CCConversa CCdiário

Minha história com Supernatural

17.9.17João Paulo Albuquerque


Minha história com Supernatural é bem engraçada, afinal, eu sempre "conheci" a série e sempre vi muita gente falando bem e minha curiosidade falava 'E-P-A', mas eu sempre fui muito cagão medroso e saber que a trama se desenrolava no lance de demônios, lendas urbanas e o caramba a quatro, me impedia de começar de fato. Mal sabia eu que começaria a apreciar essas lendas...
Eu comprei o box da primeira à nona temporada em março de 2015, com o dinheiro que juntei do meu aniversário. O box chegou dia 25 e - se não me engano - teve uma semana de datas comemorativas que juntou com reuniões dos professores, então eu comecei a ver a série. Porém, logo depois que as aulas voltaram normalmente eu só tinha os fins de semana para ver, cujo acordava cedo só para aproveitar a sala pra mim.

Não vou mentir falando que logo no primeiro episódio eu não me assustei, porque me assustei sim, mas o que mais me traumatizou foi o da Bloody Mary, provavelmente igual todos os fãs da série.


O que me levou a comprar o box foi o episódio dos insetos em território indígena. Foi um golpe de sorte, e uma atitude impensada que eu fico feliz de não ter pensando antes de comprar. Porque veja assim, eu nunca tinha assistido a série, era basicamente tratado de coisas que me davam medo (sim, eu era essa porcentagem que tinha medo) e se eu não gostasse? O que eu faria? Mas não pensei nisso e teve um tempo que eu parei lá pela quarta temporada e só pude voltar a ver em Junho, onde acabei todas as temporadas do box.

No começo da série eu conheci Wincest (é impossível você começar e não saber sobre) e não cheguei a shippar eles, mas cheguei a conhecer os desenhos, algumas pessoas que gostavam e assim foi, mas sim, eu sabia que Castiel entraria na história e já sabia que existia o ship Dean x Cass. O engraçado é que naquele ano eu ainda não conhecia a fundo o fandom e ainda não havia me metido em briga com Wincest Shipper ou Bibro (realmente não sei explicar direito o que é bibro, mas em sua maioria elas não gostam do Castiel e queriam ele morto).

Com o tempo, enquanto ia conhecendo a série, os atores, shipps e tudo mais, eu percebi que tinha algo entre o Dean e o Cass e sem perceber, fui shippando, pesquisando e tudo mais, eu realmente melhorei muito dois anos depois... e nossa, já faz tanto tempo! (Salto no tempo: agora cá estamos com Destiel, na sofrência nossa de cada dia <3)


Com o tempo, eu fui amando os atores e seus personagens, aprendi mais sobre e com a série, também a critiquei pelo descaso em algumas coisas (como assassinato livre de mulheres). E principalmente, Supernatural me trouxe tantas coisas... Desde minhas pesquisas e conhecimento, até amigos.

Se vocês soubessem o quanto essa série me fez chorar, rir, ficar como um bobo apaixonado... Foram tantas coisas, e pensar nisso para escrever foi muito bom. Acho que a mensagem além de ser minha história com SPN, é também que essas coisas (séries, livros, etc) tem impacto na vida real.

Percebi que tenho sim séries favoritas, e uma delas é SPN. E apesar dos pesares (tretas por desrespeito e etc), fico feliz de fazer parte desse fandom. <3


TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *