aniversário Buscando o meu lugar

Buscando o meu lugar: Especial de aniversário do CC - #3

27.8.14Conversa Cult


Olá, pessoas!! FINALMENTE estamos de volta com mais uma rodada de histórias dos integrantes do CC. Hoje é a vez do Diego e do Valentino contarem como vieram parar aqui, e como essa experiência está sendo para eles. Simbora!


>>Valentino

OI GENTE! Minha história, minha casa e minha vida, LOL. Bem eu estou aqui desde os primórdios, tipo Deus, onisciente. Nunca tive dentro como agora, mas sempre em volta. Dando uma ajudinha lá, outra cá. Principalmente na companhia: li livros e mais livros, atrapalhei textos e mais textos, dormi horas e mais horas, enquanto minha irmã estava ali do lado criando essa belezinha aqui. Vi desde a ideia de fazer isso aqui, ao Paulo, a ''compra'' do ''www.conversacult.com.br'' e até ter 7, 8, 10, DOZE MEMBROS!!, aqui dentro. Me sinto como uma pai que vê seu bebezinho crescendo. Estou muito orgulhoso e feliz por todos que estão hoje no blog e fizeram isso aqui FUCKIN' AWESOME! Grande beijo no ombro de todos.

Eu no blog: sabe quando você entra na acadêmia (ou qualquer aula na verdade) e a primeira semana/tempo é insuportável? Então, por causa desse ''momento insuportável'' que todo aprendizado tem que passar eu sempre tive medo de entrar de verdade pro blog. Eu faço meio milhão de coisas e usava isso como desculpa pra não entrar. Medo de desapontar, medo de não conseguir.. blá blá blá medo. Porém sou chato. O que mais me incomoda e que tenho mais dificuldade é o que mais insisto pra conseguir. E hoje estou aqui, firme e forte. Eu -só- escrevo sobre música, como podem reparar. Não porque eu gosto, mas porque ainda não fixei meu pé em outros tipos de resenha. Eu posso ir na rua e fazer qualquer tipo de pesquisa sobre qualquer assunto, possa gravar um vídeo fazendo quadradinho de oito ou twerk, mas na hora de escrever uma resenha de um livro ou filme eu fico inseguro ao quadrado. Babaquice, eu sei. Mas relaxem, estou aqui e tentando me organizar pra vencer isso. Por isso estou aqui, pra aproveitar, me divertir e expandir meus horizontes!

Extra: querem saber uma mensagem subliminar do blog? SIM! Nós temos! Vai até o ''cabeçálho'' do blog e clica em ''quem nós somos''. Eu não to aí, PRI-guiça de fazer. Mas continue aí, dessa a página e embaixo da Adriana tem um quadrado escurecido com uma interrogação. Certo? Achou? Parabéns! Agora... TROLL FACE he he he. Brincadeira. Se reparar tem uma pessoa nesse quadrado, e adivinha quem sou? POIS É! Hahahaha eu estava aí o tempo todos e só você não viu! ;p. Grande beijo o/

>>Diego

Prestes a cumprir meu primeiro ano no ConversaCult, não sinto que a minha vá ser uma grande história, mas vou tentar colocar explosões e espionagem internacional no meio caso fique muito chato, ok? Eu sempre gostei de blogs e tive vários no passar dos anos. Alguns deram certo, outros nem tanto. Dentre eles, houve um blog de resenhas, e por dois anos eu resenhei livros semanalmente (ou tentei, né) e tive resultados legais. Só que tem um problema: quando se trabalha sozinho na internet, não há uma rede para te segurar caso você caia. Ano passado, após a morte do meu pai, ler se tornou uma tarefa árdua e o ritmo de resenhas começou a cair, levando junto minha pouca audiência. Eu percebi que eu não ia conseguir fundamentar um blog se eu continuasse sozinho.

Em paralelo a isso, em 2012 eu conheci o ConversaCult. Mais especificamente, o Clube de Escrita - nos seus primórdios, quando não éramos nem trinta membros e fazíamos hangouts nos finais de semana do NaNoWriMo para escrever juntos e rir da vida. Quanto mais eu conversava com aquelas pessoas, mais eu gostava. O projeto tinha uma ideia ótima, as pessoas eram divertidas e a Dana dava apoio a todo mundo de uma maneira sensacional. Foi nessa época que eu comecei a falar com ela mais e mais e passei a considera-la minha amiga de verdade. E graças a isso eu comecei a visitar o blog – primeiro casualmente, depois todo o dia. Eu nunca fui um bom comentador, então não esperem achar meu nome nos comentários de posts antigos, mas podem ter certeza que eu estava lá. E eu adorava o conteúdo. Ainda adoro.

Então quando eu percebi que não poderia tocar meu barco sozinho, a primeira opção que veio à mente não poderia ser outra se não o ConversaCult. Eu já havia, a esse ponto, escrito um texto como colaborador para o clube de escrita e as pessoas pareciam ter gostado, então essa era minha chance. Fui até a Dana e perguntei se existia alguma chance. Se vocês conhecem a Dana, sabem o que ela disse: óbvio que há. Eu até fiquei surpreso com a facilidade do processo. Não que eu tenha entrado de imediato. Durante os últimos meses do ano passado eu estava em estágio probatório. Foi só no ano novo que eu me tornei membro oficial do ConversaCult e só o que eu posso dizer é que foi a melhor decisão que eu pude tomar.

Tinha medo no começo, sempre tive medo de entrar em um novo grupo, da possibilidade de ser rejeitado por ele. E eu sei por fato que nem todos os membros do blog estavam felizes em me ver ali logo de cara, mas sinto que fui conquistando eles, conforme fui conquistado por cada um. Adoro nossa equipe, cada membro traz uma visão de mundo fascinante e o entrelaçar de todas as ideias acaba fazendo o blog amadurecer a cada nova etapa. Só o que posso fazer agora é torcer para que se passem muitos outros anos além destes três primeiros para essa história crescer cada vez mais.

ps. não, a minha foto não está de ponta-cabeça. flw vlw


Até a próxima o/

TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Primórdios do Clube de Escrita, quando não éramos nem trinta membros e fazíamos hangouts nos finais de semana do NaNoWriMo para escrever juntos e rir da vida <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? <3 Saudades daqueles tempos áureos. Apesar de que, se já não rolam hangouts, pessoal tá sempre papeando pelo twitter.

      Excluir
    2. Ai, o clube de escrita... Morro de saudades! ♥

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *