Ariel Carvalho CCIndicação

Justiceiro: a maior aposta da Netflix em 2017

29.11.17Ariel Carvalho


Há quem diga que Stranger Things foi a melhor série da Netflix em 2017. E há quem tenha visto Justiceiro.

Obviamente, as duas séries têm propostas e pegadas completamente diferentes, e não podem ser comparadas, mas o hype em cima da segunda temporada de Stranger Things foi gigantesco e, mesmo assim, Justiceiro conseguiu ser melhor em números.

Justiceiro é uma série de guerra, antes de mais nada. É aquela série que tem violência gratuita sim, que tem sangue para todos os lados e é uma série muito cheia de homens brigando e gritando e tentando se matar. Mas é mais do que isso. Frank Castle não tem carisma nenhum, está sempre de cara fechada e putaço com a vida, e tem aquela feição que diz que, caso você queira mexer com ele, vai se dar bem mal. Mesmo assim, você se pega totalmente envolvido na história de Frank, torcendo por ele e esperando que ele se safe das merdas que acontecem.

É uma série totalmente diferente do que a Marvel vinha fazendo com a Netflix – sério, Demolidor é brincadeira de criança perto do nível de sangue de Justiceiro -, e é uma pausa bem vinda do Punho de Ferro Imortal™ e dos dilemas morais dos Defensores.

Frank Castle sabe muito bem que ele não é bonzinho, e não está tentando salvar ninguém porque quer se prestar a ser um herói: ele só tenta, na medida do possível, fazer o que é o (mais) certo.

Além dele, os personagens coadjuvantes são maravilhosos. Sem dar spoilers, o personagem que é o “dos computadores” parece, de fato, saber o que está fazendo, e não só digita coisas aleatórias num teclado *cof* Felicity Smoak *cof*. Dinah Madani, uma das principais, é uma mulher múltipla que não tem só o trabalho ou só a vida pessoal, que gosta de sexo ao mesmo tempo em que se preocupa com as mortes de seus colegas de trabalho. E tem Billy Russo, que não posso dizer nada que não vá estragar toda a série para você, mas é um dos melhores papéis do Ben Barnes (e não tô dizendo isso só porque ele aparece de bunda de fora).


Se você curte pancadaria e emoções conflitantes, essa é a série para você (é sério, eu chorei muito).

TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM