amazon brasil ebooks

Kindle Unlimited: vale a pena?

26.12.14João Pedro Gomes



O Kindle Unlimited chegou na Amazon Brasil há algumas semanas prometendo ser o próximo passo na evolução da leitura de e-books, e, como não poderia ser diferente, alterou os ânimos de nós, reles mortais amantes de livros. Mas essa promessa de ser ilimitado é verdadeira? Dá pra ler mesmo tudo o que quiser? Vale mais fazer assinatura no kindle ou comer uma pizza a mais por mês?

Tire essas e outras dúvidas com o nosso guia rápido sobre o Kindle Unlimited!


Afinal, o que é o Kindle Unlimited?
Basicamente, um serviço de assinatura equivalente ao Netflix, só que para livros. Você tem um acervo de milhares de obras a sua disposição, podendo ter acesso a dez delas ao mesmo tempo, sem nenhum prazo para a leitura. É como uma biblioteca virtual em que você paga uma quantia por mês (no caso, de R$19,90) para ter mais benefícios.

E o quão grande é esse acervo, exatamente?
Embora menor do que o de outros países onde existe há mais tempo, o nosso Kindle Unlimited conta, no momento em que estou escrevendo esse post, com 663.088 livros. O que é impossível negar: é mais do que você vai conseguir ler na vida. Só que, por trás desse número imenso, a Amazon peca no mais essencial...

O quão bom é esse acervo?
Infelizmente, não muito. Não quero dizer que livros desconhecidos são ruins, mas, se você buscar pelos títulos mais populares, encontrará poucos. E são esses poucos que a Amazon usa como propaganda da assinatura.

Com a exceção das séries Harry Potter e Jogos Vorazes (esta, apenas em inglês), que estão com todos os livros disponíveis, há um pouco de... não vou dizer enganação, mas quase isso. Diário de um Banana tem apenas dois livros da série inclusos no programa. As Crônicas de Gelo e Fogo? Só o primeiro. Logo, se você quer ler o resto da série, precisa comprar à parte. Não é tão "ilimitado" quanto parece, né? Sem falar em outros best-sellers, como Crepúsculo e A Culpa é das Estrelas, que nem sequer entram na lista. 

Outros pontos que chamam a atenção são a quantidade enorme de livros de não-ficção, que não são os mais atrativos nesse tipo de serviço, e a porcentagem de livros em português em relação ao total de ofertas, que, somando apenas 12.121, não chega nem a 2% do total do acervo.  

Diferença entre os títulos em destaque em português (linha de cima) e inglês (de baixo). A versão nacional sente ainda mais falta de livros famosos do que as gringas

É claro que isso não quer dizer que ele não valha a pena em nada. Há muita coisa legal a se descobrir entre a imensidão de títulos disponíveis, como a possibilidade de encontrar bons novos autores. O Kindle Unlimited conta com muitos livros de escritores independentes que publicam seu trabalho pela Amazon, e essa assinatura acaba por incentivar seu consumo, o que é sempre válido. 

Além disso, o catálogo tem muitas coisas legais "escondidas", como a coleção completa de Guia Politicamente Incorreto (e outros grandes títulos da Leya, como Espadachim de Carvão, Clube da Luta e Jogador N°1) e as edições bilíngues de clássicos da Editora Landmark. Inclusive a nossa parceira, a Editora Draco, foi uma das poucas a aderir completamente ao programa e já está com o catálogo completo disponível por lá (inclusive os quadrinhos!!!!!!!!). Não preciso nem falar por que isso é incrível, né? 

 Esses e todos os outros livros da Draco inclusos no Kindle Unlimited \\\o/// *todos comemora*
(confira o catálogo completo da editora na loja da Amazon >aqui<)

Resumindo: vale ou não a pena?
Isso depende muito de inúmeros fatores. Do quanto você lê/gasta com livros por mês, do quanto do catálogo disponível atrai seu interesse, do quanto você está disposto a ler em outras línguas...  É uma questão pessoal de colocar tudo isso na balança e fazer sua decisão.

Se analisando todos os prós e contras você ainda estiver com aquela dúvida mortal, ainda há uma esperança: a Amazon oferece 30 dias de assinatura gratuita. Assim, você pode viver a experiência por um mês e saber se ela será ou não compensadora para você. Sem contar que dá pra cancelar a assinatura a qualquer momento, o que te torna livre para assinar por um número x de meses e aproveitar para ler o máximo possível do acervo enquanto eles durarem. Aproveita que as férias estão aí e faça um teste!

Talvez o Kindle Unlimited ainda não seja o que eu esperava. E agora?
Agora nós ficamos de olho e esperamos. O programa ainda é recente e tem potencial demais para jogarmos no lixo e fingirmos que não existe. A proposta pode, de fato, revolucionar a indústria de e-books. Mas, para isso, há um logo caminho de negociações com editoras e ampliação do catálogo. De qualquer forma, estando ele num futuro próximo ou a décadas de distância, só temos certeza de uma coisa: o modo de consumir livros digitais jamais será o mesmo. 



TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. João, boa tarde!

    Fiquei curiosa e estou testando o aplicativo. Contudo ao clicar em testar por trinta dias, fui direcionada a colocar os dados do meu cartão de crédito. E depois disso, recebi a informação de uma compra no valor de R$ 3,00. Não entendi!!!

    É assim mesmo?

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *