Adriana Araujo Carina Rissi

perdida, de Carina Rissi

17.12.14Adriana Araujo
















"Toda essa baboseira de amor acaba assim que a rotina aparece. (...) Na vida real, você sempre acaba sozinha com um buraco no lugar onde costumava ficar seu coração".

A frase acima é um pensamento de Sofia sobre amor e relacionamentos. Ela nunca havia se apaixonado e nem queria. Mas tudo isso muda quando ela é transportada para o século XIX e conhece Ian. Essa história meio mirabolante é o enredo do melhor livro que li esse ano.



Não tenho certeza de como conheci esse livro, mas acho que o vi numa livraria e a capa me chamou atenção, pois é uma menina com vestido de noiva e um all star vermelho. Li a sinopse e me identifiquei bastante com a protagonista, Sofia. Uma jovem moderna, independente, que vive no século XXI, não vive sem celular e não acredita muito no amor.

A cara de Sofia pra esse papo de amor

Esta criatura, desastrada, deixa por acidente o celular cair na privada e precisa comprar um novo, mas adquire com uma vendedora estranha um aparelho ainda mais estranho que a transporta no primeiro uso para o século XIX. A partir daí começa umas das histórias de amor mais fofas que li na vida. (Não que eu seja parâmetro, pois não sou grande leitora de romances, o último que li foi anos atrás, mas acabei nem curtindo a história. Talvez isso tenha me deixado com um pé atrás com o gênero).

Quando Sofia cai de paraquedas no século XIX sua primeira visão do lugar é Ian (<3), um rapaz que a vê caída e tenta ajudá-la, levando-a para sua casa (sem nenhuma segunda intenção, o cara só queria ajudar mesmo. Claro que Sofia fica desconfiada com isso, vindo do século XXI). Quando a moça entende que está no passado, quer voltar de todas as maneiras, mas é surpreendida com mensagens do celular que a levou ali, dizendo que ela tem uma jornada a cumprir e que só poderá voltar após sua realização. 

Enquanto os dias passam, ela vai tentando descobrir o que tem que fazer para voltar, mas o que ela não esperava era se apaixonar perdidamente por seu anfitrião. Ian é um típico cara do século passado, fofo, doce, educado, cortês, gentil, além de gato e protetor da irmã mais nova que vive aos seus cuidados depois da morte dos pais. E o melhor de tudo: ele a corresponde.


Sofia encontra, então, um problema: como ela pode gostar e se relacionar com alguém que vive dois séculos antes dela? Ela passa então a ser consumida pela dúvida e negação de seus sentimentos em relação ao gostosíssimo Ian, ela quer amá-lo (ele é incrível!), na realidade já está amando, mas não deveria, pois sabe que voltará pra casa. 

O livro é narrado em primeira pessoa, o tipo de narração que mais gosto, pois isso aproxima o leitor do personagem, e acompanhamos os pensamentos e confusões de nossa amiga: seu estranhamento com a simplicidade das coisas, e também com a falta de itens a que já estamos tão acostumados, como o banheiro; a saudade que ela tem da melhor amiga, Nina; a relação fofa com Elisa, a irmã do príncipe encantado; e a preocupação com as periguetes moças que ficam cercando seu boy magia. Tudo isso é contado por Sofia de forma bastante engraçada, pois a interação com o povo do século XIX não acontece de forma tão simples, afinal, dois séculos são bastante tempo.

Perdida é um livro delicioso, que reúne romance, comédia e muita fofura. Li o livro num ritmo alucinado, pois a linguagem é simples, e você fica na maior curiosidade. Fiquei torcendo pelos dois mais que pra Brasil em final de Copa. Antes mesmo de ler o livro eu já sabia da existência de "encontrada", sequência de "perdida". que já devorei e garanto: é tão bom quanto o primeiro. A autora planeja para 2016 o lançamento do terceiro livro da trilogia, que ainda não tem nome nem enredo revelado. Outra noticia maravilhosa é que "perdida" vai virar filme! Isso mesmo, a autora já confirmou e a produção já está trabalhando no roteiro. A previsão, segundo as internets da vida, é pra 2016. Só nos resta esperar. *o* 

-Adriana Araujo

***
         
 
Livro: perdida

Autora: Carina Rissi

Editora: Verus Editora

Páginas: 364



                                                                                              





TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

9 comentários

  1. Gostei muito da história, li sua resenha com a certeza que queria ler o livro ,até chegar no final e perceber que é uma trilogia. Acho que vou esperar até todos serem lançados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taiany, os dois que eu li, "perdida" e "encontrada", finalizam bem a história. Eu fiquei satisfeita com o que aconteceu, não ficou nenhum buraco. Se vc quiser ler agora, os dois primeiros vão te suprir bem. Agora uma dica: quando começar a gostar do primeiro, já providencie o segundo. ;)

      Excluir
    2. hahahhaha Obrigada pela dica, são importantes dependendo do livro.

      Excluir
  2. Adriana, eu não resisti e vinha ler sua resenha antes de acabar de ler esse livro.
    Muito amor mesmo <3 o gif ilustra bem minhas reações com Ian e a Sofia.

    Enfim, a escrita da Carina Rissi é demais, sobre o terceiro livro, sei que será publicado na Bienal do Livro do Rio de Janeiro de 2015, e será narrado por Ian. E ainda vai ter livro da Elisa com o Lucas, da Valentina e por fim volta Sofia (em um 6° livro) e parece que esse último tem nome provisório de Cartas para Nina. Ufa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus, Helena! Não sabia que seria tão gigante a série. o/ eu achei que pararia no terceiro.

      Excluir
    2. eu assustei também quando vi! E agora lendo o segundo eu quero logo o terceiro e depois todos os outros. HAHAH

      Excluir
  3. Lendo o comentário da Helena e, meu deus, não saia que seria uma série gigante. Esse livro é, tipo, O MEU TOP DESEJADO NÚMERO 1 desde o começo do ano. Eu conheço ele há um tempão, quando nem era da Verus. Quero muito, muito ler, porém não compro livros. Minha vida é esperar ele no sistema de trocas do Skoob. Todo mundo diz que é muito engraçado, quero muito conhecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe, inveja da sua determinação de não comprar livros. Essa é uma das minhas metas pra 2015. Esse ano comprei mais livros do que consegui ler. Estou entrando em 2015 com livros comprados do meio do ano intocados. (minha desculpa é que tds q comprei foram na promoção). Sobre perdida: ele é mesmo awesome. boa sorte com o skoob. (vc pode tentar bibliotecas públicas tbm, eu as utilizava muito e era ótimo).

      Excluir
  4. Detesto grandes séries, eu sempre evito ler esses livros, nada contra, mas prefiro trilogias principalmente depois de ter lito toda a série Fallen e Beijada por um anjo as quais o final me decepcionou bastante, mas a Carina Rissi tem uma escrita maravilhosa,, tive a oportunidade de ler procura-se um marido por acaso este ano, o livro é muito divertido e gostoso de ler, acho que vou dar mais uma chance as séries.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *