anorexia CCLivros

[Resenha] Just Listen, de Sarah Dessen

6.6.12Dana Martins

por Dana Martins
- Livro: "Just Listen - A Garota Que Esconde Um Segredo"
- Livro Único
- Autora: Sarah Dessen
- Editora: Farol
- Comprar: Siciliano, Saraiva, Travessa.
- No skoob









Mini-crítica: 
Foi um livro que acabou sendo o que eu imaginava e ao mesmo tempo me surpreendeu com os temas que abordou. Não é só uma garota envolvida em intrigas adolescentes que encontra um cara de fora e descobre um outro "mundo". É uma garota com vários problemas, acumulados ao longo dos anos, que chegou a um momento insuportável e teve a chance de se descobrir. Tudo isso com aquele clima adolescente de história em cidade pequena e misturado com música (Owen é viciado em música, fala um monte de coisas legais sobre música, participa de uma rádio comunitária e eles ainda vão para shows!). 

Quer saber mais? Clique abaixo para conferir a resenha completa.

A gente achou que seria legal entrar no clima da #SemanaDessen e estou aqui para falar de "Just Listen" da Sarah Dessen. Até o momento, esse foi o único livro que eu li dela e, para você ter ideia, eu não sabia que ela era conhecida e já tinha outros livros publicados. Eu fui ler esse livro porque eu encontrei na livraria, fui com a cara da capa e gostei do nome. Achei que seria legal ler.
"Depois de ter sido pega com o namorado da melhor amiga numa festa, Annabel Green começa o ano letivo sendo ignorada pelo resto da escola. Mas o que realmente aconteceu naquela noite ainda é segredo, que ela não arrisca contar para ninguém."
E esse é só um dos problemas da Annabel, que parece se enrolar cada vez mais em uma teia de mentiras para fugir da realidade.

O livro parte do momento que as coisas começam a dar errado e é sobre a Annabel encarar a verdade. Por causa da tal coisa que aconteceu na festa e ela não conta para ninguém, ela fica praticamente excluída socialmente. É assim que ela começa a falar com Owen, aquele cara que vive no próprio canto, mas como em muitas histórias adolescentes tem fama de ser mal, tipo "já passou pela cadeia, matou gente e assalta lojas, é por isso que não falam com ele". No começo, só aproveitam a companhia silenciosa um do outro e depois passam a se conhecer melhor.

Owen é um personagem muito importante na transformação da Annabel, em parte por ela ir gostando dele e em parte pelo exemplo. Ele tem problemas com agressividade e precisa estar sempre se controlando, meio que segue uma política de falar verdades. Também adora música e vive gravando cds para ela (é daí que vem o "Just Listen"). Além disso tudo, o romance entre os dois contribui para tornar a leitura mais leve.

Como eu citei no post do dia das mães, um dos maiores problemas acaba sendo a mãe dela. É que a mãe é daquelas que enxerga uma vida para as filhas e quer que elas sigam a qualquer custo, sem realmente ver quem são essas garotas e o que elas querem. As duas irmãs mais velhas já se mudaram e agora a maior parte da atenção da mãe fica em cima da Annabel, insistindo que ela siga a carreira de modelo.

Annabel conta mentiras justamente porque não quer decepcionar os outros, então durante as mil vezes que ela pensa em falar que não quer mais continuar imagina as consequências e acaba desistindo. E isso só piora quando Whitney, a irmã do meio, precisa enfrentar a anorexia e deixa a mãe com os nervos explodindo e Annabel não quer piorar.

Só uma pausa para comentar que a Whitney foi uma das personagens que eu mais gostei. No início você não entende direito, mas conforme o livro passa dá para ir gostando dela.

Uma outra coisa que vale a pena comentar é que o livro tem muitas metáforas, tipo a da casa da Annabel que é de vidro e é tipo "para todo mundo ver", mas não é como se realmente estivessem vendo. A Sarah Dessen coloca vários detalhes assim e é legal perceber.

Se você já leu Pretty Little Liars, saiba que "Justin Listen" segue um estilo parecido. Com algum problema da vez, algum romance para tornar mais legal, o início relembrando do passado para você entender o que está acontecendo no momento... Mas em vez de cair para o suspense e ter um ar pop, fica mais para um lado mais sério, por causa dos temas. Me lembrou a "As Vantagens de ser Invisível" também, mas a Annabel não é tão interessante quanto o Charlie (pra mim).


Sobre a nota: 4 conversinhas, porque não é o livro da minha vida, mas não tem exatamente um lado negativo. A leitura não é dessas lentas (eu li em dois dias), os personagens são interessantes e o tema faz com que não seja mais um livro superficial. Acho que qualquer um que gosta de livros de vida adolescente pode gostar de "Just Listen" e uma boa parte dessas pessoas vão aprender algumas lições lendo.

Classificação:



(4/5 conversinhas)

TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *