A Seleção america

Lendo A Seleção #1 - Primeiras impressões

9.2.13Conversa Cult


Eu não tinha percebido o quanto gosto dessa coluna até começar a participar. É legal às vezes dividir primeiras impressões sobre um livro. Se você leu ou quer ler A Seleção, primeiro livro da trilogia da Kiera Cass, continue lendo para saber como o livro tem sido até agora! 

Esse foi outro livro que eu comecei a ler sem saber direito sobre o que era, mas nesse a combinação sinopse, título e capa fizeram um bom trabalho. "A Seleção" parece ser exatamente sobre a seleção, uma espécie de competição para ver quem vai ser a nova princesa. 

Mas não, não pense que isso é uma história medieval. Na verdade é um tempo no futuro onde se formou esse novo país que é dividido por castas e tem um rei. Eles decidem que toda garota do país tem o direito de casar com o príncipe e virar princesa, então fazem essa Seleção. 

quote de A Seleção, página 90.

Estou perto da página 100 e parece que agora a história realmente começou. Até esse momento é uma espécie de introdução ao mundo e à personagem. Nada tão cansativo, eu li até bem rápido. Conhecemos um pouco sobre o sistema de castas, a pobreza entre os inferiores, uma paixão proibida e a família dela.

Eu não gostei muita da America (nome da menina) e também não gostei muito da quantidade de coisa clichê que apareceu na história. Às vezes lembra muito a Jogos Vorazes. Não estou dizendo "aah, é plágio", é só que é chato ficar vendo a mesma coisa e nem tão bem trabalhada.

Até pra divulgarem a série de TV que estão tentando fazer se apoiam em Jogos Vorazes. Algumas semelhanças: o apresentador de tv, a assistente, o estilista, a protagonista cantar, os dois garotos do triângulo em muito aspectos, a Seleção é um reality show e eu poderia continuar fazendo uma longa comparação.

Esses lados negativos podem ser pessoais e por ainda estar no início, mas há uma coisa que a autora realmente poderia ter melhorado: a reação da personagem. Sério, ninguém precisa ser um gênio pra saber que ela vai ser escolhida no negócio da Seleção. Ou a autora deixa de fazer o draminha de "será que ela vai?" ou ela faz isso direito, se não a personagem fica parecendo um pouco idiota.
*Aliás, se sair uma série aposto que essas primeiras 100 páginas vão dar menos que um episódio. Pelas fotos da primeira tentativa de fazer o piloto, foram até além.

Por enquanto, a leitura está tranquila. Eu estou até bem curiosa pra saber como a história vai continuar. Quero conhecer Maxon, o príncipe. Quero ver como vai ser mesmo essa Seleção. Quero saber como ela vai reencontrar o garoto que ela gosta (Aspen). Ainda tem alguma coisa sobre rebeldes e o país estar em guerra que parece que vai voltar no futuro.


Pensando agora, o mais legal por enquanto foram os dois garotos. Atraentes, é claro, e do tipo que você não consegue definir de cara. A minha versão do livro é a de prova que a editora Seguinte ofereceu e tem uma introdução que diz: "Poucos mistérios são mais empolgantes que o clássico "quem vai ficar com quem?" Até agora essas palavras têm se mostrado verdadeiras, já que é por isso que eu continuo lendo.

Bem, por enquanto é só. Não vai demorar até eu retornar com mais comentários. (:


-dana martins

TAGS: , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Oi Dana!

    Esse livro... ah. Acho muito que é como se fosse uma versão mais light de Jogos Vorazes. Ao invés de arena e morte, palácio e vestidos. Ouvi alguém dizer que A Seleção é uma "distopia glamourizada", não só pelo tema, mas pelo conjunto geral. Você vai entender quando acabar -q

    Concordo com isso que você disse da America entrar na Seleção. Tipo, desde o momento em que citam que haveria esse concurso todos sabem que ela ia entrar. Devia ter um trabalho maior por parte da autora nisso, pra não ficar tão óbvio.

    Esse livro me deixou com opiniões muuuito controversas. Não vou entrar em detalhes porque você não leu tudo e não quero dar spoilers, mas uma dica importante: tente não jogar o livro pela janela no final.

    O Joshua também leu e acho que ele tem bastante coisas a dizer sobre a história. Tivemos uma pequena discussão sobre o livro no twitter -q Vamos esperar ele vir comentar.

    E uma última coisa: quando terminar o livro, assista a vídeo-resenha da Marina Moura no youtube. Acho que ela resume bem os pontos negativos do livro (:

    É isso, espero que goste do resto do livro.
    Abraços o/ E boa leitura :D

    ResponderExcluir
  2. Ganhei o livro aqui o site - \o/ - e devo dizer que "engoli" quase literalmente o romance, em menos de dois dias, de tanto que eu viciei na leitura. É uma leitura sim, muito rápida e leve, mas proporciona muitas emoções, mesmo não atingindo "todas" aquelas expectativas. É uma distopia romântica - caracterizo assim, porque quando você terminar, vai perceber que o romance é algo muito tratado em todos os capítulos, já que não existe muitas cenas de tensão física ou de sobrevivência - apenas poucas invasões rebeldes...
    Mas enfim, "A Seleção" é o tipo de livro evolutivo. A cada volume a escrita da Kiera vai evoluindo, crescendo, e se tornando mais clara ao leitor. Se bem me lembro, a autora gravou um video falando sobre que não imaginava que "Selection" teria fãs. E talvez seja por isso que a leitura não chegue a ser aquele BUM e que te faça ficar em uma espécie de ressaca literária - menciono rapidamente THG, porque depois de Mockingjay, a vida se tornou um pouco diferente.
    E sobre as comparações THGvsTS, acho que são sem fundamento, já que TS é uma história, uma distopia bem original. É claro que tem aquelas "semelhanças", mas gente, se formos mencionar "semelhanças" entre livros, vamos começar a não ler mais! É como você disse, não chega a ser plágio. Quer dizer, não é plágio, mas sabe, ter semelhanças é algo que não vai estragar a leitura. Quando comecei a encarar TS através de suas palavras, consegui absorver o que realmente a autora tinha escrito. É claro que eu gostaria que a Kiera tivesse explorado mais esse primeiro livro, mas é como eu disse, é uma série que evolui aos poucos. Creio que todos que lerem até o final, irão amar a Meri e começar a ficar na aflição de quem realmente ela vai escolher, ainda mais quando ela foi "escolhida", e agora ela tem que escolher...
    "The Elite" vai ser perfeito, tenho grandes expectativas, e espero o melhor da autora!
    Creio que eu não consegui dizer nada sobre o livro, mas enfim, espero resenha, e agradeço mais uma vez ao CC pela oportunidade da promo. Acho que sem vocês eu demoraria um bom tempo pra ler o livro :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opiniões controversas xD Eu disse, UAHUAH. Só queria falar que minha relação com a America foi assim ao longo do livro:

      Começo: Ok, você é legal.
      Meio: Awn, sua fofa, te adoro.
      Fim: NÃO ACREDITO QUE VOCÊ FEZ ISSO. BITCH, MORRA.

      Ok, parei. Mas também estou na expectativa pro próximo livro. Como eu disse, espero que seja mais distópico que o primeiro (:

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *