavras em um dia, aí no outro tá morto. Ou às vezes a gente ficou atrasado e começa a pensar nas 10 mil palavras que faltam pra escrever... Não. Só 1700. Ou 2000. Aumente um pouco a meta diária, mas não se obrigue a alcançar um número impossível para um dia só. O resultado é que você vai passar todos os dias o tempo inteiro achando que sempre precisa escrever e isso é exaustivo. Lembre de ter uma vida além da escrita também. 

5- 50 mil palavras de lixo é melhor que 0 perfeitas. Escreva muita merda, por favor. Seja ridículo. 

6- Faça o que você quiser. Isso não são regras, são dicas. O importante é continuar a nadar!

No gif: Uma mulher que parece repórter olhando pra câmera e falando, a legenda "Não há regras, eu faço as regras"

7- JÁ IA ESQUECER! ENTRE EM PAZ COM A PROCRASTINAÇÃO. Ela vai acontecer, continue indo em frente. Hoje em dia nós somos até amigas. 

Enfim, é isso. E se uma coisa editar a história agora me ensinou, é que há MUITO espaço pra melhorar. Escrever é só o primeiro passo, confie no você do futuro que a sua história vai ganhar outra dimensão. Mas não agora.

Agora vá escrever merda!

Boa escrita, todo mundo. 

Eu estou no twitter @danagrint, e se você quiser me contar sobre o que você vai escrever e conversar sobre o NaNo, eu vou adorar. Quem aqui vai participar? 

E pra deixar avisado: resumo da semana está mudando de dia, não sei pra quando. HAUHAUH

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. "Lembre que você não tem que escrever 50 mil palavras, você tem que escrever 1700 por dia. Só isso. 30 dias seguidos.Lembre que você não tem que escrever 50 mil palavras, você tem que escrever 1700 por dia. Só isso. 30 dias seguidos." MAS ISSO DE 30 DIAS SEGUIDOS QUE É A PARTE DIFÍCIL.
    Anyway, adorei suas dicas e adorei saber que "o dia ruim" acontece com todo mundo.
    Eu já contei pra todo mundo que estou no NaNo e já ignorei redes sociais e ligações hoje porque estava escrevendo. Espero me manter assim até dia 30.
    Boa sorte na escrita, Dana!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *