Balanço de Leituras CCLivros

Balanço de Leituras - Julho

10.8.14Paulo V. Santana


Julho foi mês de férias para muita gente e o tempo livre teve como reflexo um aumento na quantidade de leituras. Nesse balanço, vocês conhecerão quais livros (e também revistas e fanfics) foram lidos por alguns membros da equipe do ConversaCult.

Hoje tem bastante indicação, continue lendo para saber o que Paulo, Isabelle, Elilyan, João, Dana e Diego leram! :)


>>> DANA

Número de livros lidos: 2 completos.

Como foi o mês? Acho que a coisa já tá tão decadente que eu to feliz por ter conseguido completar 2 livros e comecei a ler outro. E to feliz mesmo, pelo menos a vontade de ler voltou.

Livro que mais gostou: The Art of The Last of Us. O livro mostra o processo gráfico pra desenvolver o jogo e foi incrível, é muito legal ver como as ideias ganharam vida e como eles trabalham. Foi inspirador e deu vontade de sair comprando 9389328 livros assim. 

Livro que menos gostou: Eu já nem li direito, não dá pra também ficar não gostando. 

Demais leituras: Sense and Sensibility, da Jane Austen, para a VAM12L com um mês de atraso. Foi arrastado, viu? Mas acho que o esforço pra ler foi tão grande que no final eu me acostumei com todo o universo e fiquei querendo mais, aí passei pra outro livro dela!!! (Persuasion, que ainda não terminei)


>>> DIEGO

Número de livros lidos: 4 completos.

Como foi o mês? Pelo menos ele aconteceu. Ao contrário dos últimos.

Livro que mais gostou: A Festa da Insignificância, de Milan Kundera. Uma vez este autor explodiu minha cabeça e então a reconstruiu. Seu novo trabalho abalou minhas estruturas de novo e me abriu novas vias no pensar.

Livro que menos gostou: Essa Valsa é Minha, de Zelda Fitzgerald. O inferno desta mulher foi o meu próprio enquanto tentava ler suas elucubrações tão complexas (mas confesso que, ainda assim, fascinantes)

Demais leituras: Pitéco: Ingá, de Shiko. Com este, completo minha coleção. Não dava nada a ela, mas se provou ser um dos álbuns mais bonitos da coleção. Inteligente e Brasileiro com B maiúsculo.

O Diabo Veste Prada, de Lauren Weisberg. Este não foi do mês passado, estou trapaceando. Adorei conhecer a história pela qual já era apaixonado. Fácil de devorar, mas difícil de aprofundar. Li para relaxar.


>>> ELILYAN

Número de livros lidos: 3 completos + 2 revistas + 20 fanfics.

Como foi o mês? A loucura da vida real pirou de vez e a leitura caiu num ritmo mais lento. Basicamente só terminei a leitura dos livros incompletos do mês passado e de algumas revistas e fanfics.

Livro que mais gostou: A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert, de Joël Dicker. Já tinha comentado que esse livro era viciante quando li só algumas páginas dele, mas, Jesus, esse livro é FODA! Merece todos os elogios que recebeu e muito mais. 

Livro que menos gostou: Bula de remédio? Amei tudo que li. 

Demais leituras: Socorro!, de Guillaume Musso. O final foi meio sei lá, mas o que importa mesmo é que Musso continua a me comover e encantar.

Espero Alguém, de Carpinejar. Tão impactante que criei uma playlist inspirada no livro.

Também tenho que citar duas fanfics e uma revista: O Destino de Muitos, de SadieSil (se você é fã Senhor dos Aneis e gosta do Legolas tem que ler essa fanfic. Ela é muitoooooo boa). Rebate Duplo, de Cecilia Black Malfoy (Scorpius Malfoy e Rose Weasley em uma fanfic que é só fofura e cheio de bom humor). Vida Simples é apenas a melhor revista brasileira e a edição de julho foi excelente.


>>> ISABELLE

Número de livros lidos: 3 completos, 1 abandonado (por hora), 2 no limbo.

Como foi o mês? Mesmo sendo meu mês de férias, não li muita coisa. Mas foi ótimo, os livros me possuíram de um jeito que eu não conseguia largar HUGDHGIDFUHGIFDHGD então pra mim o mês foi bem proveitoso

Livro que mais gostou: Travessia, da Ally Condie. A história pode parecer sem pé nem cabeça às vezes, mas a escrita da autora é tão poética e tão linda que você releva os problemas. E tem umas partes que são de cortar o coração </3

Livro que menos gostou: Gulliver's Travels, de Jonathan Swift. Peguei essa versão em inglês intermediário no meu curso e li apenas a primeira página. Meu vício em The Sims e a preguiça de ler inglês me impediram de continuar a leitura, mas em agosto eu hei de terminar q

Demais leituras: Os homens que não amavam as mulheres, de Stieg Larsson. Nem sei o que dizer desse livro. Só sei que é bom demais, porém fiquei meio decepcionada?? Sempre achei que ele seria de um jeito, e acabou de outra forma. Normalmente isso é positivo, mas sei lá. Mesmo assim a história é super bem construída e vai se intrincando no decorrer do livro, então se você começar a ler e achar chato NÃO PARE PORQUE O MELHOR AINDA VIRÁ.

Esses dois livros no limbo são os que eu comecei a ler, coloquei o marcador de página indicando onde parei...e não continuei. Mas pretendo continuar um dia. São eles Os deixados para trás, de Tom Perrota e O enigma do Coronel Hayter e outras histórias, da série do Sherlockão. ATÉ O FIM DO ANO EU TERMINO OS DOIS Q


>>> JOÃO

Número de livros lidos: 2 completos, 1 incompleto e 10 HQs.

Como foi o mês? Como sempre, a quantidade de leituras foi decepcionante. Foi meu mês de férias, então eu deveria ter lido muito mais. Faculdade já vai começar de novo e pilha de não lidos continua a mesma. Estou decepcionado, confesso.

Livro que mais gostou: O Nascimento de Vênus, de Sarah Dunnant. Meu primeiro romance histórico!!! Nunca pensei que um livro pudesse ser tão imersivo, principalmente por abordar temas tão fora da minha zona de conforto. O contexto histórico e a escrita da autora tornaram a experiência muito agradável.

Livro que menos gostou: Por enquanto, é o que estou lendo atualmente, A volta ao mundo em 80 dias. Já não me dou bem com leituras obrigatórias, e o livro começou de uma forma tão sem noção que já está parado há vários dias. Espero ter forças pra terminar, porque tá difícil.

Demais leituras: Will & Will, de John Green e David Levithan. Plot turn: estou editando esse post dia 3 de janeiro de 2015 porque, ao perceber que não tinha colocado esse livro aqui, quase tive um troço. É um dos favoritos, apesar da parte do John Green ser UM PORRE ETERNO. Uma das narrativas mais sinceras e intensas que já li.

Também li os dez primeiros volumes de All New X-Men, que estão incríveis. Tem uma proposta muito legal de viagem no tempo que o roteirista está sabendo explorar muito bem. Sem falar na seleção de personagens, uma das melhores que já vi. Se tudo der certo, farei um guia de quadrinhos em breve.


>>> PAULO

Número de livros lidos: 4 completos, além de ter começado e parado alguns outros.

Como foi o mês? O ritmo diminuiu na segunda quinzena, quando as minhas aulas voltaram, mas o número de leituras foi bacana. E não houve nenhuma leitura super especial, apesar de ter gostado de todos. Foi um mês mediano.

Livro que mais gostou: A Turma, da Alissa Grosso. Não foi o melhor, porém, a leitura foi tão intensa que merecia esse destaque. Seria um livro fraco se não fosse pelo plot twist, então recomendo a leitura sem saber nada do livro.

Livro que menos gostou: Nenhum.

Demais leituras: Fique onde está e então corra, do John Boyne. O autor de "O menino do pijama listrado" encantando mais uma vez. Só amor, gente, só amor. Falei mais na resenha.

Um, dois e já, da Inés Bortagaray. Uma novela excelente sobre uma família fazendo uma viagem de carro sob o ponto de vista da filha do meio. Li enquanto eu mesmo viajava, o que tornou a experiência ainda mais interessante.

Manual de sobrevivência dos tímidos, do Bruno Maron. Não se engane com o título, não é auto-ajuda. No entanto, através do jeito irônico e ácido de falar sobre timidez, o livro foi muito mais eficaz que aqueles que realmente pretendem ajudar.


_____________________________________________


E você, o que leu em julho?
Confira aqui  as nossas leituras dos últimos meses.

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

8 comentários

  1. Leituras do Paulo -------> <3
    A Turma seria realmente fraquíssimo se não fosse pela virada sensacional! Plot twist mais WTF de todos os tempos!
    Manual de Sobrevivência e Um, Dois e Já também foram leituras minhas este mês. Me identifiquei com os comentários (e com o texto ironicamente solidário do Maron).

    Quanto aos outros, estou ensaiando faz tempo comprar um A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert (mas o tamanho do livro me desanima! Mesmo com tanta gente elogiando, fico com medo de ficar inibido e travar) e começar a coleção de graphic novels do MSP (todos parecem tão lindos!).

    Abraço*
    andrecefalia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, André!

      Que coincidência as nossas leituras de julho, hein! hahaha Também estou muito interessado no "A Verdade...".

      Abraço.

      Excluir
  2. A maioria de vocês começa dizendo que o mês foi decepcionante, que leram poucos, vida corrida etc, sendo que, gente, isso acontece todo mês Hahahah Vai ver o ritmo de vocês é mesmo ler 0, 1 ou 2 livros por mês. Quantidade não é nada não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe, eu acho que a equipe ainda não conseguiu alcançar esse nível de evolução espiritual e paz interior no que tange as expectativas de leitura. É horrível pensar que nós nunca iremos ler todos os livros que queremos...

      Excluir
  3. Diego, moçoooooooooo...estou lendo um livro do Milan Kundera, então imagina minha empolgação qdo vi que vc tinha lido um livro dele (sempre surge a imagem de uma mulher qdo falo esse nome).
    To lendo A insustentável leveza do ser, to amando, mas estou lendo bem divagar, primeiro para não acabar logo e segundo, porque as vezes tenho que voltar por acho que perdi algo importante que o autor quis dizer.
    Só queria vim aqui e pular de alegria por alguém estar lendo algo dele tb. (no seu caso já ter lido).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A Insustentável Leveza do Ser" é um dos meus livros favoritos DE TODOS OS TEMPOS, Taiany!

      Kundera é maravilhoso e logo mais sai resenha de "A Festa da Insignificância", inclusive. Espero que você esteja gostando, por que esse livro mudou minha vida totalmente e eu quero acreditar que ele ainda vá mudar a de muita gente - mas como você falou, tem de ler devagar para não se embolar na densidade dos pensamentos que ele joga. Depois de terminar, volte e conte o que achou do final pra gente!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Diego eu estou gostando muito, tá entrando na minha lista de preferidos. Na verdade, eu tenho uma listinhas imaginária chamada "livros que meus possíveis filhos precisam ler" e esse com certeza já entrou nessa lista.
    Falta umas 130 páginas para acabar, pode deixar que venho comentar.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *