camp nanowrimo CCEscrita

Clube de escrita: PARTIU CAMP NANO

2.7.17Isabelle Fernandes


E AÍ, PESSOAL!!!! Julho tá aí e com ele temos o maravilhoso Camp Nano, um mês inteiro pra se dedicar exclusivamente à escrita e alcançar a sua meta pessoal. E como não poderia deixar de ser, também estou de volta com os Clube de Escrita todos os domingos contando um pouco das minhas glórias e desventuras nessa jornada maluca que é a escrita HAHAHAHAHA.

Assim como no camp nano de abril, nesse podemos personalizar a nossa meta e dessa vez eu decidi ir com calma e botei 10.000 palavras. Meu objetivo agora não é escrever a história inteira, é só conseguir escrever todo dia e me sentir produtiva, sentir que tô caminhando nela e que tô desenvolvendo o hábito de escrever. Então acho que uma meta diária de 323 palavras é bem motivadora, porque tu olha pra isso pensa "PELO AMOR DE DEUS, É CLARO QUE EU CONSIGO ESCREVER TREZENTAS PALAVRAS POR DIA!!!

VAI SAIR DA JAULA O MONSTRO
Mas aí ontem, primeiro dia de julho e primeiro dia de camp nano já dei de cara com possíveis empecilhos: tinha chamado as meninas pra dormir aqui em casa e quando isso acontece minha avó fica POSSUÍDA pela ideia de dar uma faxina geral e sair lavando tudo. Claro que tive que ajudar, tive que fazer comida e no meio disso tudo eu já tava meio desesperada HAHAHAHAHAHA parecia que eu ia começar o mês já indo mal. Porém deu tudo certo, consegui separar uns 45 minutos e pelo amor de deus, só trezentas palavras!!!

Aí olhei pra onde eu tinha parado na última vez e pensei: caralho, e agora?


Sim, eu não tinha mexido mais na história desde o camp nano de ABRIL. E em todas as vezes em que tentei parar pra pensar no que ia acontecer em seguida ao ponto em que eu parei, a coisa não vinha. Claramente eu só funciono sobre pressão ou com metas porque sem o nano eu não consigo escrever UMA VÍRGULA SEQUER!!! Aliás, o mesmo pode ser dito pra absolutamente tudo na minha vida, já que eu só consegui terminar de escrever o projeto da minha monografia no último dia de junho, só porque eu tinha colocado na cabeça que precisava terminar tudo ainda naquele mês e ficar livre pro nano HAHAHAHAHAH.

Enfim. A questão é que graças a esse tempo todo de negligência eu gastei minutos preciosos tentando entender onde é que eu tava querendo chegar quando escrevi a última parte, mas acabei conseguindo. E percebi que o difícil não é escrever e sim ver o que os personagens estão fazendo e o que eles estão falando. Eu tenho a história toda praticamente pronta, eu sei o que acontece, agora o COMO ACONTECE...não tenho detalhes. Isso aparece na hora em que boto a cara no word e é por isso que muitas vezes eu travo.

Só que aí dessa vez ao invés de ir procrastinar ou ficar frustrada, eu continuei tentando porque afinal de contas ERAM SÓ TREZENTAS PALAVRAS MUITO FÁCIL É CLARO QUE DAVA. Então eu escrevia umas frases, sentia que não tava legal, apagava e escrevia outra coisa. A Katie falava uma coisa mas em seguida vinha outra ideia de caminho a seguir, então voltava ali e mudava. Até que por fim a escrita começou a fluir e eu parei de ficar voltando ao que tava escrito antes, simplesmente foi naturalmente. Conclusão::: escrevi 425 palavras HAHAHAHAHAA.

No fim das contas deu tudo certo HAHAHAHAHAHA

Então acho que as duas dicas pra esse mês são:

SAIBA COMO VOCÊ FUNCIONA E ESCOLHA METAS REALISTAS QUE REALMENTE TE MOTIVEM
E
 SEJA PERSISTENTE.

Porque a coisa só vai fluir se você não desistir.

TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *