Alan Turing Ana Luíza Albacete

[Resenha Misturada] O Jogo da Imitação, filme

3.2.15Ana Luíza Albacete

por Ana Luíza Albacete e Elilyan Andrade

 - "O Jogo da Imitação"
 - The Imitation Game (2014)
 - Direção: Morten Tyldum
 - Roteiro: Graham Moore
 - Elenco:  Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode, Rody Kinnear, Allen Leech, Matthew Beard, Charles Dance...
 - Drama - 114 min - Trailer
 - Nos cinemas brasileiros desde 29 de Janeiro de 2015
 - Baseado no livro de Andrew Hodges.





Minicrítica ~ Sinopse:

O Jogo da Imitação conta a história de Alan Turing, um matemático que se propõe a ajudar o exército Britânico a desvendar o Enigma, um código que os alemães usavam para mandar mensagens para os submarinos. Turing tem um projeto de construir uma máquina para analisar todas as codificações possíveis do Enigma e ele faz de tudo para que o exército o financie.

Quer saber mais? Clica aí embaixo ;)


O que a Ana Luíza achou?

Quando o filme saiu, eu realmente achava que seria absolutamente baseado na segunda guerra e só. Estava enganada. O Jogo da Imitação me surpreendeu em todos os quesitos. Fui esperando mais um filme qualquer de guerra e o que encontrei foi muito mais profundo do que isso.

O filme envolve vários assuntos ao mesmo tempo, o que aparentemente pode ficar confuso, mas não. É tudo muito bem desenvolvido: o romance, a homossexualidade, a guerra, a arrogância... Tudo isso foi demonstrado de uma forma muito simples e genuína. Por mais que o assunto do filme fosse uma coisa séria e pesada, o roteiro e a direção fizeram com que a experiência fosse leve (eu até ri em alguns momentos).

As interpretações são autênticas e sem pretensão nenhuma. Podemos ver que os atores deram o melhor de si para que o filme não tivesse um clima tão pesado e, ao mesmo tempo, mantivesse um tom de seriedade.

O Jogo da Imitação me encantou. Explodiu a minha mente e fez com que eu me apaixonasse pelo Benedict Cumberbatch (sim, eu nunca vi Sherlock, só sabia que ele era um ótimo ator. Mas agora! <3). Enfim, indicações ao Oscar super merecidas. Corram para o cinema!

Sobre a nota:  5 conversinhas, porque sim!



O que a Elilyan achou?

O que achei? Brilhante, emocionante e com cara de vencedor do Oscar. O Jogo da Imitação é o filme entre os indicados que estava mais ansiosa para assistir, por motivos de Benedict Cumberbatch. Sim, sou uma cumberbitch, e queria muito ver Ben interpretar o matemático Alan Turing nessa cinebiografia. Ele merece o Oscar de Melhor Ator? Não. O filme merece a estatueta? Talvez sim.

O Jogo da Imitação é um filme feito para redimir a história de Alan Turing, um personagem obscuro e extremamente importante à história do mundo. Seu trabalho salvou milhares de pessoas e permitiu a construção do conceito básico do computador, mas, infelizmente, quase ninguém sabe quem é o cara.

Roteiro, elenco, fotografia, trilha sonora e tudo mais: muito, muito bom. Pena que fiquei com uma sensação de que faltava algo. Não sei bem o que é, mas sinto que O Jogo da Imitação é um bom filme, e, infelizmente, nada mais que isso.




Sobre a nota:  3 conversinhas, porque é um bom filme. E só. 

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Ética e ciência em tempos de guerra. O interessante é que O jogo da imitação, em princípio, parece-II Guerra Mundial. Tem soldados, tanques, ecos de bombas, a sombra de Hitler. Avanços, percebemos que abrange mais do que um evento histórico. abrangido pela presente de nossas vidas. Alan Turing foi um herói injustamente esquecido. Turing não existiria sem Bill Gates ou Steve Jobs não teria existido. Mesmo algumas lendas atribuído à Apple Turing Wolf.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *