A Forma da Água Ariel Carvalho

INTENSIVÃO DO OSCAR: Melhor Filme (parte 1)

3.3.18Conversa Cult



Hoje começamos a falar sobre a categoria principal da noite: Melhor Filme! Tem aqueles filmes que foram injustamente esquecidos no churrasco e não foram indicados (alô Projeto Flórida, alô Mulher Maravilha), mas temos grandes indicados esse ano (e outros nem tanto, mas né). Vem conferir!

Corra!



Carol: MEU DEUS DO CÉÉÉU. QUE FILME. QUE. FILME. "Corra!" foi lançado há mais de um ano (24 de fevereiro de 2017, nos EUA), e só pelo fato dele chegar nas premiações super forte, mesmo passado todo esse tempo, já dá pra perceber que ele é diferente dos outros. Você vai assistir achando que é outro terror qualquer, mas é um tapa na tua cara que cê nem tava preparado, só percebe quando já foi. Jordan Peele fez um trabalho fenomenal na direção e no roteiro (ambos ao qual ele está indicado) e eu tô feliz demais que o Daniel Kaluuya foi indicado a melhor ator, porque a atuação dele é sensacional. Não tem um monstro feio ou um demônio no filme, mas você assiste tenso, quando percebe, tava prendendo a respiração ansioso. Recomendo demaaaais.

P.S.: Eu sou muito cagona pra filme de terror, mas mesmo assim assisti e amei. Se você tem probleminhas com filmes de terror, pode assistir de boas.


Jota: Só decidi ver depois que a Carol citou ele no grupo do whatsapp. Ela falou que era de boas até mesmo pra quem se caga só de pensar em filme de terror e devo concordar, realmente foi leve. Não que você não passe o filme todo apreensivo, já que né, tá na categoria de Terror, óbvio que tu vai pensar que a merda tá vindo e tu não tá preparado, por isso que vi o filme com o volume no máximo e com fones no ouvido tocando músicas diferentes (em geral, Disney, amém esperança). O filme é realmente muito bom e cheio de crítica, MESMO, me fez reparar e analisar várias questões que ainda acontecem na nossa sociedade racista. Passei boa parte berrando com a Taiany e a Carol? Pode crer. Foi bem divertido e olha, pra um primeiro filme de Terror, esse foi excelente!

Taiany: Quando eu vi que Daniel Kaluuya tava concorrendo ao Oscar de Melhor ator, comecei a torcer pra ele sem nem saber em que filme o rapaz estava. É que ele passa alguma coisa, não sei exatamente o que é, mas tu fica vidrado nele e parece sentir o que ele sente. Acho que já dá pra ter uma ideia de pra quem eu to torcendo nessa categoria. HAHAHAHAHHA Também não ficaria nada decepcionada se ganhasse a Melhor Direção, mas uma coisa de cada vez.

Eu amo filmes de suspense (esses chamados filmes de Terror que eu fico :/ Pra mim é suspense gente), infelizmente a idade me fez cagona, e enquanto com meus 12 anos eu só assistia isso, hoje quase não acontece. Só que quando ocorre é de ARREPIAR OS PELOS DO C*. Apesar do nome do filme ser Corra! você logo baixa a guarda porque os primeiros minutos são até fofinhos, no entanto, não muito depois, há uma sucessão de acontecimentos estranhos que te fazem ficar apreensivo e ao mesmo tempo se questionando se são realmente estranhos ou você quem tá imaginando coisas. E eis que DO NADA, não dá mais pra piscar.

Eu gritando a Carol no whatsapp 


O Destino de Uma Nação



Carol: Sendo coerente com o Intensivão do ano passado, onde não assisti Manchester à Beira Mar devido às denúncias de abuso sexual contra o protagonista Casey Affleck, não assistirei também O Destino de Uma Nação devido às acusações de violência doméstica contra o protagonista Gary Oldman.

Dunkirk



Ariel: EU ODEIO FILME DE GUERRA. Mas eu estava cheia de vontade de ver esse filme quando arrastei meu namorado pro cinema, até porque o elenco era incrível e o Nolan quase nunca me decepciona. Então lá fui eu e... foi MARAVILHOSO!

Fiquei nervosa o filme inteiro, e o fato de ter visto no cinema com o som em volta de mim foi um extra fantástico. A trilha e a edição de som do filme te deixam muito nervoso, porque você fica antecipando as cenas desesperadoras que vão acontecer. E eu adoro que o filme foi baseado numa história real, é muito doido isso!

Carol: Então, a princípio eu não estava empolgada pra ver esse filme. Apesar de gostar de filme de guerra, eu fiquei "Tá, eles vão buscar os caras na praia. E aí?".Já sabia que tinha sido baseado em uma situação da Segunda Guerra Mundial, mas eu não sabia que eles tinham que resgatar 400 MIL PESSOAS. Quando eu descobri isso me prendeu mais e quis saber como terminava. A parada que eu mais gostei no filme foi o encaixe cronológico que ele fez. Primeiro tu fica UÉ aí depois fica AAAAAAAAAH TÔ ENTENDENDO AGORA. Destaque pra trilha sonora, que me fez ficar enjoada de tão nervosa. Ah, e o filme é alto. Bastante alto. Se você puder diminuir o volume, faça.

Eu diminuía e aumentava o volume o tempo todo.

A Forma da Água


Ana: Tá na hora do Guilhermo Del Toro levar algum Oscar de direção, não é mesmo? “Mas Ana, o que faz ‘A Forma da Água’ melhor que ‘Lady Bird’?”. Então, na questão cinematográfica de filme em geral: Roteiro, Direção de Arte, Fotografia, Direção “A Forma da Água” é muito mais completo do que “Lady Bird”.

A direção de arte desse filme é absurda. A direção idem (eu sou meio suspeita para falar porque eu sou apaixonada pelo Del Toro)! O trabalho de Sally Hawkins como Elisa é lindo. Cada cena dela eu ficava embasbacada com o poder de atuação dela e como ela conseguia transmitir todos os sentimentos de Elisa para o público. Inclusive, acho que o Oscar de melhor atriz deveria ser divido entre Sally Hawkins e Frances McDormand (Três Anuncios Para um Crime).

Bells: AI MEU DEUS QUE COISA FOFA!!!! Nunca imaginei que acharia adorável um homem peixe e uma humana se envolvendo romântica e sexualmente HAHAHAHAHA. Eu amei tudo nesse filme, desde a trilha sonora até o final feliz, graças a deus. Apesar dos momentos tristes e revoltantes, a história é contada de uma forma tão fofa que você termina o filme suspirando, sei lá.



Carol: Esse filme é de uma delicadeza sem fim. As atuações, a trilha sonora, a história, tudo se encaixa de uma forma tão apaixonante, que, ARGH, NEM SEI. Eu não tenho o que falar mais além de "é fofo, é lindo". É o equivalente cinematográfico de estar na cama com frio e alguém te cobrir com um cobertor. Merece todas as indicações (13, o filme mais indicado desse ano). Fico em dúvida se estou torcendo pra esse porque tenho outros xodós, mas o Guillermo Del Toro merece tanto que eu às vezes eu acho que merece ganhar só por ele mesmo (e pelo filme, claro, que é muito bom).



Eduardo: O filme é lindo, diferente e tem toda uma dinâmica bem peculiar. Me encantou justamente por causa dessa última característica apesar do roteiro não ser assim tão UAU! É um filme muito bonito e com uma dinâmica espetacular entre os personagens principais, mas não seria a minha escolha para ganhador do melhor filme.

Taiany: QUE FILME AMORZINHO É ESSE MINHA GENTE! O filme é tão sutil, tão delicado, mas ao mesmo tempo, há uma brutalidade que destoa dá forma como a personagem principal vive. E por falar nela, MEU DEUS ISSO QUE É ATUAÇÃO. A mulher passa toda a emoção da personagem através das expressões faciais, e em nenhum momento a confundimos com uma pessoa pueril. Ali temos uma mulher que deseja, que desperta desejo e que com seu jeito meigo se mostra uma força a ser respeitada. O filme tinha tudo pra parecer bizarro, afinal é a história de uma mulher e um "homem peixe" que se envolvem emocional e fisicamente, e não é como um filme infantil onde isso passa batido. Entretanto, logo de cara a gente já fica suspirando para que o amor vença tudo. Acho que todo mundo vira um sonhador apaixonado com esse filme e nada mais justo que torcer para que ele leve a estatueta.

***

E aí, assistiram algum dos grandes principais da premiação? Quais? Tá torcendo pra quem? Fala aí! E continue acompanhando esses dias de Intensivão do Oscar aqui no CC!

TAGS: , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM