adulto antigamente

Discussão: O mundo tá cada vez pior, antigamente não era assim

2.7.13Dana Martins


É isso mesmo: o mundo tá cada vez pior. As crianças hoje namoram e fazem sabe lá mais o que já aos 10 anos; A música perdeu a qualidade, virou só barulho pra pessoa ficar se sacudindo; As pessoas estão cada vez mais alienadas, grudadas em computador, celular, televisão; Os jovens perderam a força e não lutam mais pelos direitos; Isso sem nem chegar a falar em poluição, depredação da natureza e violência. Nós estamos destruindo o mundo.

Ou talvez, como em todas as gerações, as pessoas simplesmente ignorem o que os livros dizem.

Desculpa se você adora dizer uma daquelas frases, eu mesma às vezes caio no lugar comum de "tá cada dia pior", porque é muito mais fácil acreditar nisso. Porque quando a gente era criança não via nada disso. Mas o que a gente via quando era criança, afinal?

A minha vontade de falar desse tema vem há um tempo, porque é realmente irritante ouvir essas frases. Dessa vez não peço desculpa não, acreditar em uma frase dessa é a coisa mais... mais... cara de pau a fazer? Não, é algo ainda pior. Quando eu crescer e precisar me basear em uma cultura passada pra sentir bem, talvez eu descubra o nome. Pode ficar tranquilo que a primeira coisa que eu vou fazer é correr para o CC e te contar. A não ser que quando isso acontecer eu já ache o CC coisa de criança...

Aham, usavam... 

Mas hoje não é dia de espalhar farpas, é dia de falar de livros e da vida.

Uma curiosidade minha sempre foi isso: será que tá mesmo ficando cada vez pior? Você já se perguntou isso? Bem, eu sim. E a minha resposta veio lendo os livros do Charlie's Booklist, cada um deles até agora.

Nós lemos "O Sol é para Todos", "Este Lado do Paraíso", "O Grande Gatsby", "Uma Ilha de Paz" e "Peter Pan" até agora. O mais antigo é esse último, que foi criado lá pra 1900. O mais recente é o primeiro, lá de 1960, só que se passa por 1930. Os outros três ficam pelas décadas de 20, 30 e 40.

E em todos eles eu encontrei de alguma forma isso de: o mundo tá cada vez pior, antigamente não era assim. 

Se eles estivessem certos, assim como o George Orwell* ou o Anthony Burgess*, o ano de 1984 teria realmente acontecido. Estaríamos vivendo em uma dessas distopias que nós lemos em vez de estarmos lendo sobre elas. (apesar de que elas são só versões do nosso mundo, vocês não acham? mas isso é conversa pra outro dia)

Acho que talvez o mais marcante em relação ao medo do futuro seja "Peter Pan", que se você não conhece, é sobre um garoto que não quer virar adulto e um vilão que é perseguido pelo tempo (tic tac, tic tac...). E várias vezes temos menção a como as crianças mudaram.

"Se as crianças pararem de acreditar... as fadas morrem, a Terra do Nunca morre..."

Aliás, em uma cena a vida de Sininho fica nas mãos das crianças. E algumas delas não acreditam. Ah, essas crianças que não acreditam mais...

Disney e o relógio. Pare de ser genial. 
Agora a gente corta e vai para o futuro, uns 100 anos depois, vamos dizer 1995, quando eu tinha 3 anos e provavelmente estava caindo de chorar com medo daquele homem de barba branca e roupa vermelha.

Se você tem uma idade parecida, por essa mesma época aposto que você também estava assistindo Peter Pan da Disney. A mesma história, atraindo as pessoas 100 anos depois. E é assim, minha gente, que o mundo está cada dia pior? Que antigamente não era assim?

Veja bem, as coisas mudam. E é isso que acontece: elas mudam. Algumas ficam pior, outras melhor. Algumas melhores para algumas pessoas e essas mesmas coisas piores para outras pessoas. Fim do mindfuck. A gente não precisa fazer essa cara amarga e ficar criticando vida dos outros [pra se sentir melhor].

E acreditar que só no passado tem coisa boa é pisar no futuro igual barata é uma baita hipocrisia. O futuro é culpa sua também, o que você está fazendo pra melhorar? 

Eu também gostaria que crianças fossem inocentes como eu era, passando o dia na Terra do Nunca e vivendo as próprias aventuras, sem se preocupar com roupa, batom e iphones. Mas é a gente que constrói isso. Aliás, lá por 1900 e pouquinho quando Amory, protagonista de "Este Lado do Paraíso", era criança, ele passou a infância criticando os outros, fumando, bebendo e sendo "nobre" pra imitar a mãe que era meio assim.


E aí, José, é a gente que tá ficando pior mesmo? 

Nada contra ver problemas, eu acredito que isso nem deveria ser visto como negativo. Você não pode encontrar a solução se não vê o problema. Só que no nosso mundo real isso não é visto pra solucionar nada, só para criticar a vida alheia para alimentar o próprio ego, porque logo após do "está cada dia pior" ou "antigamente era melhor", vem um "estou ouvindo a música antiga", "os meus dias que eram bons", "melhor é o passado que eu conheci"... e por trás disso, quase embaixo do tapete, vem um "então eu estou fazendo o certo, né?", que ainda está por cima cobrindo uma maldita insegurança...

Ah, Gatsby, você já não mostrou a eles na década de 20 o problema de correr para o passado? 

-dana martins


PS: E se passou pela sua cabeça "mas isso é ficção!", acho que aí você está mesmo precisando passar um tempo com uns livros.

*George Orwell escreveu "1984" e Anthony Burgess escreveu "Laranja Mecânica"

TAGS: , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *