camp nanowrimo clube de escrita

Mini Camp: Prepara que tá chegando a hora do Camp NaNoWriMo de julho

15.6.13Dana Martins


Olá, todos os escritores e futuros famosos autores brasileiros de plantão! Hoje venho com um post para falar do nosso Mini Camp: a semana de preparação para começar a escrever em julho com todo gás (não deixem a PM ver isso). Bem, já pedindo perdão pelo excesso de referências às 4 da manhã, finalizo essa introdução com as palavras daquela grande autora, Isabel Moraes: "Mas como vai funcionar o mini camp?"

Respondendo à Isabel e a todos que estão já alongando os dedos, vai ser assim:

Primeiro eu separei o que nós vamos fazer em 5 etapas principais.
1- Hora do descarrego (domingo e segunda)
2- Viagem no mundo das ideias (terça)
3- Maníacos do planejamento (quarta e quinta)
4- De olho na vida dos outros (ou Wallflower way of life) (sexta)
5- Momento empreguete (sábado)
Agora deixa eu explicar melhor cada uma.

1- Hora do descarrego

No meu caderno onde eu planejei o que fazer (no meio da aula, é claro. que hora mais a gente tem tempo livre?), essa primeira etapa é "escrever capítulo" e foi idealizado em homenagem à Giulia (vocês lembram dela?) que está precisando de um despacho. É aquele momento estilo Ano Novo pra se livrar do passado e começar o ano com boas energias.

CALMA, NÃO VAI PEGAR O SAL GROSSO AINDA! (a não ser que você queira fazer um churrasquinho na nossa maratona, aí tudo bem) (Calma aí, que maratona?) (Aguenta só um minutinho!) (Você está realmente falando sozinha?) (Qual é o problema...?)

Expectativa pra o seu banho de sal grosso
Como vai funcionar exatamente: A ideia é, se você tiver alguma história perto do final te prendendo pra começar uma nova no Camp, terminar logo de vez. Como? Sentando o rabo e escrevendo como se tivesse no Camp. 

Se você faz parte do nosso desafio de investigação e ainda não chegou a sua vez de escrever, faça um rascunho do seu capítulo que depois é só fazer a ponte com o dos outros (se eu sobreviver, falo desse desafio amanhã aqui, que tá precisando). 

Se você não tem nada para terminar e já tem a sua ideia, comece a escrever pra conhecer a sua ideia tipo eu fiz aqui e já tente entender o que você quer dizer. Ou faça um test drive pra ver se é essa mesmo que você vai levar adiante.

Se você ainda não tem a sua ideia, não quer fazer o test drive ou quer outra opção: escreva sobre qualquer coisa só para exercitar. Nós demos alguns temas para trabalhar, aceite o desafio e escreva algo rápido sobre qualquer um. 

Realidade. (e com essa trilha sonora)
Quando é pra fazer? (FIQUE DE OLHO NA DATA LIMITE!!!) (explico melhor no final, é bom ler)
Começando com a maratona nesse domingo (podem vir no Clube de Escrita a qualquer hora conversar e escrever, ou fazer churrasco) para exercitar, no fim do post falo melhor sobre a maratona. Você tem até terça para completar o descarrego.

2- Viagem no mundo das ideias

Terça é o dia de decidir ideias. Se você não tem, inventar. Se você tem, escolher. Responder as perguntas abaixo pode ajudar.
Qual é a sua ideia?
O que você acha legal nela?
O que você acha que vai ser o problema em escrever isso?
Como você pode resolver esse problema?
E, se você não sabe, pode vir falar com a gente. (:
Eu ainda não decidi qual das minhas ideias vou escolher. Eu tenho que terminar um conto pra o fim de julho (escrever e revisar), que eu não acho que vai dar 50 mil palavras e não sei o que fazer. Amanhã vou escrever e... vai que já sai tudo no descarrego e eu fico livre para outro no Camp? Nesse caso, eu escreveria a ideia de YA Contemporâneo da menina de cabelo rosa que eu tive, só por diversão e porque é totalmente diferente de tudo o que eu já pensei em escrever. Tá vendo a importância do descarrego?

Agora pra decidir ideia mesmo, acho que eu já escrevi alguns posts aqui que podem ajudar. (links a seguir) No primeiro eu mostro que qualquer coisa é válida para criar uma ideia (viu, senhor Paulo?), tipo a ideia de um personagem legal ou até mesmo um tema que você queira desenvolver. 

Apenas pegue aquele detalhe que você acha legal e gostaria de ver em uma história. 

Depois complete com o que eu faço no segundo texto e com as dicas de como eu faço isso no terceiro. Repara que a ideia que eu inventei surgiu do nada. Eu simplesmente achei legal uma garota de cabelo rosa andando na rua. Simples. Depois é só cavar nisso e criar o resto a partir daí que nem eu fiz lá.

Uma coisa: não tenha medo de seguir o seu coração. Essa frase piegas é a mais rápida para explicar. Lá no texto da garota de cabelo rosa eu sinceramente acho que seria genial criar uma crônica com a conversa das duas velhinhas sobre a garota de cabelo rosa, mas no momento eu (meu coração) quis investir no romance adolescente. 

Posts que eu escrevi:


Eu fiz isso com base nos meus problemas, se ainda assim você ficar com algum problema para escolher e não encontrar a solução, pode vir conversar comigo que eu com certeza vou tentar ajudar. Ainda pretendo escrever mais um post sobre "De todas as ideias, como eu escolho a minha?".

Lembrem: terça é o dia de definir. Terça vou abrir um tópico no grupo pra vocês falarem o que vão fazer. Não deixe passar, porque na quarta...

3- Maníacos do planejamento

Preparem papel, word, bloco de notas, scrivener, evernote, excel, guardanapo... seja lá o que você usa. É a hora de conhecer o seu mundo, conhecer os seus personagens, conhecer o futuro. Alguns querem definir até a cor da meia que o personagem estava usando no aniversário do colega aos 5 anos, outros ficam feliz em escolher uma cor de cabelo. Tanto faz. 

Escrever um livro pode ser igual a entrar em uma floresta desconhecida, se você for sem mapa você pode ser perder. Ou igual a fazer compras em um shopping quando tá com dinheiro: tantas coisas legais para ver e comprar que corre o risco de você chegar em casa se sentindo mal por não ter tido tempo pra encontrar aquela coisa especial que havia feito você sair de casa em primeiro lugar. 

Então, mapinha na mão e luz verde firme do outro lado, é só entrar na água e nadar. 

Aqui no blog ou no grupo ou pela globo eu dou um jeito de trazer ideias para completar essa parte. Uma dica prévia é o quem sou eu lá do grupo com a ficha do seu personagem.

Quarta começamos e até quinta pra fazer isso. Não é tão difícil, não faz nem sentido o seu planejamento ser maior do que a história e muita coisa você só vai saber mesmo quando começar a escrever.

4- De olho na vida dos outros (ou Wallflower way of life)

Se você ficou perdido com o título, o meu caderno te responde: é hora de pesquisar. Não é uma pesquisa muito grande. Na verdade, é mais um processo de se inspirar. Agora que você já sabe sobre o que vai ser a história (2) e sabe qual caminho ela vai seguir (3), chegou a hora de alimentar a criança. 

Vai falar sobre crise política na Argentina? Estuda política, Argentina, crise. Vai falar sobre zumbis? Estude os zumbis, causas de apocalípse, formas de sobrevivência, uso de armas. 

Isso pode ser feito de diversas formas, até através da reunião de imagens como na nossa coluna de inspiração. Aliás, é bom você ter uma galeria de inspiração (com fotos, vídeos, filmes, músicas, outros livros, relatos de casos... sei lá) por perto porque ela sempre vai te encher de energia quando você vacilar (e, não se engane, isso vai acontecer).

Dá pra fazer isso de um milhão de formas, pra falar a verdade. Quando eu escrevi sobre vida artificial eu assisti bem esse vídeo e tentei analisar como tão rápido eles conseguem passar do conceito de robô para o de vida humana. O que torna alguém humano? O que torna alguém robô? Ainda não encontrei respostas satisfatórias, mas pesquisar o tema me ajudou. Fazendo a minha fic de super-heróis eu também comprei várias HQs e ficava lendo para ver os personagens, era uma forma de me distrair e pesquisar ao mesmo tempo (e recarregar a inspiração).

Como nos outros casos, eu vou falar melhor durante a semana. 

Quando é que vai ser feito mesmo? Sexta! 

5- Momento empreguete

Agora você vai lavar roupa! Mentira. A roupa suja você lavou lá no número 1. Agora que você já guardou tudo no armário vai pra janela conversar com a vizinha. 

"Calma aí, a gente ainda está falando de escrever?"

É claro que sim! Nessa etapa final que começa no próximo sábado você vai conversar com os outros sobre a sua história. Para ser sincera, essa parece a parte mais inútil e na verdade é uma das mais importantes. Porque de tudo aqui, esse é o único que todo mundo vai realmente precisar. Vai chegar aquela hora que você vai cansar, ou vai ter dúvidas ou, no fim das contas, vai querer que alguém leia. Tudo isso só é resolvido com apoio dos outros.

Eu, sinceramente, não teria ido tão longe sem fazer o Clube de Escrita e me sentir na obrigação de estar presente por vocês. A cada vez que eu conversei aqui sobre escrita ou o que eu escrevi, foi renovador e uma nova onda de incentivo para ir em frente. Para escrever mais. Para escrever melhor. Para terminar alguma coisa. Para gostar do que eu estou escrevendo. Para melhorar o que eu estou escrevendo.

E eu vi isso acontecer até no último Camp. Conforme as pessoas se afastavam e paravam de falar, mais complicado ficava retornar o ritmo de escrita. De umas 10 pessoas participando ativamente, no final só completaram duas (ainda assim, diria que todos venceram - pelos sprints era visível ver a média de palavras escritas no mesmo tempo aumentar). Já quem ficou de fora...

Então a número 5 é para isso, faça até um show e rebole por aí falando da sua ideia, mas fale. 

O desafio de sábado é: contar para 5 pessoas fora do Clube de Escrita que você está escrevendo e sobre o que você está escrevendo. Pai, mãe, irmão, tia, professor, amigo. 

Alguns deles talvez não entendam (não aconteceu comigo), pode ser até que você já encontre as suas primeiras críticas (aconteceu e me ajudaram a melhorar já de cara), mas durante o próximo mês quando você estiver grudado no computador contando palavras e atacando o teclado, eles vão saber o que está fazendo.

Tudo isso é simples e você só descobre que funciona depois de fazer. Bem, agora vamos começar. :D

---------------------------


MARATONA DE ABERTURA DO MINI CAMP: Escrever é legal, escrever junto é genial (só pra rimar). Nesse domingo desde que acordar estarei escrevendo e falando no Clube de Escrita, separe um tempo do seu dia para aparecer também e atacar o teclado. Fiquem livres para começar a festa sem mim, só me esperem para o churrasco. 

O que você precisa fazer para participar? Abrir o word e começar a escrever. 

E entrar no Clube de Escrita para conversar também é legal.


DATAS LIMITES: Galera, o Mini Camp é pra ser nessa semana e você separar uma parte do dia para se dedicar às tarefas. Na hora de pesquisar, senta e pesquisa mesmo. Na hora de planejar, planeje mesmo - até o fim. Não deixa chegar 1 de julho todo indeciso com a ideia. Todas as 5 você vai fazer pelo resto do mês e ao longo de julho, só que é bom separar uma hora e fazer de verdade.

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Só preciso comentar que o timing foi perfeito para a idéia que eu tive HOJE, e estava com preguiça.
    Energias renovadas!!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *