CCAnálise CCConversa

Mini Posts: Que tipo de masculinidade eu quero?

18.9.17João Paulo Albuquerque


Após uma madrugada acordado escrevendo e vagando pelo facebook, eu vi um vídeo maravilhoso de um garoto trans, e já fiz um texto baseado nesse vídeo, mas com esse eu quero falar de outro assunto, no caso, a masculinidade e como eu a desejo... Como nós deveríamos desejar ela.

O símbolo da masculinidade é o 'ser macho', mas masculinidade é uma palavra feminina e tudo que é considerado minimamente feminino é considerado motivo de chacota. Ser macho é você ser grosso, bem perto de mal-educado, não ser sensível ou emotivo, não ter o que é tido como 'trejeitos femininos' = certos modos de andar, falar, se portar... Ser macho é você ser tudo que não seja lido como feminino.

Isso é uma visão tão doente, mas tão doente, que praticamente diz que se você sente algo além de raiva/ódio, você não é másculo/homem. Ou seja, isso literalmente diz que ser mulher é uma piada e até mesmo repulsivo. E com isso, fica fácil você perceber por onde o machismo anda, e se você tem alguma dúvida, eu te falo: em todo lugar.

Eu quero uma masculinidade que reconheça que ser mulher não é piada/repulsivo/qualquer coisa negativa. Quero uma masculinidade que ser afeminado, não seja lido como algo para chacota, ou que o meu modo de falar seja repreendido, ou o modo como me porto com minhas mãos não me rendam tapas nelas. Quero uma masculinidade que eu possa expressar toda a emoção que sou ensinado por essa sociedade a guardar. Quero uma masculinidade que não desqualifique meu gênero, seja qual ele for. Quero uma masculinidade que ensine que ser homem não tem nada a ver com modos de se portar, expressar. Quero uma masculinidade que eu possa ser livre.


TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *