alienígenas astrobiologia

Vida extraterrestre não é historinha, é algo real

7.7.14Dana Martins



Chegamos para mais um post especial das sextas temáticas, que não está saindo na sexta porque julho só tem 4 sextas e nós somos 12 na equipe. HAUAH O tema da vez é amigo secreto, cada um da equipe deu um tema para outra pessoa escrever e hoje eu, Dana, vou fazer o meu!
Aqui nesse texto eu vou explorar algumas dúvidas. O que é ufologia? O que é Pan? Procurar alienígenas é algo sério mesmo? Finalmente descobrimos o que são os OVNIs? O que a nossa cultura influencia na forma como encaramos a ciência? Para algumas respostas e mais perguntas, vamos em frente:

Meu tema: A ufologia pode ser considerada uma ciência? O ser extraterrestre

No início eu fiquei um pouco triste com o meu tema, porque eu tinha lido "utopia" em vez de "ufologia" e já estava imaginando várias discussões. Mas aí parei pra pensar e... ALIENÍGENAS!!! É claro que eu quero falar sobre isso. Muito obrigada, meu amigo secreto que me deu a oportunidade de pesquisar sobre algo que eu adoro e não teria pesquisado normalmente.

Aí que o babado começa.


Minha linha de ideia inicial foi "É claro que sim, pesquisar vida fora da Terra é algo sério... não é?" Mal comecei a pesquisar e tudo foi por água abaixo. Você sabia que ufologia não é algo relacionado a procurar alienígenas? E existe outro nome pra isso!!!

Ufologia é derivado do inglês UFO (Unidentified Flying Object), que aqui em português a gente conhece como OVNI (Objeto Voador Não Identificado). Ou seja, o nome da ufologia em português deveria ser ovnilogia, mas ninguém dá a mínima para regras e a prática sempre vence, então nós conhecemos por ufologia mesmo. Os ufólogos buscam relatos, evidências e estudam fenônomenos relacionados a OVNIs.

Se isso é uma ciência de verdade? Não é considerado (a não ser que você seja um ufólogo e leve a sério isso). E eu sou levada a acreditar que não é mesmo (com todo respeito, senhores ufólogos). Sabe por quê?

Também tem casos no Brasil! Alguém lembra do ET de Varginha

A ufologia tenta entender evidências de objetos voadores não identificados (os discos voadores, por exemplo). Só que eles não têm nenhuma explicação maior que a prova de que tinha alguma coisa ali (um dedo na lente? um reflexo? o super-homem?). E muitas vezes a ufologia acaba indo parar no ramo de conspiração. Além de possivelmente alienígenas, explicações para os OVNIs são: humanos do futuro ou seres de uma dimensão paralela.

Mas o que realmente eram aquelas coisas no céu? Não se sabe. O que se sabe é que de algum modo eles conseguem várias imagens pelo mundo onde há aparições desses objetos voadores não identificados (muitos até se encaixam na mesma descrição dos "discos voadores). Até o governo dos Estados Unidos por um tempo fez investigações sérias, depois que em 1947 um homem viu 9 objetos voadores não identificados. A curiosidade deles não tinha nada a ver com alienígenas: a Segunda Guerra Mundial havia terminado e poderia ser uma questão de segurança nacional. A não ser, é claro, que a gente comece a conversar sobre a Área 51 e todas essas teorias do que realmente está lá. Vamos ficar na realidade.

Eu encontrei sobre o Project Blue Book (x), o terceiro estudo do tipo conduzido pela Força Aérea Americana para entender os OVNIs. Ele durou 20 anos, até que mandaram encerrar lá em 1970. Isso está parecendo um episódio de Orphan Black!!! AGORA ME DIGAM QUE UFOS SÃO A TATIANA MASLANY! 

Repara bem na imagem:


Agora com zoom:



E não é só lá que eles estudam esses objetos voadores não identificados, na França até hoje em dia existe a GEIPAN, "grupo que estuda informações de fenômenos aéreos não identificados", que faz parte do CNES (Centro Nacional de Estudos Espaciais). Lá eles não usam nem UFO e nem OVNI (que também é OVNI em francês: Objet Volant Non Identifié), eles falam dos "PAN": Phénomène Aérospatial Non identifié. (fenômeno aeroespacial não identificado)

Pelo que eu descobri, esse termo é tanto uma forma de fugir do preconceito que envolve os termos OVNI e UFO, quanto seria uma definição mais apropriada. Eles não sabem se o que as pessoas estão vendo são realmente objetos voadores, são "fenômenos" que ninguém sabe explicar.

E é por isso que os UFOs e a ufologia não são apenas coisas de gente maluca inventando conspiração. Essas coisas são avistadas, de verdade, e ninguém sabe explicar. Como o caso dos EUA mostrou, em tempo de guerra pode ser uma questão de identificar uma invasão. Ou a sua pizza da Domino's chegando


Então, basicamente, a ufologia é catar essas informações sobre esses fenômenos que ninguém entende e ver se faz sentido. Isso existe e é até necessário, mas nada como eu imaginava de procurar evidências de vida alienígena.

Falando nos nossos amiguinhos cabeçudos...

Existe um estudo de seres extraterrestres: a astrobiologia, ou exobiologia (e outros nomes). Segundo uma revista sobre isso da NASA, a astrobiologia é o "estudo da vida no universo." É isso que eu pensei lá no início quando o meu tema apareceu ufologia (e até desconfio que quem tenha dado o tema também pensava que ufologia era estudar alienígenas). Não é nada tão aterrorizante quanto alienígenas malignos tentando dominar o mundo. Pode até ser, se eles encontrarem evidência. Até lá, eles ficam estudando mais... vestígios de micro-organismos. Uma bactéria já basta.

E sabe de uma coisa? A astrobiologia é bem interessante. Aqui algumas perguntas sobre o que a astrobiologia tenta entender:

Visite o site da revista, a Astrobiology Magazine. E há quem diga que já encontraram evidências de vida.


Então não é só uma coisa de bichos cabeçudos que vão nos devorar. É claro que se a gente descobrisse a existência de seres vivos assim, mudaria totalmente a nossa vida. Em parte porque poderia haver uma guerra espacial, em parte porque... só imagine todas as possibilidades de encontrar seres alienígenas. Ou outra forma de vida inteligente.

Cientistas de verdade trabalham investigando pedaços de meteoritos e outras coisas do espaço,
atrás de vestígios de vida extraterrestre. Até porque... imagina trazer por engano alguma bactéria alienígena para a Terra.

Então, estudar vida extraterrestre é uma questão de entender as condições em que a vida surge - e como ela pode continuar a existir. Poderíamos criar o ambiente necessário para manter a nossa vida? Uma perspectiva muito melhor do que a abordagem de alienígenas da Guerra Fria. E isso, meus amigos, é ciência.

-dana martins


(daria pra fazer uma paralelo entre a forma como víamos os alienígenas, a Guerra Fria e o clichê das histórias de mocinho contra vilão vs. a forma como vemos alienígenas agora, contexto político mundial e a desconstrução dos estereótipos de mocinho e vilão nas histórias recentes?)

Sites de referência:
http://www.ufopages.com/
http://en.wikipedia.org/wiki/Ufology
http://www.ufoevidence.org/cases/ufocaseshome.asp
http://en.wikipedia.org/wiki/Unidentified_flying_object
http://www.mufon.com/what-is-ufology.html

http://astrobiology.nasa.gov/
http://www.astrobio.net/about-us/
http://en.wikipedia.org/wiki/Astrobiology
http://en.wikipedia.org/wiki/Extraterrestrial_life
http://www.spiritscienceandmetaphysics.com/scientists-claim-to-have-found-proof-of-extraterrestrial-life/

http://www.openminds.tv/scientist-believes-evidence-alien-life-mars-destroyed/26012
http://www.huffingtonpost.com/2011/03/07/richard-hoover-nasa-alien_n_832213.html
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1800149&page=-1

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. O ZOOM HAHAHAHAHAHAHAH

    Devem ser muitas evidências no céu para eles criarem um departamento só para isso. O que será que as pessoas que trabalham nesse departamento fazem o dia inteiro? Que trabalho doido. Deveriam escrever um livro sobre isso.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *