Brasileiros na Inglaterra CCSexta

Brasileiros na Inglaterra: Geovanna Giannini

6.4.12Dana Martins


E mais um mês começa. Dessa vez, em um clima internacional - na terra da rainha. 
Seja para estudar, trabalhar  ou 'apenas' passear, ir para a Inglaterra é o sonho de muita gente. Porém, alguns encontram certas dificuldades como falta de dinheiro, burocracia, etc. Então, para esse mês o ConversaCult convidou algumas pessoas que já foram para a Inglaterra e vão contar aqui suas experiências, dar dicas e tirar algumas dúvidas que o pessoal tem.

A primeira convidada é a Geovanna Giannini (ela já apareceu aqui no blog falando sobre alguns filmes que foram indicados ao Oscar 2012), para saber a história dela na Inglaterra clique em "Continue lendo!".

* No Tumblr estamos fazendo um desafio semelhante ao do mês passado, só que agora são artistas ingleses. Na primeira dezena do mês são os autores ingleses e nos vinte dias seguintes teremos bandas, cantores e atores. Para conferir o desafio basta clicar aqui.

>>>Dica: "O Mundo Segundo os Brasileiros", episódio Inglaterra.


Meu nome é Geovanna, tenho 20 anos, sou apaixonada por filmes (principalmente musicais), séries e livros, sou professora de inglês e aspirante a internacionalista.

Estive na Inglaterra do final de 2010 até a metade de 2011, e é sobre isso que estou aqui para falar.

A Inglaterra sempre me fascinou, especialmente a monaquia, com rainhas, príncipes, princesas, duques, lordes... E também os filmes, livros, música, o humor britânico, o estilo, a história, moda, foi tudo um conjunto bem magnético, que com o tempo ia me atraindo cada vez mais.

Talvez você se relacione com o sentimento que eu tinha, que era de ir pro mundo, de ter nascido pra ir pra outros lugares, não se conformar de ficar na mesma cidade, vendo as mesmas pessoas, com a mesma cultura, fazendo as mesmas coisas e com sonhos tão limitados. Eu precisava ir embora. E qual o lugar que eu idealizava chegar? A Inglaterra! Acho que eu pensava ser tão inalcansável por ser em outro continente, por ter a moeda mais cara do mundo, ou simplesmente porque a gente sempre acha que nosso objetivo final é tão difícil. Se você pensa assim, ou se simplesmente quer muito viajar para fora, esse post é seu! Vou te contar minha história (tentarei ser breve), e vou dar o máximo de informações para conseguir chegar lá, como eu consegui.

Bom, desde os 14 anos imaginava formas de ir para outros países (mas sempre querendo ir para juntar dinheiro e no final ir para a Inglaterra), fui em agências, vi intercâmbios para os EUA, Canadá, Nova Zelândia, Austrália e carregava minha mãe, que só falava "vamos ver". Chegou um momento em que eu vi que meus pais não iriam me "patrocinar", então eu teria que fazer por mim mesma. Trabalhei por uns meses e juntei dinheiro para ir por conta própria para Portugal, pois meu tio tinha um apartamento vazio lá. Devido à crise, foi impossível de arrumar emprego, e eu tinha tão pouca experiência de trabalho, que aí mesmo que ficou mais difícil, mas eu não ia desistir até chegar na minha terra prometida, a.k.a Inglaterra. Levei dinheiro para ficar três meses sem precisar trabalhar, mas um mês já tinha se passado, e nada! Então minha tia me apresentou para uma amiga que morava na Irlanda, e ela disse que eu poderia ficar na casa dela no interior. Lá fui eu! Cada vez mais perto. Fiquei encantada com Dublin, com a mistura de povos, os irlandeses ruivos, as senhoras com bochechas rosadas, os indianos nos mercadinhos, era tudo muito interessante. Como estava com pouca grana, fui lá para o interior, uma cidade com aproximadamente 3 mil habitantes, e, obviamente, sem empregos. Depois de 2 meses, devido à falta de emprego (só dava para ser diarista e babá, tentei ambos e não consegui, de verdade!) e de problemas pessoais, resolvi voltar, até porque meu dinheiro estava acabando. Então foi aí que o ANJO do meu pai se ofereceu para pagar meus custos na Inglaterra, já que estava tão perto!!! Arrumei minhas malas e fui embora, sem nem ter lugar para ficar... Isso é que era aventura (não recomendo pra qualquer um). A amiga de uma amiga de uma amiga da minha mãe me recebeu e disse que só dava para eu ficar na casa dela por 3 dias, e depois disso precisava ter arrumado outro lugar para ficar. Morar em Londres é caro se você tiver com uma renda em real, então eu multiplicava tudo por 3. Depois dos dias, eu não tinha arrumado nada por menos de 150 libras por semana, mas era o que dava... Para minha extrema sorte, a moça que eu fiquei os 3 dias tinha uma irmã com um quarto para alugar na casa, e foi lá que eu fiquei por quase 1 ano, até voltar para o Brasil. Meus gastos eram altos para pagar em real, por mês, minha despesa ficava entre 1700 e 2000 reais, taí porque você deve ir com tudo programado! Não consegui emprego, principalmente pela falta de experiência, e porque na verdade eu estava procurando um que fosse perto de casa também, o que complicava um pouco mais, bem no meio da crise econômica européia.

O que não falta em Londres (no Reino Unido inteiro) são escolas de inglês, eu estudei na St Giles pois tinha uma amiga lá, e fiz um preparatório excelente para o IELTS. Mas preste atenção: para requerer o visto de estudante, a imigração britânica não tem aceitado pessoas com nível baixo de inglês, você terá mais chances de ter o pedido de visto aprovado se for para estudar do nível intermediário para cima.

Antes de pensar em ir para qualquer lugar, pesquise se sua família tem alguma descendência estrangeira, de onde você possa puxar uma cidadania, ter um segundo passaporte pode fazer toda a diferença na hora de viajar.

Fiz uma lista das principais dicas que eu poderia te dar:
- Antes de ir, junte o máximo de dinheiro possível, começando com o valor da passagem (que pode ser parcelada em 5x na maioria dos casos), e pelo menos mais uns 3 mil reais.
- Se for viajar por agência, procure uma bem conhecida e que tenha bastante feedback na internet de pessoas que já viajaram por ela. Comece a planejar pelo menos um ano antes. 
- Se for sem agência, como eu, pesquise sobre a imigração, sobre o tempo permitido para você ficar como turista (varia de país para país, mas geralmente é de 3 a 6 meses), se é preciso pedir visto antes de ir ou não, preços de acomodações, sistema de transporte da(s) cidade(s) e faça orçamentos, sempre arredondando para mais. Comece a se preparar com bastante tempo de antecedência, e PESQUISE MUITO!
- Se for especificamente para Londres, há muitas atrações grátis, caso queira fazer um roteiro de baixo custo.
- A maneira mais barata de viajar pela Europa não é de trem, mas de avião. Empresas como a Ryanair e a Easyjet possuem vôos de até 0.00 euros! Você só paga a taxa de embarque. Claro que para isso, só pode viajar com uma bagagem de mão.
- Acompanhe sempre a cotação do dólar, vai ser sempre muito importante. A libra esterlina costumava ficar na casa dos R$6, e agora tá menos de R$3! Dedos cruzados para cair mais!
- Pense bem se é isso que você quer, pois é algo grande, exige muita preparação e sacrifícios.

Eu morei em Londres, mas conheci cidades do interior, e sugiro que você não fique só na capital. Se possível, conheça a Escócia, País de Gales e a República da Irlanda (ao sul). Se estiver com um orçamento mais folgado, vá para St Pancras em Kings Cross (é, a estação do Harry Potter) e pegue um trem Eurostar, que vai por baixo do Canal da Mancha até França, Bélgica, Alemanha, Suíça ou Holanda, e tem ida e volta por menos de £200.

A Inglaterra é o lugar para você se você gostar de castelos, museus, história, monarquia, Beatles, Oasis, Sex Pistols, Harry Potter, As Crônicas de Nárnia, Orgulho e Preconceito, moda, mistura de culturas, sotaques, musicais, teatro, e principalmente, de inglês! Se você achar mesmo que é o seu lugar, não se deixe abater por nada, corra atrás, é possível!

* Caso você queira saber mais sobre como foi quando a Geovanna ficou na Europa, clique aqui e visite o blog dela

TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

5 comentários

  1. Oi, eu estou louca para fazer o intercambio e estou cheia de dúvidas entrei no blog da Gi e amei! haha mas eu continuo com as dúvidas... Por isso eu quero saber como entrar em contato com a Gi por e-mail.... vcs podem me ajudar??
    beijos, lu

    ResponderExcluir
  2. Oi Luana! Pode me mandar suas dúvidas por e-mail, que eu tento ajudar no que puder.
    gege.giannini@gmail.com

    xx

    ResponderExcluir
  3. Um dos lugares que eu mais quero visitar! Seja por intercâmbio, turismo, infiltrada, pela mala de alguém... de qualquer forma eu fico feliz ;P

    Realmente um dos lugares mais legais do planeta *w*

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com

    ResponderExcluir
  4. Hey,

    Wow, ótimo post! Inglaterra é meu sonho *-*

    Abraços,
    Yago.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post e as dicas! Verdade, a Inglaterra é o sonho de MUITAS pessoas, e com certeza sou uma delas. Só estou esperando ter mais idade para poder, de fato, morar um tempo sozinha na Inglaterra e ter uma experiência tão legal quanto a da Geovanna! Adorei, adorei, adorei!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *