Qual edição de Peter Pan comprar?

5.5.07João Pedro Gomes

Então. Fizemos uma pequena análise de três edições de “Peter Pan” para ajudar vocês a escolherem qual comprar. Olha só como somos gentis, leitores. 
A primeira avaliação é da Michelle Gimenes, da equipe aqui do blog. Ela fala sobre “Peter Pan e Wendy seguido de Peter Pan em Kesington Gardens”, da L&PM Pocket.

Clique aqui para ver a imagem da capa
A edição da L&PM Pocket traz duas histórias: “Peter Pan em Kensington Gardens” e “Peter e Wendy”. A primeira foi publicada em 1906 e é um trecho do romance para adultos chamado “The Little White Bird”, que também virou a peça “Peter Pan, or the Boy Who Wouldn’t Grow”. A segunda foi publicada em 1911 e é a transformação dessa peça novamente em romance, sendo popularmente conhecido apenas como “Peter Pan”.

Avaliação:
Ilustrações (capa e interior): 3,5 – O livro não tem ilustrações internas, mas a imagem de capa é bonita.
Qualidade do Papel: 4 – Folhas brancas, agradáveis ao toque e de gramatura não muito fina
Diagramação: 3 – Por ser uma edição de bolso, a fonte é pequena.
Capa: 3 – Simples, sem orelha
Nota Final: 3,5

Comentários finais:
“Embora simples, a edição é boa. Mesmo sem prefácio, ela possui uma biografia resumida do autor, duas histórias em um livro só, um preço muito bom e um formato fácil de carregar. Só a fonte pequena e a falta de ilustrações diminuem a qualidade da edição.
Se o objetivo for apenas conhecer a história sem gastar muito e ter um livro prático para levar pra qualquer lugar, recomendo muito. Se o intuito for colecionar, é melhor optar por outra edição.”

Dá vontade de comprar essa edição da L&PM só por essa capa, né? Adoro o estilo dela. Mas enfim, vamos para a próxima avaliação. Ela foi gentilmente feita pela Lígia Carneiro, do blog Ourives das Palavras, que avaliou “Peter Pan e Wendy”, a edição da Companhia das Letrinhas. 

Essa edição consiste no texto integral do romance que o autor, James Matthew Barrie, baseou na peça Peter Pan, também de sua autoria. A edição em questão adaptou o título original da primeira publicação (Peter & Wendy), de 1911. Conta com (belíssimas) ilustrações de Michael Foreman e tradução de Hildegard Feist.


Avaliação: 
Ilustrações (capa e interior): 5 – Ilustrações bonitas e coloridas (inclusive as de dentro do livro).
Qualidade do Papel: 5 – Folhas de excelente qualidade, feitas de papel couché.
Diagramação: 5 – Letras grandes e fonte agradável.
Capa: 4 – Capa bonita e de boa qualidade, além de ter orelhas (só não avalio com 5 por não ser hardcover).
Nota Final: 4,8


Comentários finais:
“A única coisa que faltava para essa edição ser perfeita era uma capa dura – porque o livro é lindo. Ilustrações maravilhosas aparecem de tempos em tempos quando se lê, a fonte é de um tamanho ótimo e o papel é o melhor possível. Os materiais extras estão no final e são apenas uma nota sobre a vida do autor e um texto falando do hospital infantil para o qual os direitos autorais foram doados, ambos curtos e interessantes. Eu, particularmente, acho a tradução genial. Sou suspeita por falar porque não tive chance de ler o original em inglês ainda, mas o que se pode perceber é que a tradutora conseguiu manter o principal propósito do livro: ser uma leitura destinada a crianças. Publicada pela Companhia das Letrinhas, e não pela Companhia das Letras, foi por essa mesma edição que me apaixonei quando tinha dez anos de idade. Porém isso não significa que seja excessivamente infantil – Peter Pan é meu livro preferido até hoje.”

Muito obrigado pela colaboração, Lígia! Agora, última avaliação. Adivinhem quem fez? Adivinhem? EU, JOÃO! Porque o melhor sempre vem no final e... Não. Vamos para os comentários de “Peter Pan – edição definitiva, comentada e ilustrada”, da editora Jorge Zahar.



Avaliação: 
Ilustrações (capa e interior): 5 – As ilustrações – que, se não me engano, vieram da primeira edição do livro –, embora poucas, são todas muito bonitas. E a imagem da capa é minimalista e totalmente adorável. 
Qualidade do Papel: 5 – Papel pólen de boa gramatura.
Diagramação: 5 – Letras em tamanho adequado e bom espaçamento.
Capa: 5 – Capa dura e fosca e linda e incrível e ...
Nota Final: 5

Comentários finais:
Não há o que dizer dessa edição. Ela é maravilhosa, mesmo. Tem um prefácio de vinte páginas, mais ou menos, que traz uma pequena biografia do autor e análise da simbologia de personagens, diálogos e cenários. A capa é muito bonita (mais ainda ao vivo), e o livro em si tem um acabamento maravilhoso. As ilustrações antigas dão o toque final. Recomendo a todos que comprem, principalmente se quiserem uma edição de colecionador em português. Acreditem, o preço é bem justo pela qualidade do livro e fiquei totalmente satisfeito com a compra.

Para quem se interessar, também encontrei na internet uma avaliação de “Peter Pan” da editora Salamandra. Vocês podem conferir aqui.

Quem tiver alguma edição em casa e quiser comentar aqui no post ou no facebook sobre a edição, fique à vontade! Quanto mais opinião, melhor.

Enfim, acabou, amiguinhos! Gostaram desse guia de compras? É bom vocês terem gostado, porque deu trabalho pra fazer e.  Todas essas análises acabaram atrasando um pouco o envio, então pedimos desculpas. Mas esperamos que isso tudo tenha valido a pena e que, acima de tudo, tenha sido útil para alguns de vocês. 

Abraços!
- João, organizador do Charlie's. 





Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Muito obrigado pela matéria, estava recentemente numa fase "Peter Pan", vendo todos os filmes, e estava curioso em ler o livro, mas estava em dúvida sobre qual versão comprar, porque Peter Pan é o tipo de livro que se você procurar por aí, você encontra mais versões infantis do que qualquer coisa. Acho que vou comprar a versão da L&PM Pocket, por conter tanto a "história de origem" quanto a "história principal".

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *