Academia Ana Luíza Albacete

Comentando o Oscar 2013: Melhor Filme [pt. 1]

15.2.13Ana Luíza Albacete


Olá! Prontos para o terceiro post do COMENTANDO O OSCAR com Ana Flickerman e Paulo Templesmith*?
*Comentando o Oscar 1 e Comentando o Oscar 2.

No post de hoje, vamos dividir os comentários sobre os longas indicados à Melhor Filme, já que são nove indicados. Então, os escolhidos para hoje são "Os Miseráveis", "As Aventuras de Pi", "O Lado Bom da Vida" e "Django Livre".


>>>Os Miseráveis 

“Les Misérables”
Estreia (BR): 01/02/2013
Roteiro: William Nicholson, Alain Boublil, Claude-Michel Schönber, Hebert Kretzmer
Direção: Tom Hooper
Sinopse [x]
Primeiras Impressões [x]

Ana Luíza: Diferentemente do que muita gente tem falado por aí, eu achei "Os Miseráveis" um ótimo filme. A câmera subjetiva (quando o ator olha para ela como se estivesse falando com outro personagem), deu um ar intimista ao filme e trouxe o espectador para perto da dor daqueles personagens. Apesar de ser um filme totalmente cantado, ele não deixa a desejar em nada.

Algumas pessoas estavam reclamando da direção do Tom Hooper ("O Discurso do Rei"), mas ao meu ver, ele inova nos longas dele por usar posicionamentos de câmeras diferentes das dos outros diretores (usar câmera parada de vez em quando cansa), seus ângulos tortos dão uma nova perspectiva ao filme. Além disso, o fato de Hooper querer que os atores cantassem no set foi uma ótima ideia, eles acabaram dando mais importância à música, o que gerou mais dramaticidade (Anne Hathaway que o diga!). E é exatamente essas coisas diferentes que faz "Os Miseráveis" ser um filme maravilhoso e emocionante.

Paulo: Eu já disse no meu post na coluna “Lendo Os Miseráveis”, mas preciso repetir aqui o quanto eu amei o filme. Vi muitos comentários negativos e até entendo, afinal, ele é um musical e nem todos gostam do estilo.

O trabalho do Tom Hooper foi ótimo, achei que a transposição de um espetáculo musical para um filme foi muito bem feita. A indicação da Anne Hathaway foi mais do que merecida, ela está perfeita no filme e acho muito justo que ela ganhe o prêmio de melhor atriz coadjuvante. Contudo, não gostei tanto da indicação do Hugh Jackman. Ele estava muito bem no filme sim, mas achei uma indicação forçada.

Acredito que o filme mereça vencer em todas as categorias técnicas em que foi indicado, só senti falta de uma indicação em melhor trilha sonora.


>>>As Aventuras de Pi

“Life of Pi”
Estreia (BR): 21/12/2012
Roteiro: David Magee
Direção: Ang Lee
Sinopse [x]
Resenha [x]

Ana Luíza: Apesar de Ang Lee ser um ótimo diretor e já ter ganhado o Oscar por "O Segredo de Brokeback Mountain", dessa vez ele errou feio na mão. "As Aventuras de Pi" é um filme que você não sabe se quer terminar de assistir pra saber se o menino órfão vai realmente sobreviver num bote salva-vidas com um tigre ou se você vai embora porque tem coisas melhores para fazer. Não vou negar, é um filme belo. Toda a fotografia e efeitos especiais foram bem bolados e com certeza, essas categorias são de Pi, mas melhor filme não será nunca.

Um filme longo, que até diz para que veio, mas um filme para quem tem paciência, poucos sentimentos e não tem o que fazer pra não ter vontade de levantar e ir embora.

Paulo: Essa é uma das indicações que eu menos entendo. Eu não gostei do filme, achei cansativo e um tanto pretensioso. A história em si é muito boa e deve dar muito mais certo no livro do que no filme.

O filme é longo demais e em muitos momentos senti vontade de desistir, o que me impediu foi a qualidade técnica. Qualquer filme em imax fica ótimo, mas Pi fica FANTÁSTICO. A fotografia é linda e a trilha sonora é boa. Como a Ana disse, todas as categorias técnicas já são dele.


>>>O Lado Bom da Vida

“Silver Linings Playbook”
Estreia (BR): 01/02/2013
Roteiro: David O. Russell
Direção: David O. Russell
Sinopse [x]
Resenha do livro [x]

Ana Luíza:  David O. Russell foi indicado a melhor diretor em 2011 pelo filme "O Vencedor". E nesse mesmo ano o Christian Bale ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelo menos filme. Maaas, em 2013 David parece ter apostado errado.

"O Lado Bom da Vida" até que é bem dirigido, mas parece que o filme inteiro é focado na Jennifer Lawrence (entendam, eu não falei na personagem Tiffany, e sim na atriz). Em algumas cenas onde Pat (Bradley Cooper) conversava com Tiffany o diretor apenas mostrava a reação dela, até aí, tudo bem... Mas quando ela falava mostrava a reação dela também. Na minha opinião, o certo seria que quando ela falasse, mostrasse a reação de Pat. Mas, David preferiu privilegiar a nova queridinha da América. Esse fato me fez pegar uma certa raivinha do filme.

"O Lado Bom da Vida" é um filme água-com-açúcar, não tem nada demais a não ser dois personagens problemáticos que tentam se resolver. Acho que o Bradley Cooper fez um trabalho melhor do que o da Jennifer Lawrence e merece muito mais a indicação do que ela. A JLaw, por sua vez, entrou na categoria errada, ela deveria estar em "Melhor Atriz Coadjuvante", afinal, o longa-metragem conta a história de Pat e não a história da Tiffany. Além disso, a indicação de David O. Russell foi completamente injusta. E acabou roubando o lugar do Tarantino ou do Tom Hooper.

Se eu fosse da academia, nunca indicaria um filme desse tipo à Melhor Filme. Tinha tantos outros a serem indicados e tão bons quanto...

Paulo: O filme foi me conquistando aos poucos, porque eu fiquei muito focado no livro quando assisti pela primeira vez e os dois são muito diferentes. Depois de um tempinho, li algumas resenhas e revi o filme e só então eu amei.

Gostei muito da adaptação feita pelo David O. Russel, porque ele conseguiu dar o tom certo para o filme. Eu discordo da Ana quanto à indicação dele, porque eu acho que foi merecido, assim como o Tarantino e o Tom Hooper mereciam. Li numa resenha do filme (agora não me recordo qual) sobre como o uso das câmeras muda ao longo da história e isso é relacionado ao momento que o Pat está passando. Só percebi isso quando revi e adorei.

Também acho que a Jennifer Lawrence mereceu a indicação. Por mais que o filme não seja sobre a Tiffany, a Jen fez com que ela tivesse tanto destaque quanto Pat. O filme pode ter sido feito só para ela brilhar, mas ficou bom.

Apesar de tudo, também acho que a indicação a melhor filme um tanto forçada. Mesmo que eu tenha amado, concordo que não é um filme forte o suficiente. Acredito que tenha sobrado uma vaga e, como ele já tinha sido indicado em todas as categorias de atuação e também em diretor e roteiro, a academia usou “O lado bom da vida” como tapa-buraco.



>>>Django Livre

“Django Unchained”
Estreia (BR): 18/01/2013
Roteiro: Quentin Tarantino
Direção: Quentin Tarantino
Sinopse [x]

Ana Luíza: Um filme de bang-bang mas com uma linguagem tão coloquial, uma trilha sonora tão fantástica e um elenco tão bom... era óbvio que iria ser do Tarantino. Mais uma vez, o americano de 49 anos fez de seu filme sanguinário um dos melhores do ano. Tudo bem, concordo que as pessoas fizeram barulho demais, quando eu assisti, achei incrível, mas "era apenas mais um filme típico Tarantino", mas isso não fez com que o filme fosse ruim, apenas o fez ser tão bom quanto "Bastardos Inglórios" ou "Kill Bill".

O que mais me encanta nos filmes dele são as trilhas sonoras, como que ele pode colocar músicas atuais em filmes "de época" e ficar tão bom? Só sendo Quentin Tarantino para fazer isso também. Aposto que qualquer outro diretor nunca conseguiria fazer igual.

Agora, foi injustiça não terem indicado ele à Melhor Diretor. Eu não vi nenhum erro em "Django Livre", já em "As Aventuras de Pi" e "O Lado Bom da Vida" eu vi vários. Mas, apesar de tudo isso, "Django" não deixa de ser um candidato muito forte a ganhar o Oscar de melhor filme.

Paulo:Esse é um típico filme do Tarantino, o que significa MUITO. Django é um dos meus favoritos para melhor filme, porque acertou no roteiro, nas atuações, na trilha sonora e também na direção, é claro. 

Senti falta de uma indicação para o Jamie Foxx, mas a indicação do Christoph Waltz compensou, porque ele está muito bem no filme. Toda as cenas que eu mais gostei têm ele, espero muito que ganhe como melhor ator coadjuvante. E, por mais que tenha adorado “Moonrise Kingdom” e “Amor”, “Django Livre” tem que ganhar como melhor roteiro original.


Para qual filme você está torcendo? Comente! :D

-Paulo V. Santana e Ana Luíza

TAGS: , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Desses, só não vi As Aventuras de Pi.
    Para mim, o oscar de melhor filme deveria ir para Les Mis. Muita gente vai assistir já com preconceito (por ser musical) e diz se cansar das falas cantadas, mas é como uma ópera! Chega uma hora que você nem percebe mais que as falas são cantadas, porque é tudo muito natural. Achei que inovou, e emocionou DEMAIS (eu chorei OCEANOS), e merece MUITO o oscar. Também não indicaria o Hugh Jackman, apesar de ele ter feito um ótimo trabalho. Russell Crowe estava sensacional, como de costume, e será um absurdo se a Anne não ganhar.

    Django é muuito bom, mas eu não indicaria o Jamie Foxx justamente por causa do Waltz. O Waltz é um cara que rouba a cena (muita gente acha, por boa parte do filme, que ele é o protagonista), então acho que, para o Jamie merecer indicação, ele teria que ter se destacado mais enquanto contracenava com o Waltz. Aliás, TODOS OS OSCARS DO MUNDO PARA O WALTZ, SÉRIO. Acho que a Academia tem implicância com o Tarantino, faltou uma indicação pra melhor diretor. Estou torcendo muito para que ganhe melhor roteiro.

    Não entendo as indicações de O Lado Bom da Vida. Nenhuma delas. Sério. Achei o filme muito mediano, fico feliz de ter assistido em casa, sem gastar dinheiro. O inicio do filme me deu a impressão de que seria muito mais profundo, mas logo começam os clichês e o filme nem me divertiu. Clichês sempre vão existir, mas se o filme me entreter, eu não ligo. Não foi o caso. Só curti a espera pela nota da dança, foi o único momento em que me prendi ao filme. Não vi nada incrível nas atuações. Vejo tanta gente enchendo a bola da JLaw que já peguei implicância, não achei ela grande coisa nesse filme.. Mas dizem que é quase certa a vitória dela esse ano. Das outras indicadas, só vi a senhora de Amour, pretendo ver as outras antes do dia 24.

    ENFIM, façam logo post de Lincoln façam façam

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *