2013 CCAwards

CCAwards parte 1: Top 10 filmes de 2013

3.1.14Michelle


Hoje é a primeira sexta do ano e também dia do primeiro post do CCAwards 2013!! Como a equipe cresceu muito desde a última edição, cada um escolheu um título e fez breves comentários apenas. Preparados para ver quais foram os melhores filmes de 2013 na opinião do pessoal do CC?


>>> ANA LUÍZA: "Álbum de Família" (Título Original: August: Osage County, Direção: John Wells) 

É difícil escolher um único filme, mas o mais recente que assisti foi esse e me emocionei bastante com as atuações do filme. Meryl Streep e Julia Roberts estão tão maravilhosas que não tenho palavras para explicar o quanto eu amei esse filme.



>>> BRENDA: “Jogos Vorazes: Em Chamas” (Título Original: The Hunger Games: Catching Fire; Direção: Francis Lawrence (II

Eu não tive dúvidas na hora de escolher qual filme foi o melhor do ano. A adaptação do segundo livro da trilogia Jogos Vorazes, da Suzanne Collins, foi uma das melhores adaptações que eu já vi. Não só uma adaptação, mas o filme por si só foi maravilhoso. Daqueles que você tem vontade de bater palmas quando termina. 


>>> DANA: “Thor – O Mundo Sombrio” (Título Original: Thor – The Dark World; Direção: Alan Taylor e James Gunn (II)) 

O meu voto seria para Em Chamas, mas alguém (OI, BRENDA!) já escolheu. Então eu fico com o segundo (ou diria terceiro?) filme do Thor sem qualquer aperto no coração. Por que? Porque em uma época onde tem um monte de filmes de super-heróis, Thor se destaca criando uma dinâmica própria (em breve, faço uma análise melhor). E olha que Thor está longe de ser meu super-herói preferido. Como se isso não fosse o bastante, é um filme muito bom de assistir.


>>> DIEGO: “Somos tão jovens” (Título Original: Somos Tão Jovens; Direção: Antônio Carlos da Fontoura) 

Não sou dado ao cinema, estou tentando corrigir isso no ano vindouro. Das poucas películas que assisti em 2013, Somos tão jovens certamente é a que rouba a cena. É totalmente emocionante ver impresso na tela essa entidade que foi Renato Russo, um homem que todos gostariam de ter tido a oportunidade de conhecer, quiçá de amar. Meu ano foi de obras pontuais, mas precisas, e esse filme me ajudou muito quando eu precisei. Embora não seja a obra mais biograficamente fiel, é genuína em essência, e é isso que importa para mim.

>>> ELILYAN: “Heróis de Ressaca” (Título Original: The World’s End; Direção: Edgar Wright) 

Queria colocar aqui Além da Escuridão: Star Trek, mas apesar de esse ter sido o filme que mais assisti em 2013, ele não me impactou tanto quanto “Heróis de Ressaca”. Comédia de ficção cientifica britânica “The World’s End” conseguiu me fazer rir num ano em que as comédias foram piores que as piadas do Zorra Total. Capítulo final da trilogia "Sangue e Sorvete”, The World's End teve o roteiro escrito por Wright e Simon Pegg (que também atua no filme) e é uma paródia sensacional, pois não apenas me fez apenas rir até sentir a barriga doendo, como também me fez repensar minha relação com a tecnologia, o passado e os amigos.

>>> IGRA: "Os Miseráveis" (Título Original: Les Miserables; Direção: Tom Hooper) 

É do início do ano, mas eu ainda me lembro dele. Um dos melhores filmes (e melhores musicais) que eu já vi, com direito a atuações impecáveis. É um filme longo, mas não é nem um pouco cansativo. O tipo de história na qual você fica pensando mesmo depois de sair do cinema. 


>>> ISABELLE: "Gravidade" (Título Original: Gravity; Direção: Alfonso Cuarón)

Apesar de ter ido à loucura com Thor e Em Chamas, eu voto em "Gravidade". O roteiro, as atuações e os efeitos (principalmente o 3D) me deixaram boba e totalmente apaixonada pelo filme. QUERO OSCAR!!

>>> JOÃO: "O Homem de Aço" (Título Original: Man of Steel; Direção: Zack Snyder) 

Talvez haja outros filmes dos quais gostei mais (como Em Chamas), mas Man of Steel foi aquele que me deu um tapa na cara e disse "hey, seu idiota, super-heróis são legais". Além da abordagem diferenciada e fotografia incrível, o filme traz um panorama promissor para as próximas adaptações da DC Comics (e super-heróis no geral) nos cinemas. 

>>> MICHELLE: "A Caça" (Título Original: Jagten; Direção: Thomas Vinterberg) 

Um filme tenso, revoltante e triste que contesta a máxima de que "criança não mente". Uma mentirinha inocente + julgamento precipitado = destruição de uma pessoa. Simplesmente sensacional! Ah, e ainda tem o talentoso Mads Mikkelsen no papel principal. Preciso dizer mais alguma coisa?


>>> PAULO: "Dentro da Casa" (Título Original: Dans la maison; Direção: François Ozon) 

Esse foi um ano muito bom para quem gosta de ir ao cinema, mas o que mais me marcou entre tanta coisa legal foi "Dentro da Casa". A história é ótima e nenhum outro longa fez com que eu pensasse tanto, escrevi até um conto baseado no filme. Definitivamente, um dos meus favoritos da vida. 


E agora que vocês já sabem quais são nossos queridinhos, digam: qual foi o favorito de vocês em 2013?
É só votar abaixo!



TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM