CCLivros Igraínne Marques

E se houvesse um Oscar da Literatura?

10.3.14Igraínne


OI, MEUS AMORES. Esses dias eu estive pensando enlouquecidamente a respeito de como o Oscar é o mais importante - e famoso - prêmio de todas as artes. Sim, todas, porque ninguém dá prêmios desse tipo para a pintura, para a literatura ou para a música (por mais que nesse quesito a MTV se esforce). De qualquer modo, fiquei com isso na cabeça por um bom tempo, até que enfim comecei a confabular com meus botões sobre como seria para os livros, para os poetas, caso houvesse, de fato, um Oscar da Literatura.

Como funcionaria?
Seria uma mega festa de gala (SÉÉÉÉÉRIOOOO?), e todos os autores famosos do momento seriam convidados, devidamente acompanhados por seus agentes/musas inspiradoras. Os indicados sairiam sempre da gama de livros lançada no ano anterior, incluindo até mesmo continuações de saga e autores iniciantes - por que não?

Sei que o Oscar original (o do cinema, ainda não é você, Wilde, desculpa), tem 24 prêmios ao todo (corrijam-se se eu estiver errada), mas, depois de muita pesquisa, conseguimos chegar a 13 categorias diferentes no ramo da literatura, o que eu acho bastante coisa. Pensei também em indicarmos especialmente livros brasileiros (já que a ideia é nossa, viu Academia?), mas depois poderíamos estender isso - por que não?

Enfim, vamos às categorias que eu tô ansiosa!

>>> Melhor livro
O prêmio mais importante da noite, corresponde ao prêmio de melhor filme e seria o último a ser anunciado, é claro.

>>> Melhor personagem masculino 
Algo como melhor ator, o que obviamente implica no fato de que esse personagem em questão precisa ser protagonista. Jared Leto nesse momento arriscaria tudo para poder concorrer, porque né, já é cantor, já é ator, só falta também ser personagem, seria um homem multiuso - além de lindo, claro.

e com balaiagiiii no cabelo, migs.

>>> Melhor personagem feminino
Protagonista feminino.

>>> Melhor personagem coadjuvante masculino
Semelhante ao ator coadjuvante da Academia.

>>> Melhor personagem coadjuvante feminino
Corresponde à atriz coadjuvante.

>>> Melhor enredo
Eu não tenho uma categoria correspondente para isso, confesso que tirei essa ideia da apuração das escolas de samba e achei superválido, me deixem.

Categoria favorita da Cláudia Milk.

>>> Melhor desenvolvimento de enredo
Porque, como vocês sabem, tem muita história que tem tudo para dar certo, mas acaba saindo mais ou menos por simples questão de não aproveitamento de ideias. É frustrante, inclusive.

>>> Melhor edição
Acredito que seja o único com o mesmo nome do original, mas muito importante porque premia os editores (ou editoras) e não apenas o autor.

>>> Melhor livro infantil
Esse, obviamente, seria relacionado ao prêmio de Melhor animação, um dos meus favoritos. Frozen poderia ser uma adaptação, não poderia? Oras.

A gente pode participar porque já temos livros e tudo! Além disso eu sou a rainha, bjo

>>> Melhor Capa
Seria a versão literária para melhor figurino, o que tem tudo a ver, não tem, hein hein hein????? *o*

>>> Melhor HQ/Mangá
Ainda no ramo da arte, seria como o melhor "traço", e no fim, depois de muito investigar, cheguei à conclusão que isso seria algo como um acabamento e, por isso, corresponderia à categoria de melhor maquiagem.

>>> Melhor livro de poesia
Algo como melhor filme estrangeiro. Eu pensei muito, porque imaginei que essa categoria poderia ser associada a melhor biografia, por exemplo, mas por fim achei que julgar biografias seria tendencioso: não dá pra falar que a vida de fulano foi mais divertida que a do ciclano, né, galere? Então, poesia e fim. Até porque eu necessito assistir a briga de gigantes envolvendo a Ana Cristina Cesar e o Paulo Leminski.

>>> Melhor continuação
Porque saga que é saga precisa de sua lugarzinho, né, people? E vamos combinar que há um verdadeiro karma a respeito do segundo volume de toda série, então....

O quê? Karma? No seu mundinho, né, fofo? 

>>> Melhor livro não-ficção
Algo como a categoria corresponde aos documentários. Aqui, sim, talvez coubessem as biografias, embora eu ainda tenha um pé atrás sobre julgar esse tipo de coisa. 


E os jurados, meu deus, os jurados *o*
Essa parte seria um verdadeiro problema (ou não), porque acho importante ter gente de diferentes meios, desde escritores consagrados (acho o George R. R. Martin um put* crítico literário, apesar de ele não fazer isso profissionalmente) até algum blogueiro conhecido no ramo dos blogs de cultura. Chamaria o Daniel Galera, Paulo Coelho (todos o odeiam, mas né, o homem é influente), jornalistas, J.K. Rowling (me deixem sonhar) e alguns profissionais de editoras. 

A Cerimônia
Seria algo enorme, de preferência em algum canto maluco desse nosso Brasilzão que suporte uma grande quantidade de pessoas (em meus sonhos mais loucos imaginei na Cidade das Artes do Rio de Janeiro, ou o Teatro Municipal, porque quem já esteve em qualquer um desses lugares sabe que são GIGANTESCOS e lindos ao mesmo tempo. Por outro lado, acho digno não fixar um lugar, e sim deixar a possibilidade de a cerimônia mudar de local a cada ano, para que possa passar pelas principais cidades brasileiras).

MEN-TI-RA. Conta mais *o*

Sobre o tapete vermelho, seria um atrativo a parte, leitores e resenhistas famosos seriam convidados para acompanhar a cerimônia, e os flashs seriam sempre incontáveis. Haveria uma festa pós-oscar da literatura, com direito a bafões sobre quem está supostamente copiando o personagem do coleguinha. RISOS. 


Observação muito importante: Hoje em dia, existe o Codex de Ouro, um prêmio já existente na literatura, mas não tão conhecido. Além dele, há muito outros prêmios no ramo da literatura, como Prêmio São Paulo de literatura, Prêmio Portugal Telecom, etc. A proposta aqui é aproximar o Oscar da escrita, porque nenhum outro prêmio associado a arte é, hoje em dia, tão ~~glorioso~~ quanto o Oscar em si.  


E você? Já pensou em como esse tipo de prêmio seria awesome? Quais seriam seus indicados?

- Igraínne M. 

TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Oi!

    Nossa, Igra, você viajou muito nesse post. (Talvez seja um pouco difícil, mas tente ler essa primeira frase de um modo animado, positivo, cheio de sorrisinhos e tal. Afinal, seja no sentido literal ou não, viajar é a coisa mais legal do mundo!)

    A ideia é tão boa que, além de ser interessante, seria também muito útil para a literatura de uma forma geral. Obs: sou muito sonhador, então não leve muito a sério o que direi em seguida, apesar de eu estar falando super sério.

    Porque, bom, não é impossível fazer algo assim. Claro que é preciso obter ajuda de pessoas e empresas influentes, patrocínios e etc, mas não é impossível. Talvez desse realmente certo se isso se tornasse um projeto sério e concreto. De qualquer forma, seria uma ótima maneira de espalhar cultura e incentivar a leitura.

    E para ficar mais legal, acho que deveria haver uma categoria para o “Melhor Conto” (algo que se aproximaria um pouco do “Melhor Curta-metragem”, no caso do cinema), e que o “Melhor Livro” talvez pudesse ser dividido por faixa etária – digamos assim –, já que seria muito difícil avaliar Infantil, Infanto-Juvenil, Young Adult e Adulto juntos, além de ser provável que os livros que abrangem mais os jovens acabariam vencendo com maior frequência.

    Ah, e você havia dito pra que eu voltasse a visitar o blog. Mas, poxa, não dá para não voltar. Sou muito fã desse tipo de trabalho e, sinceramente, acabei me tornando fã de vocês desde o primeiro acesso, onde encontrei uma matéria excelente sobre algo que eu precisava muito saber (que era o número médio de palavras de um capítulo ou livro). E isso não faz nem uma semana...

    Enfim, o blog é muito bom! Além de ser interessante também. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luan!!

      Que bom que voltou! Eu e toda a equipe ficamos muito felizes em saber que você tem gostado do que fazemos (ou tentamos fazer, ahaha).

      Sobre a sua proposta de Melhor Curta-metragem, achei genial. Não havia pensado nisso, mas olhando do modo como você colocou, pareceu óbvio, sinto-me até mal por ter esquecido.

      Já a parte de dividir a categoria de "Melhor Livro" em faixas etárias, nisso sim eu pensei, confesso. Eu achei melhor não dividir, especialmente pelo fato de que já haveria uma categoria para livros infantis (que seria correspondente a melhor animação) - muito embora não haja nenhuma direcionada apenas para infanto-juvenis, entre outros. Acho que o meu maior argumento seria mais voltado a minha tendência de não querer tirar a grande "glória" do prêmio principal. Se eu dividisse o maior Oscar da noite em mais de um, acho que ele não seria tão esperado. Opiniões, opiniões ahahahah.

      De qualquer modo, adorei seu comentário. Assim como o anterior, esse foi muito construtivo, meio que complementou a postagem e isso é ótimo. Essa matéria que você mencionou também é maravilhosa, se não estou enganada foi a Dana quem escreveu, ela é ótima!

      Espero encontrá-lo mais vezes em nossas "conversas culturais".

      Beijos!

      Excluir
  2. ADOREI, Igra! Deu até vontade de comprar um vestido e ir pra o tapete vermelho (-n) Eu só sinto que a categoria de HQs/Mangás está cometendo algum tipo de sacrilégio e subvalorizando esses tipos de história (o que já acontece demais no geral e cria uma certa raiva entre os fãs). Mas um prêmio de hq/mangá no estilo "melhor livro" é totalmente válido. E eu trocaria continuação pra algo tipo "Livro destaque do ano"

    E eu concordo com você (no último comentário) de não dividir. É complicado, porque se você for ver, o Oscar não tem nenhuma divisão, MAS só um tipo de filme acaba aparecendo todos os anos entre os indicados. É quase uma categoria de ~filmes do oscar~ Acho que o tipo de ~livros do oscar literário~ ia acabar aparecendo com o tempo.

    E ia ser lindo conseguir fazer um legal e de verdade <3

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *