carminha CCdiscussão

Coisas que você precisa saber sobre zumbis - Parte 2

20.10.12Dana Martins


1- Zumbis existem;

2- Tiro na cabeça não mata;

3- Zumbis não são loucos pelo seu cérebro. 

Meu top 3 de coisas que você precisa saber foi feito propositalmente para causar uma reação: CALMA AÍ, QUE HISTÓRIA É ESSA DE ZUMBI NÃO "MORRER" COM TIRO NA CABEÇA? Para os que sentiram ferir o manual de sobrevivência com essa afirmação a boa notícia é que hoje eu vou explicar isso. A notícia ruim...

...é que é muito, muito e muito delicado falar de zumbis. Por que? Porque os zumbis fictícios estão há um século em mutação e ainda continuam mudando. Já tem tanta característica que você pode criar um super-frankenstein de zumbis e alguns até são confundidos com vampiros. 

Previously on... Coisas que você precisa saber sobre zumbis
Zumbis existem. Na parte 1 eu mostrei a origem "folclórica" dos zumbis, como eles surgiram no meio das crenças do Vodu no Haiti. Falei que, se abrir os olhos e tirar a parte mística da história, é bem capaz deles realmente terem existido.

Breaking news: Tudo o que você sabe sobre zumbis pode estar certo. Ou errado. Talvez certo... Provavelmente errado.

Bem, hoje em dia a história já é bem diferente e os zumbis viraram todo tipo de coisa. Alguns comem cérebro, outros nem comem. Alguns até falam, outros mal rastejam. Alguns morrem com um tiro no cérebro, outros a última coisa que você ia querer é explodir a cabeça. Tudo depende do mundo criado e das "regras" estipuladas. Você pode preferir um tipo ou outro, mas não dar uma de nazista (a não ser que tenha bons argumentos - Redação dissertativa, 30 linhas, na minha mesa amanhã -n). 

Eu concordo que há um estereótipo ATUAL de zumbis (aquele que sai da cova, se arrasta devagar por aí, contamina com mordida, é burro como uma porta, morre com tiro na cabeça e come cérebro). Adoro eles, faço piada e me divirto. Mas eles não são os únicos tipos de zumbis existentes, até porque dificilmente você vai ver todas essas características misturadas puramente em uma história. 

Carminha sabe das coisas. Já ouviram falar que ela tava praticando zumbificação haitiana por aí? Não deu certo...

Quando eles saem da cova (são corpos reanimados), eles provavelmente não vão morrer com tiro na cabeça (seria o mesmo que dar tiro na cabeça da cadeira movida por "atividades paranormais", reflita). Quando eles contaminam com mordida, as chances de que o autor seja realista são altas e ele provavelmente não vai ver sentido na fixação só pelo cérebro. Se o zumbi é uma metáfora para pessoas "que não pensam direito", saem da cova e comem cérebro para "pensar", ele provavelmente também vai começar a pensar (e deixar de ser zumbi, mas por alguns segundos vai ser aquele momento estranho em que um zumbi está agindo como uma pessoa normal). 

Eu disse que era complicado falar de zumbis, mas é porque não existe regra. Cada autor cria a própria mitologia zumbi, roubando das ideias de mil outros autores. Os primeiros filmes de zumbi roubavam dos mitos de zumbi no Haiti. A mulher controlada era mais uma marionete na mão do "feiticeiro" do que outra coisa. Nada de pedaço de corpo caindo ou tripa pra fora, nem desespero pra comer o vizinho.

Já os zumbis mais próximos do estereótipo atual apareceram só mais tarde com George Romero, que se inspirou em... vampiros. E não acaba aqui: seguimos com mil variações, tipo filmes do George Romero que os zumbis são inteligente o bastante para segurarem armas e a introdução dos malditos vírus como causa.

HUAHAUH genial. More than just eating brains.

Só pra dar ideia, se for falar de originais os zumbis do estereótipo nem seriam os certos. A gente parava semana passada com o zumbi haitiano feito pra trabalhar de escravo em plantação. E, pra completar, seria negar zumbis de George Romero, Resident Evil e The Walking Dead (só alguns dos exemplos). 

"Given that causes of zombiism have a tendency to stay current with the times (for example, modelling an outbreak after the Ebola or Influenza viruses or Stephen King’s use of technological means) the zombie will continue to mutate as time passes."

BRACE YOURSELVES, MAIS ZUMBIS ESTÃO A CAMINHO!



Eu blablabla Pensando blablabla

Eu levei horas e aprendi muita coisa para escrever esses posts, apenas 4 sextas para um especial sobre zumbis é muito pouco (mas com certeza vou ressuscitar o tema em posts quando você menos esperar. HÁ!). Se você quiser discutir ou indicar algum tema, fique à vontade. Ainda temos mais uma sexta desses CCSextas para aproveitar e ainda estou na dúvida se indico livro/filme/videogame/série/papagaios de zumbis ou se faço uma Parte 3 de coisas que você precisa saber. Até lá eu decido!

Sobre o tema de hoje, quero só dizer que eu achei que valia mostrar esse lado "mutante" dos zumbis porque tem gente que se prende a um tipo e fecha os olhos para o resto (hoje mesmo, antes de escrever, estava conversando com a Ana Marques e os polêmicos zumbis de "Sangue Quente" viraram discussão). Algo que eu sempre digo: aproveita a história pelo que ela é, não pelo que você gostaria que ela fosse, dá para se surpreender.

Se você vier com a história de um zumbi anão voador de uma raça de alienígenas que chegou na Terra e se apaixonou pela vampira-saci inimiga do reino distópico que eles estavam criando - e me falar que isso é bom, eu vou ler. Contando que o autor esteja de acordo com as próprias regras, tudo ótimo.

Coisas que você precisa saber sobre zumbis:

1- Zumbis não existem;

2- Tiro na cabeça mata;

3- Zumbis são loucos pelo seu cérebro.


Use your brain!

TAGS: , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

7 comentários

  1. OiOiOi! (Hoje é uma homenagem para Avenida Brasil mesmo u.u Eu nem assisto, mas o mundo inteiro parou pra ver a novela, então...)

    Muito legal esse post, Dana (: Eu estava refletindo sobre isso esses dias. Tava falando pra minha amiga sobre "Apocalipse Z", e enquanto eu descrevia os zumbis ela disse: "mas como assim? Zumbis não correm, só andam!". É engraçado porque bastante gente tem uma visão fixa dos zumbis e acha que todos são daquele jeito. É tipo a coisa do vampiro: ele corre? Vira morcego? Brilha no Sol ou virá pó ao Sol? Enfim...

    Achei GENIAL aquele quadrinho com a conversa entre os zumbis HAHAHA resume toda a ideia do post. Também achei muito inteligente a frase em negrito dizendo que os zumbis meio que se transformam ao longo do tempo. Me fez pensar como eles serão daqui uns dez anos... Será que estarão ainda mais fortes/assustadores que os de hoje em dia? D: ~medo~

    Então, que triste que o Mês dos Zumbis está acabando ): Os posts estão super bem elaborados e estou adorando saber mais sobre essas criaturas tão interessantes. Ah, pro próximo post, pelo menos cite algumas indicações de livros/filmes/jogos no fim do post. Ou faça um texto normal mesmo e, separadamente, um "três livros/filmes/jogos sobre... Zumbis" -qq (devia ser só livros, mas ok). Sei lá. Só não deixa de indicar algo (: Acho que seria legal se as pessoas lessem os textos daqui e depois fossem lá assistir ou ler algo envolvendo o assunto, pra aprofundar mais (aliás, estou o primeiro Resident Evil aqui! Só falta achar alguém pra assistir comigo, vai que é mais assustador do que parece? AUHAUHU Assim que eu assistir digo que achei :D)

    Enfim. Parabéns pelo post *-* (e sério que você postou 6:25 da manhã? Como você aguenta ficar acordada? Sério! OMG).

    E sim, vou usar meu cérebro :D (antes que algum zumbi venha come-lo... jkdfghksfdg)

    ABRAÇOS o/ Até o próximo post (:

    ResponderExcluir
  2. HUAHUAH Post cedo e eu acordada já é que Zumbis não dormem! acho que essa é uma característica que ninguém mudou ainda (na verdade, já mudaram, mas)

    Depois eu respondo direitinho, porque só me ressuscitei a essa hora por obrigação...

    ResponderExcluir
  3. Haha, e não é que o Mês dos Zumbis está ficando cada vez mais legal! Eu simplesmente estou adorando os posts!

    Tem gente que tem um conceito errado sobre "o que é zumbi". Mas isso se deve mesmo por causa de muitos livros, filmes, HQs, séries de TV, que apresentam o zumbi de forma muito variada. É como o João disse no coment acima, que a amiga disse que zumbi não corre, anda. Eu particularmente não visualizo o "tipo" de zumbi que fica se arrastando por aí, a procura de algum cérebro para comer. Eu visualizo o "tipo" de zumbi que corre, é quase um animal, um selvagem. Ele não é totalmente esperto, mas não é porque ele é um morto-vivo que vai ser burro como uma porta! Imagine um leão que não come carne a dias. Se ele vê alguma caça, ele vai atrás da caça para comer e se alimentar. Agora tire o leão e coloque um zumbi, mas deixe a parte de correr atrás da caça em busca de carne. Coloque isso como um desejo insaciável. Pronto, você tem um zumbi que fará de tudo para comer seu cérebro e te transformar num amigo para caçar outros cérebros. É bem assim um zumbi que acho que é zumbi. Esse negócio de evolução zumbi é algo aceitável, desde que não quebre as regras do que é um zumbi: Ele é um morto vivo. Ele é carnívoro. E dependendo do "tipo" de zumbi, um tiro na cabeça não funciona para matar.

    Espero os próximo posts, e concordo inteiramente com o João sobre as indicações.

    OBS: Na última foto do post, se eu não me engano, a criatura ali não é um zumbi e sim um Outro da saga - maravilhosa, que eu amo, perfeita, incrível... etc, etc, etc - do consagrado autor George R.R. Martin, As Crônicas de Gelo e Fogo... se um Outro é uma evolução dos zumbis, acho que teria semelhanças e diferenças.

    1- Um outro cria mortos-vivos ao matar um ser humano ou qualquer outra criatura. Quando ele mata a tal criatura, simplesmente depois de morta a pessoa desperta, mas com o intuito de matar qualquer ser vivente ao seu redor. É como se a criatura ficasse congelada, meio estranho, vira um fantasma, mas não deixa de ser um "tipo" de zumbi mais "sombrio - zumbi sombrio??? - meio fantasmagórico.
    2- O outro seria uma espécie de "zumbi guerreiro", com espada, de cavalo ou montado em uma aranha gigante. Mas diferentemente do zumbi, ele seria bem silencioso, pois tens um zumbis que ficam gemendo, pedindo por comida.
    3- Outros são mortos com fogo ou com vidro de dragão - obsidiana. Se você pensar que esse "tipo" de zumbi é morto apenas com um tiro na cabeça, cuidado e se prepare para se tornar um morto-vivo...

    Abraços, Joshua
    pensamentosdojoshua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. E esqueci de mencionar o banner genial do site! Acho que você poderiam fazer isso com todos os CCSextas especiais, decorando com o assunto tratado :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Deve dar trabalho e tudo mais, só que seria muito legal. O Twitter e o Facebook também estão ótimos, parabéns \o/

      Excluir
  5. Eu tenho uma problema enorme com zumbis. Eu adoro, mas as explicações me decepcionam tanto por causa de questões básicas que deixam mal amarradas. Como os zumbis de TWD, por exemplo, que tem lá a ativação apenas até o tronco encefálico e teoricamente ficam "satisfeitos" após uma refeição. A não ser que o vírus/bacteria/seja lá o que for consiga produzir hormônios, acho isso muito do mal contado e me dá certa raiva ainda.
    E existem outras tantas histórias que agora não consigo exemplificar aqui que me dão nos nervos porque era só o autor fazer uma pesquisa um pouquinho maior e arrumar um detalhe que ficou totalmente sem noção.
    Agora, eu concordo contigo sobre essa última parte. O autor pode criar o tipo de zumbi que ele quiser e será válido, desde que faça tudo bem amarradinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei que é uma falha enorme no meu gosto zumbi(?), mas ainda não arranjei tempo pra ler/ver TWD, então não sei dizer. :(
      Até agora eu não tive muito problema com boa explicação. Indico Apocalipse Z, que só explica mais no segundo e terceiro, mas é uma explicação MUITO boa. Me fez entender mais sobre a possibilidade de contaminação com vírus do que qualquer outra coisa.
      Outro que é bom é Resident Evil, tem muuuuitos dados sobre vírus/parasitas e possíveis causas de transformação em zumbi. Mais de 10 anos de dados, né? É tanto detalhe e história que você poderia passar um dia inteiro lendo e ainda faltaria.
      Mas concordo mesmo que às vezes a explicação não é boa. Em alguns casos o autor até foca no sobrevivente pra não ter que explicar direito

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM