astrologia CCConversa

Astrologia é muito mais que o signo solar

18.6.18João Paulo Albuquerque


Não tem muito tempo que fiz um curso de três dias de uma astróloga famosa, Claudia Lisboa, e não só aprendi muito, como também confirmei o que já sabia: signo solar não é nada sem o resto do mapa. Só o signo solar não dita quem você é, mas uma pequena porcentagem do que você tem.

Devo ter estragado a visão de muita gente sobre Astrologia agora, mas Astrologia é muito mais que o Signo Solar e a gente esquece disso. Ela é um estudo milenar (e para alguns até espiritualidade) e deve ser encarado como tal. Mas não é porque é estudo que é difícil, na verdade é muito gostoso de estudar quando se tem uma pessoa entendida guiando seu ensinamento. E nesses poucos dias que tive de aula, aprendi muito e consegui colocar isso na minha vida, sabe? Deu pra entender pontos importantes de convivência e coisas que às vezes tu não entende sobre si mesmo. Infelizmente depois veio o curso completo que era pago e não dava para mim, então não deu pra continuar.

Mas decidi que seria legal passar o conhecimento adiante, explicar algumas coisinhas só pra vocês não acharem que "ah, tu é de áries, tu é muito impulsivo e tem muita raiva...", já que não é assim que funciona.

Primeiro: Seu signo solar, é o signo iluminado. Era quando o sol estava nesse signo no exato momento em que nasceu. E por seu signo solar ser iluminado, ele tem um oposto que é a sombra, onde você tem que aprender a iluminar, para encontrar um equilíbrio. São seis eixos de polaridades:

1º- Áries (que significa Impulso, Iniciativa) x Libra (Equilíbrio, Diplomacia): Em Áries falta diplomacia, saber se medir; enquanto em Libra falta pensar mais em si próprio, saber quem é.

2º- Touro (Materialidade, Valorização) x Escorpião (Transformações, Transição): Em Touro falta desenvolver desapego, enquanto em Escorpião, desenvolver doçura e dar mais valor.

3º- Gêmeos (Troca, Curiosidade) x Sagitário (Busca, Aprofundamento): Gêmeos precisa desenvolver foco e quando se interessar por algo, tentar fazer com que esses interesses andem juntos para não dispersar; enquanto Sagitário precisa desenvolver flexibilidade.

4º- Câncer (Afeto, História e Memória) x Capricórnio (Pragmatismo, Disciplina e Perseverança): Câncer precisa desenvolver a disciplina para o presente com planejamento, enquanto Capricórnio precisa desenvolver tempo para si e com os outros, além de flexibilizar os limites afetivos.

5º- Leão (Força Vital, Imposição) x Aquário (Irradiação, Coletividade): Leão precisa aprender a se lembrar que faz parte de um coletivo, enquanto Aquário precisa olhar para si como parte singular especial de um todo.

6º- Virgem (Critério, Observação) x Peixes (Síntese [através de silêncio e reflexão], Intuição): Virgem falta desenvolver visão do todo, calçar a sandália do outro - empatia -, enquanto Peixes precisa desenvolver a paridade crítica e sentido de organização.

Em segundo: Após fazer seu mapa (aqui), você vai calcular quantos pontos você tem de cada elemento (Elementos tem a ver com como nos sentimos, comportamos e expressamos. E são quatro [os principais], Fogo, Terra, Ar e Água):

O valor total tem que dar 24, divididos assim:


Sol, Lua, Ascendente e Meio do Céu: 3 pontos cada.

Mercúrio, Vênus, Marte e Júpiter: 2 pontos cada.

Saturno, Urano, Netuno e Plutão: 1 ponto cada.

E por serem quatro elementos, em cada grupo temos três:

Fogo: Áries, Leão e Sagitário.

Terra: Touro, Capricórnio e Virgem.

Ar: Gêmeros, Libra e Aquário.

Água: Câncer, Escorpião e Peixes.

Se após a contagem algum elemento ficar de 0 à 3 pontos, está fraco. Se ficar de 4 à 8, está no equilíbro. Se ficar de 9 pra cima, está em excesso. Isso quer dizer o quê?

Se tudo estiver em equilíbrio, isso te ajuda a lidar com as coisas que encontrar no caminho da vida, enquanto se estiver em falta e excesso também influenciam, mas não pra melhor. Então para equilibrar, caso você esteja com falta em fogo, o recomendado é deixar entrar luz solar na casa e fazer exercícios físicos pra movimentar essa energia dentro de você. No excesso de fogo, o melhor a ser feito são esportes coletivos e esportes que tragam disciplina (como artes marciais). 

No caso de falta de terra, o uso de ferramentas que auxiliem a organização ou parceria com alguém que ajude na organização ajudam muito, enquanto que no caso do excesso, o melhor a ser feito é psicoterapia e atividades criativas que assim possam estimular as percepções mais sensíveis (e seja na falta ou excesso, a dança é ótima pra equilibrar).

Para ar, o excesso gera uma mente inquieta e hiperativa, então as práticas meditativas de atenção plena e regular o sono podem ser ótimas. Na falta, estude temas que interessem a você, assim como leitura e atividades culturais diversas. Para finalizar, água. No excesso, psicoterapias e análise, assim como trabalhos repetitivos e contatos com a terra podem ajudar a equilibrar. Na falta, o melhor a ser feito é a prática de atividades artísticas para ajudar a auxiliar e acessar as emoções, expressões e contato, equilibrando.

No meu caso, deu excesso de água (o que me explicou muita coisa) e falta de fogo (o que fez um puta sentido).

Para finalizar, terceiro: Modalidades. Em resumo, as modalidades meio que descrevem como agimos, como que o nosso comportamento (elemento, lembra?) se coloca. Temos três modalidades com quatro signos em cada (perceba que cada um é de um elemento):

- Cardinal (é o início, é o impulsivo, movem a iniciativa, intuição para agir): Áries, Câncer, Libra e Capricórnio.

- Fixo (é o meio, a estabilidade, segurança e controle): Touro, Leão, Escorpião e Aquário.

- Mutável (é o fim, mudança, poder de adaptação. Ensina a perceber novas oportunidades e fazer conexões): Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes.

Se você tem Cardinal dominante no mapa natal, então costuma iniciar, age e não espera. Na falta, realmente falta iniciativa (o que pode prejudicar em muitos casos). No excesso, nunca termina nada e seu impulso te queima (figurativamente né, galeris ODKSODKSDOK). Caso Fixo seja o dominante do seu mapa, você gosta de estabilidade, segurança e controle. Dificilmente sai de algo seguro. às vezes pode prejudicar se for em excesso, já que fica refém do controle. Na falta, muitas vezes são incertos e sem estabilidade.

Por fim, mas não menos importante, se Mutável for dominante, você está sempre podendo se adaptar (mesmo nas merdas), analisando as chances e mudando. No excesso, pode gerar inconstância, então o melhor é fazer escolhas que tenham conexões. Na falta, precisa de mais jogo de cintura, então estude possibilidades e conexões.


Obs: esse texto foi feito com base no que estudei e o que aprendi no curso da Claudia Lisboa, basicamente isso é tudo que eu entendo de astrologia (mas aos poucos vou aprendendo mais, pesquisando e tentando compreender mais). E se você for um cético em relação à Astrologia, eu te entendo, eu também era, agora tenho minhas dúvidas de que talvez isso de fato tenha correlação com quem somos (mas não creio que interfira no meu destino, isso sou eu quem escrevo), mas mesmo que você duvide ou não creia, não custa nada aprender mais. :)

TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM