assexual assexualidade

Esclarecendo algumas dúvidas sobre assexualidade

25.10.18Isabelle Fernandes


A gente sabe que assexualidade é um conceito difícil de ser visto por aí, e mais difícil ainda (pra não dizer impossível) de se achar fora do mundo virtual. Então é natural que haja trocentas milhões de dúvidas e questões que não só alo como também nós, aces, temos dificuldade de entender. Então separei algumas perguntas bem comuns que aparecem e suas possíveis respostas pra ver se dá uma luz.

OBSERVAÇÃO: as respostas foram pensadas por mim, o que não significa que seja a opinião geral de todos os assexuais do planeta terra. Inclusive quem tiver uma resposta diferente a acrescentar fale nos comentários!!!!

Como assexuais podem gostar de sexo se não sentem atração sexual??

Bom, vamos por partes.

Em primeiro lugar, a assexualidade é um espectro, ou seja: vai da área cinza até os estritos. Isso significa que tem gente nesse meio que sente atração sexual, só não é na mesma frequência/intensidade que as pessoas alossexuais ou então é condicional a algum contexto. Acho que só isso responderia a pergunta HAHAHAHAHA mas também tem outra coisa. 

Esse gráfico do Assexualidade Brasil é ótimo pra mostrar o que é o espectro

Beijos, carícias, sexo, tudo isso é comportamento - e comportamento não depende só da atração pra acontecer. Todas essas coisas em geral evocam prazer e sensações boas, e nós seres humanos somos movidos a prazer HAHAHAHAHA. Então não é de se espantar que mesmo que a pessoa não sinta o ímpeto de fazer, ela QUEIRA fazer porque sabe (ou pelo menos espera) que seja bom. Assim como também o comportamento pode ter um significado diferente pra cada pessoa e em cada momento. Enquanto algumas pessoas encaram o contato sexual como uma forma satisfazer uma necessidade, outras podem ver como uma expressão de afeto, uma forma de conexão com o outro, por aí vai. Pode acontecer de rolar todos esses significados de uma vez só, ou ter épocas que um fica mais premente do que o outro. E isso vale pra todo mundo, alos e aces.


Qual é a diferença entre ser alo e ace se as pessoas alossexuais não sentem atração sexual 100% do tempo??


Tá aí uma boa questão HAHAHAHAHAAH. Quando a gente fala de frequência , queremos dizer que enquanto na adolescência a maioria dos amigos tá falando sobre sexo, brincando sobre sexo ou mesmo fazendo sexo, a gente tá tipo "ok.....what's the big deal??". Enquanto a maioria das pessoas fala sobre como muitas vezes é difícil se controlar na hora dos amassos, a gente fica tipo "mas que dificuldade é essa?". Enquanto a maioria das pessoas com pelo menos 18 anos em diante nunca sequer duvidou sobre a atração que sente por algum gênero (mesmo que a pessoa não seja hétero, na maioria das vezes ela SABE que se atrai por outros gêneros), a gente se pergunta porque diabos não conseguimos gostar de alguém "DESSE" jeito.

Sim, a assexualidade é definida pela ausência ou pouca frequência de atração sexual, mas ser ace tem impacto na vida social, afetiva e psicológica, não se limita ao campo sexual. Quem é assexual SABE que não se sente da mesma maneira como as outras pessoas mostram sentir, e isso faz a gente passar ANOS se perguntando que caralhos tem de errado com a gente.

E mano, isso é muito complicado viu


Por que existe o termo demissexualidade se muitas pessoas só fazem sexo com quem gostam/se relacionam? E isso de área cinza, não seria "normal"?


Porque ser demissexual tem a ver com a ATRAÇÃO, e não com o comportamento. Uma pessoa alossexual pode considerar o sexo algo muito importante afetivamente e escolher só fazer depois do casamento, por exemplo. Só que invariavelmente ela vai sentir atração sexual por alguém, né? Ela apenas tomou a decisão de não ir pros finalmente antes da hora. Já a pessoa demi NÃO SENTE ATRAÇÃO se não tiver algum tipo de ligação com a pessoa em questão. Claro que isso de criar laços vai de cada um: tem gente que se vincula com mais frequência do que outras, tem gente que consegue sentir atração já com uma amizade, outras só com amorzin, enfim. A questão aqui é que pessoas demissexuais só sentem atração de forma CONDICIONAL, ou seja, depende da existência de algum vínculo com o outro.

Sobre a área cinza (ou gray-a), a lógica é parecida. A diferença é que as condições pra existência de atração sexual são mais diversas, e muitas vezes ela acontece raramente ou com pouca intensidade. Também tem o fator QUERER FAZER ALGO A RESPEITO, muitos gray-a até sentem atração mas sentem vontade de colocar em prática. Enfim, a área cinza é REPLETA de possibilidades e inclusive existem várias identidades aí no meio que especificam melhor isso. De toda forma, dá pra notar que é algo completamente diferente da alossexualidade, né?

"Ah, se for assim um bando de gente tá na área cinza da assexualidade"

QUE BOM, NÉ? HAHAHAHAHAHAHAHHA. Olha gente, vamos combinar::: vocês acham mesmo que a assexualidade só corresponde a 1% da população? SÉRIO? O mundo trata a assexualidade como exceção e joga a sexonormatividade na nossa cara o tempo inteiro, mas e se na verdade o espectro ace é a regra, hein??? Nunca se sabe.



Bom, por enquanto é isso. Caso você aí tenha mais questionamentos ou respostas, vamo que vamo!!!


E VIVA A SEMANA DA VISIBILIDADE ACE!!!


TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM