CCDicas Dana Martins

Lista de coisas pra fazer vs. Lista de coisas sendo feitas

25.4.15Dana Martins



Uma pessoa muito legal (oi, pessoa legal) me falou pra usar o Trello, site de organização. Aí eu tava justamente organizando o CC e achei que valia a pena tentar (por que não, né?). Uma das coisas que me chamou atenção é como as listas são organizadas no site. E eu pensei: e se eu to fazendo to-do list errada esse tempo todo?

Lá no Trello, um site de organizar projetos, você cria um "board" onde monta listas. (imagem abaixo) Você pode fazer listas do que bem entender, montas diversos boards e dividir os boards por organization. O board que o site dá de exemplo tem essas quatro partes:

Ideias, Para fazer, Fazendo e Feito. 



Isso são, tipo, 4 listas diferentes. Eu normalmente uso mil listas, então não é muito um conceito diferente pra mim, porém eu nunca tinha visto dessa forma. 

A to-do list (lista de coisas pra fazer) é a mais conhecida, só que eu aprendi da pior forma que ela pode fazer muito mal a mim. A ideia constante de que eu deveria estar fazendo algo, eu fazendo coisas pra terminar minha to-do list até ficar exausta, a sensação de que nunca termina e esquecendo de fazer aquele tipo de coisa que não se coloca em to-do list (ler livros). 

Pra uma pessoa com dificuldade de dormir e que quer fazer tudo (e vive fazendo), uma to-do list é um apocalipse.

Então eu decidi fazer listas limitadas. Quantidade limite de coisas por semana. Quantidade de horas no dia que eu posso me dedicar a coisas da minha to-do list. 

Basicamente, eu estava tirando da minha to-do list imaginária infinita algumas tarefas para fazer no momento. 

Só que aí surge um outro problema que basicamente é o fato de que eu continuo tendo uma lista enorme de coisas pra fazer. Ao longo da semana surgem coisas novas, ou eu lembro de outras que eu esqueci de colocar. (se eu for fazer a minha to-do list de posts já escritos pra colocar no blog já tem uns 100 itens) 

Aí vem essa organização tão simples que resolve tanta coisa:

Listas de Ideias, Para fazer, Fazendo e Feito. 

A verdadeira to-do list deveria ser o "fazendo", aqueles que você separa conscientemente pra fazer no momento porque são os mais importantes. Não a lista gigante de "para fazer" que vai sempre crescendo. E ter uma lista de "ideias" é melhor ainda, porque vai passando por um filtro.

Lista de coisas que passaram pela minha cabeça e eu quero salvar (ideias)
Lista de coisas que eu já vi que quero fazer e pretendo fazer (para fazer/to-do list)
Lista de coisas que eu estou fazendo AGORA (fazendo)
Lista de coisas que eu já fiz (feito)

Eu nem sei mais pra que eu to fazendo esse post, porque é uma coisa tão tão tão idiota. Ainda assim, a gente só fala em fazer to-do list e normalmente só tem uma lista. Eu já cheguei até usar o proceso de "pra fazer" e "feitos", porque é muito importante não tirar do mapa as coisas que você fez. Isso ajuda a ter noção de que você está fazendo coisas. 

Mas o período intermediário de coisas que você está fazendo, acho que nunca tinha passado pela minha cabeça a divisão nítida. Mesmo que, como você pode ver ali em cima, eu já meio que usasse uma lista de "fazendo" semanalmente. 

Quero treinar me organizar usando essas quatro divisões e, já que estou no Trello, vou ver como funciona por lá mesmo. É claro que ainda vou usar o papel, que é muito mais simples pra mim. Mas também vou usar o Trello.

-dana martins


TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *