CCSociedade comportamento

Desconstruindo mitos: introversão, extroversão e timidez

16.8.15Isabelle Fernandes

ao contrário do que se imagina, ser introvertido e/ou tímido não significa isolamento e aversão às pessoas (assim como ser extrovertido nem sempre é ser um raiozinho de luz)


Tenho quase certeza de que todo mundo, ao menos uma vez na vida, já ouviu falar sobre introversão e extroversão, e se perguntou em qual das duas definições se encaixariam. Alguns podem ter se identificado facilmente e adotado essa identidade pra si mesmos, outros podem ter ficado tão confusos que passaram a duvidar de todas as ideias que acreditavam ter sobre si (o que foi o meu caso). Só que tem mais uma definição que pode estar causando essa confusão na cabeça de muita gente: timidez.

Todos os tímidos são introvertidos? Existe extrovertido tímido? Todos os introvertidos são socialmente esquisitos? Bom, fiz minhas pesquisas e, usando um pouco do que eu aprendi na faculdade, cheguei a algumas conclusões e tcharam, temos esse post. Então, vamos lá.

Antes de mais nada, preciso explicar que introversão e extroversão não é como preto e branco. Ou a pessoa é completamente extrovertida ou completamente introvertida, não. Existem áreas cinzentas entre as duas coisas e às vezes uma pessoa pode estar no meio termo entre elas. Além disso, normalmente uma pessoa que é extrovertida na maioria das vezes pode ter momentos de introversão em outras e vice versa. OU SEJA:::: não tem nada errado em se identificar com os dois traços de personalidade. 

Agora vamos às explicações:

Extroversão

"SIM PARA O AMOR, SIM PARA A VIDA, SIM PARA FICAR MAIS POR AQUI"

Uma personalidade extrovertida é aquela que ama novidade. Pessoas extrovertidas em geral gostam de sair, de estar cercada de gente e também de conhecer pessoas e lugares novos. É revigorante pra ela estar em meio aos outros, ela se sente bem e à vontade. Quem é extrovertido na maioria das vezes acha muito mais fácil trabalhar em grupo do que sozinho, é como se as ideias fluíssem melhor, tanto que costumam continuar muito animadas após passar um tempo com companhia. Basicamente na extroversão as pessoas são motivadas por fatores externos a ela, mas como eu disse lá em cima, de vez em quando ela pode sentir a necessidade de ficar sozinha um tempo.

Introversão

"Eu não tenho o talento de conversar facilmente com pessoas que nunca conheci antes."

Já as pessoas introvertidas funcionam ao contrário: sua fonte de motivação está em fatores internos. Geralmente elas preferem atividades solitárias ou com pouca gente, não se incomodam nem um pouco em fazer coisas sozinhas e acham as atividades sociais cansativas depois de um certo tempo. Com isso eu não quero dizer que eles são antissociais que preferem ficar longe das pessoas. Introvertidos também gostam de sair com os amigos ou ter relacionamentos amorosos, eles só apreciam e precisam de um tempo só pra eles. É nesse tempo sozinhos que eles recarregam as energias depois de alguma atividade social e é quando são mais produtivos. Além do mais, ser introvertido não é sinônimo de não saber agir socialmente, o que costuma acontecer é o contrário: pessoas introvertidas podem ser muito boas no trato social, só que no seu tempo e do seu jeito.

Timidez

"DIGA ALGUMA COISA DIGA ALGUMA COISA EEEE.....ela foi embora"

A timidez não é um traço de personalidade, ou uma coisa com a qual se nasce. Sendo bem simplista, ser tímido é não saber como agir em determinada situação social e se sentir inseguro e desconfortável com isso (sendo que em muitos casos a pessoa pode ter sintomas de ansiedade diante dessas situações como mãos geladas, falta de ar, coração acelerado etc). Esse não saber como agir vem lááá de trás, da nossa infância, onde em algum momento, por algum motivo, não aprendemos ou não nos ensinaram como agir com as pessoas em uma ou várias situações. Ninguém nasce sabendo como iniciar uma conversa ou mantê-la, como se aproximar de alguém desconhecido ou se apresentar em público. Essas coisas a gente aprende ao longo da vida, seja com as experiências, com instruções de algum adulto ou figura de referência ou mesmo observando as atitudes das outras pessoas nesses contextos. Então, quando por algum motivo deixamos de ter esse aprendizado e acabamos nos deparando com uma situação que exigiria ele, vem a timidez.



Como vocês podem ver, enquanto a extroversão e a introversão são aspectos da personalidade, ou seja, a gente nasce com uma tendência a agir de forma mais expansiva ou retraída, a timidez é a falta de repertórios comportamentais (quantos "saber agir" você tem) em determinadas situações. Isso significa que as pessoas tímidas podem aprender os comportamentos necessários para se sair bem nas situações onde tem dificuldade, até chegar um momento em que sua ansiedade ou desconforto vai ter praticamente desaparecido (menos em situações normalmente causadoras de ansiedade, como o primeiro dia no novo emprego, apresentação do tcc pra banca de professores etc).

Analisando tudo isso, cheguei à conclusão de que eu sou uma pessoa extrovertida, mas bem tímida. Quase sempre eu quero conversar com pessoas que parecem legais ou que de alguma forma descobri assuntos em comum, mas não consigo ir até elas. A sensação é que eu tenho nesses momentos é bem parecida com a que Stephenie Meyer descreve em A Hospedeira: é como se houvesse outro ser dentro do meu crânio usufruindo do meu cérebro enquanto minha consciência fica ali apenas observando, sem poder interferir em nada do que esse outro ser está fazendo com o meu corpo. Apesar do medo de me aproximar e de não saber como agir, eu amo estar com as pessoas de quem eu gosto e uma semana feliz é aquela em que eu saio pra lugares diferentes vários dias seguidos HGUDFHUIDFHGIFHGD.

E mesmo assim, gosto de ter pelo menos um dia na semana onde eu posso ficar em casa, enfurnada no meu quarto ouvindo música sem parar e sem ser incomodada. É um momento que eu dedico só pra mim, e eu o prezo bastante. Essa é uma característica de introversão? Sim. Mas é aquilo: seres humanos não são engessados, são fluidos. Apesar de tendermos a repetir uma determinada forma de agir, podemos agir de uma maneira totalmente diferente de vez em quando.

Então amigues, não existe certo e errado quando se trata desses três aspectos. Apesar deles terem seus pontos negativos que podem trazer frustrações, está tudo bem ser extrovertido, introvertido, tímido ou uma mistura de tudo. O que define se algo é saudável ou não é se ele não te causa transtornos na sua vida a ponto de te deixar mal. Se está tudo bem, então não fique noiado, apenas se entenda e se aceite.


TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

12 comentários

  1. Já eu sou introvertida e bem pouco tímida. Postei essa semana mesmo a respeito disso no meu blog hahaha
    Gosto de conhecer lugares/pessoas diferentes e etc., e lido bem com as pessoas em geral. Normalmente não tenho receio de me aproximar de alguém ou de lidar com as pessoas. (Meu único terror em relação à timidez, de fato, é fazer apresentações em público - detesto!) Porém, chega um momento em que eu PRECISO ficar no meu canto. Parece que aos poucos a energia vai caindo e não dá mais. Principalmente em ambientes mais "carregados", onde há pessoas apressadas ou que falam muito alto e ao mesmo tempo, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, e já leu O poder dos quietos? Estou lendo e gostando muito :)

      Excluir
    2. Não entendi muito o início do seu comentário por causa dos outros que foram excluídos HGUDFHGIFDHGIDFHGIDHF não ficou faltando alguma coisa não? xD

      Eu sinto isso da energia caindo quando passo algum tempo sem fazer o ritual do "enfurnada no quarto ouvindo música e entrando na vibe". Fico muito necessitada desse momento, então te entendo bem xD

      Excluir
  2. Eu me "encaixo" no introvertido tímido, mas ADORARIA ser extrovertida e não-tímida. O terceiro gif representa minha vida social. Muitas vezes, eu até quero puxar papo, elogiar alguém ou apenas sorrir, mas o máximo que consigo é ficar encarando a pessoa e creio que devem me achar meio psicopata (já me disseram que eu tinha o sorriso de Hannibal Lecter /q).

    http://38.media.tumblr.com/9501bd0a243e369db8c24f8458a9e3fa/tumblr_inline_moxc4lxCFd1qz4rgp.gif

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, e só queria dizer que finalmente assisti As Vantagens de Ser Invísivel (por causa do blog) e MUITO OBRIGADA. <3

      http://31.media.tumblr.com/f641f5b3e11f9b94ac3513368450f9cd/tumblr_mvp0ij5NTz1sjxbk6o1_500.gif

      Excluir
    2. E eu que nem consigo ficar encarando?? Se eu ver que a pessoa tá me olhando eu desvio na hora, é ridículo HGUDFHGIFDHGIHDFIGHDFIGHD muitas vezes passo reto pelas pessoas porque não consigo olhar pra elas e nem cumprimentar, daí minha avó fica fula da vida dizendo que as pessoas vão me achar mal educada. MAS EU NÃO SOU, SÓ SOU TIMIDA.

      Felizmente a timidez dá pra resolver com algumas técnicas. Porém isso exige::: dilmas q

      Ps: nunca vi o filme. Só li o livro HGUDFHGIDFHGIDFHIGD mas fico feliz que a recomendação da equipe foi boa pra você xDDDD

      Excluir
  3. Acabei descobrindo que sou muita mais introvertida do que pensei. Por exemplo, do mesmo modo que para mim é ruim ficar vários dias sem sair de casa e ter altas conversas, se eu passo dois ou três dias saindo muito, vendo muita gente, naquele ritmo louco, chega um momento que eu PRECISO ficar sozinha no meu canto para manter minha sanidade haahha

    E eu sou tímida quando o negócio é falar em público para várias pessoas que não estou familiarizada ou desconhecidos eu quase passo mal. Mão gelada, coração disparado, daí a pouco treme na base, uma loucura. Se eu digo paras pessoas que conheço que sou tímida, elas riem e dizem "Helena, você tímida? por favor" porque com amigos e às vezes até pessoas que não conheço muito numa conversa informal é bem tranquilo pra mim.

    Sério, muito amor esse texto <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena vc me descreveu. Então o meu comentário é um copia e cola do seu.
      As pessoas ficam supresa qdo falo q sou tímida, mas é exatamente isso q você falou.

      Excluir
  4. Esse texto é muito bom. E os comentários aqui mais ainda <3

    Eu sou tímida, introvertida, provavelmente tenho ansiedade social. E depois que eu comecei a perceber isso, minha vida ficou tão melhor. Um dos meus momentos mais felizes é quando a casa fica vazia. É TÃO FELICIDADE. EU ME DIVIRTO TANTO. O MUNDO FICA TÃO BONITO. Se eu fico com muita gente por perto (ou até só o meu irmão) eu começo a ficar mal. Mal do tipo *se joga na cama e espera as pessoas saírem até sobreviver*

    E eu tenho coisas tipo: nem tenho tanto problema pra falar em público. sempre preferi mil vezes seminário a prova na faculdade. se eu tiver um objetivo, também não tenho problema pra falar com as pessoas. mas às vezes dá uns momentos que CÉREBRO PARA POTATO POTATO POTATO. Umas vezes eu fui no Burguer King, e aí atrasaram meu pedido, e eu quase morri pra falar com a pessoa. E eu me tornei muito boa em pedir pras pessoas ao meu redor fazerem essas cosias pra mim. HAUHAUHA

    Às vezes atrapalha, às vezes é desconfortável, mas não to nem aí pra cuidar da minha timidez não. E me irrito muito com essa narrativa do quieto-que-precisa-ser-consertado. Tudo bem que seria lindo ser Beyoncè chegando poderosa e olhando todo mundo como se eu engolisse leões no café da manhã, em vez de ficar desconfortável ou ignorando pessoas por falta de habilidade pra dizer "oi". Mas... eu não tenho forças pra me importar tanto assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que precise ser consertado. É que existe uma forma de interagir de forma saudável e menos ansiosa, dando menos margem a problemas piores.

      Mas é aquilo: se a pessoa tá ok com, isso, então é isso aí. Só se procurar ajuda quanto a pessoa sente que não tá bem com isso e quer mudar

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *