assexualidade CCSecreto

Mas afinal, o que significa Gray-A?

21.7.14Isabelle Fernandes


Olá, pessoas!!! Venho trazer a vocês mais um CCSexta especial (porque hoje não é sexta, risos) sobre um tema um tanto desconhecido pela maioria das pessoas: o tal de gray-a. Você sabia de existência da assexualidade? E sabia que existem vários sub-gêneros dentro desta orientação sexual? Eu também não sabia, portanto fui pesquisar mais sobre esse tema, que à primeira vista parece até meio estranho. Preparados?


Tudo começou com o sorteio dos temas deste CCSecreto, onde eu soube que deveria falar sobre:

Texto informativo sobre Gray A - Sexualidade/ Qualquer coisa sobre Gray A - sexualidade


Quando vi, minha reação foi basicamente "O QUE DIABOS SERIA ISSO????". Então corri para o santo google e logo vi que se tratava sobre assexualidade. Para quem não sabe, o assexual em geral não sente atração sexual. Isso não significa que ele seja um ermitão que evita a todos ou que em algum momento ele não vá experienciar atração ou ato sexual (e gostar), ele apenas, na maior parte do tempo, não sente interesse em estabelecer relações sexuais com outras pessoas. Inclusive, um assexual pode sentir desejo sexual, pois o desejo não é direcionado a alguém. Neste caso, ele pode se satisfazer através da masturbação, por exemplo.

A assexualidade é um tema complicado porque se você parar pra pensar, nossa sociedade é extremamente sexonormativa, ou seja, vê o sexo/vontade de fazer sexo como algo inerente a todos os seres humanos. Dessa forma, quem não se sente dessa forma é visto como alguém que possui alguma doença ou um anormal, passando por muito sofrimento e situações delicadas ao longo da vida. Inclusive muitas pessoas podem ser assexuais e nem se dar conta disso, podem achar que tem algo de errado com elas, que é só uma fase e se obrigar a ser alguém que não é.

Pois bem, então o que seria o gray-a?

De acordo com as minhas pesquisas, o gray-a seria o meio termo, ou seja: pessoas nem totalmente assexuais e nem totalmente sexuais (ou alossexuais). Seriam pessoas que sentem uma atração sexual de qualquer grau por determinadas pessoas em determinados momentos da vida. Seria o cinza entre o preto e o branco na escala da sexualidade, daí vem o nome -gray: cinza, a: assexualidade. Ou, de acordo com o AVEN (Asexual Visibility and Education Network), pessoas que se identifiquem na seguintes situações:

Este triângulo representa uma escala entre
a sexualidade e a assexualidade. A parte
cinzenta representa o gray-a e a
 demissexualidade


-> Não experienciam atração sexual normalmente, mas pode acontecer de vez em quando;

-> Experienciam atração sexual, mas possui baixo desejo sexual;

-> Experienciam desejo e atração sexual, mas não forte o suficiente para querer realizar o ato;

-> Pessoas que gostam de sexo e possuem desejo sexual, porém apenas em determinadas circunstâncias, muito específicas.


Ps: Há também a demissexualidade, que diz respeito à pessoas que sentem atração sexual apenas com quem possuem uma forte conexão emocional.


Mas... vamos parar para pensar: nenhum ser humano é TOTALMENTE sexual. Todos nós - inconscientemente ou não - limitamos a atração sexual que sentimos através de um determinado conjunto de características físicas ou até mesmo intelectuais. E todos nós podemos vivenciar fases de intenso desejo sexual e fases de total falta de libido. Ao meu entender, o que caracteriza a sexualidade/assexualidade é a frequência em que ocorrem essas fases. Muitos assexuais até então sempre se perceberam na fase de falta de atração sexual, outros experienciam fases de atração mais ou menos específicas e por aí vai. Não existe um padrão, porque nós, seres humanos, não somos padronizados.

O que é importante a ser focado neste momento é a existência dessa orientação sexual e suas variantes, divulgando e explicando exatamente o que são, para que mais pessoas possam se encontrar. Sexualidade é um tema complicado pra qualquer um, mas se torna ainda mais quando a pessoa não se encaixa nos """padrões""" já conhecidos e divulgados pela mídia e pela sociedade. Portanto, se você se identificou com alguma coisa, recomendo visitar a lista de sites consultados ali embaixo e procurar conversar sobre isso com outras pessoas que também estejam nessa busca. Vai que ajuda? 


Lista de sites consultados:

Gray-A/Grey-A - AVENwiki

Comunidade Assexual

Rede Assexual

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

14 comentários

  1. Fiquei com dúvida na lista de situações que podem apontar um gray-a: Qual é a diferença entre atração e desejo sexual?

    Sobre o "eu me classifico", é a velha temática dos rótulos, que eu também achava (talvez ainda ache, não sei) desnecessários, mas explicaram naqueles posts do mês LGBT+ que é importante ter um nome/rótulo com que as pessoas desse grupo podem se identificar, se encontrar, descobrir comunidades etc. Mas isso só porque estamos dentro de um sistema em que a maioria oprime a minoria. Acho que não seria (muito) importante se todos fossem respeitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo o que eu pude entender, atração é basicamente estar atraído. Ter a sua atenção desviada para algo ou alguém, seja pela beleza, eloquência e etc. Já o desejo é a vontade de fazer alguma coisa de cunho sexual com o seu objeto de atração. No caso do gray-a, eles podem vir a ter desejo, mas não o suficiente pra querer ir às vias de fato.

      Não sei se me fiz clara, mas enfim. Pergunte mais se quiser xDD

      Excluir
  2. só lembrando que pessoas não são assexuadas, mas assexuais.

    post a+.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu deus, escrevi isso?? HFUSHIDUGHFIDHDG obrigada xD

      Excluir
  3. Só retificando: assexualidade é falta de ATRAÇÃO SEXUAL. A definição da AVEN é: "a person who
    does not experience sexual attraction" tradução: "uma pessoa que não experimenta atração sexual". Desejo e atração sexual são coisas diferentes. Ao dizer que assexuais são pessoas sem desejo sexual, além de incluir frígidos e pessoas com baixa libido na definição de assexualidade, aqueles que se identificam como assexual e possuem desejo sexual estão sendo desconsiderados.
    OBS: Sim! Um assexual pode sentir desejo sexual sem deixar de ser assexual, vamos entender: o desejo sexual não é necessariamente direcionado a alguém, portanto, pode acontecer sim de uma pessoa que não sente atração sexual sentir desejo sexual. Nesse caso, a pessoa pode se satisfazer com a masturbação por exemplo. Geralmente os assexuais não conseguem imaginar muitas coisas durante a masturbação devido a falta de atração sexual. Deu pra entender que uma coisa não entra em conflito com a outra? Espero que sim. Enfim. Eu sei que é difícil diferenciar desejo e atração sexual até porque geralmente quem sente um sente o outro e não costuma se preocupar muito com os nomes, mas quando falamos de assexualidade entender essa diferença é extremamente importante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom o comentário! Ainda mais que essa foi uma dúvida levantada aqui. Vou falar com a bells para ela colocar isso no post. Pra mim, ficou super claro sim. Eu tava até lendo algo sobre isso esses dias. Muito obrigada por compartilhar e ajudar a gente a explicar isso melhor <3

      Excluir
  4. Isso mesmo, pode ter desejo sexual sem atração sexual, e pode ocorrer algumas vezes na vida de ter relações sexuais, só que sem atração ou desejo de fato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (não sou a bells, mas)

      Obrigada por completar <3

      Excluir
  5. Sobre o "eu me classifico": na verdade, é bem comum por dois motivos:
    1 - Assim como existe a "heteronormatividade", existe uma crença social de que TODOS sentem desejo sexual. Quando os aces descobrem sua classificação, é como se acendesse uma luzinha que dissesse "nossa, eu sempre me achei estranho e eu não sabia porquê - e agora que eu sei, o mundo parece mais claro". Por isso que eles se classificam - é uma forma de identificação, de perceber que eles não estão sozinhos no mundo, que existe um nome pra aquilo que eles sentem.
    2 - O que eu curto bastante na comunidade ace é que eles cortam totalmente o "você está me dizendo que é assim, então por isso você tem ~essa~ classificação". Quando alguém conta algo, eles consideram muito como a pessoa QUER se classificar. No maior tipo "não estamos aqui pra dizer o que você é, você nem mesmo precisa se classificar em um dos subtipos, o que importa é que você saiba o que você sente, gosta ou não gosta, que existem pessoas que também se sentem assim, e que pode mudar e não há nada de errado com isso ou com você".

    Um site/tumblr que eu aconselho muito é o http://www.demigray.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso agradecer que esse comentário me deu o empurrão final em um post sobre se "classificar" e é mais uma perspectiva que mostra a importância disso xD Então, obrigada!

      e sobre o 2, eu não participo da comunidade ace, mas eu já percebi isso em alguns grupos LGBT+. quando a pessoa começa a desconstruir esses conceitos engessados do que é possível e passa a aprender sobre a própria sexualidade, ela começa também a se abrir pra possibilidade que outras pessoas funcionam de forma diferente e respeitar (e entender!) que cada um tem uma forma única de lidar, mesmo quando usa uma classificação

      E muito obrigada por indicar o site <3

      Excluir
  6. Oi gente! Primeiramente quero prestar meus sinceros AGRADECIMENTOS a quem criou este post! Pela primeira vez na vida vi um texto descrever minha vida! Sempre sofri em dúvidas sobre a minha orientação, sabia que não podia ser o único, mas imaginava não ter uma definição pra isso. Isso foi uma parede pra mim, entendem? Porque eu procurei por vários tempos o que eu devia ser, sempre achando ser simplesmente assexual, mas percebia que não se encaixava e enlouquecia com aquilo.
    Mais uma vez, obrigado <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anônimo! Quem criou foi a Bells, mas vou me intrometer porque eu adorei seu comentário. Obrigada por compartilhar isso <3 E pra constar, tem outros posts sobre assexualidade aqui e eu indico a leitura: http://www.conversacult.com.br/search/label/Visibilidade%20Assexual

      É realmente muito legal descobrir que a assexualidade é uma escala e as pessoas se relacionam de formas diferentes com isso

      Excluir
  7. Vida de Grey-A não é fácil :| Existem tão poucas pessoas que entendem o que é isso. Alguns chegam a querer discutir comigo sobre, vem dizer que eu estou errado, mas como posso estar errado se essa é minha realidade? Cômico, não?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é mesmo,tem que lidar com as pessoas querendo força que você só não sente necessidade/vontade de transar pois você nunca teve um "orgasmo de verdade".

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM