CCAnálise CCSéries

[Crítica] O que achei da segunda temporada de Supergirl?

15.6.17João Paulo Albuquerque


Eu tive essa ideia inesperadamente, não lembro quando, mas lembro que foi por causa de spoilers sobre Lena e Mon-El... Falando nisso, cuidado com os spoilers que virão, afinal é uma revisão geral da série.

Eu amei essa temporada, em alguns quesitos, mas odiei ela por reparar que faltava muita coisa. E isso se deve à adaptação de mudança de emissoras.

Vamos começar pelo começo, falando da evidente crítica em relação à proibição da imigração nos Estados Unidos. Foi genial ter uma abertura para falar disso na segunda temporada, porém, no meio do caminho esse assunto pareceu sumir, sério. No meio da série essa questão parou de ser tratada, para que o relacionamento de Mon-El e Kara pudesse ser mais abordado. E cara, isso me decepcionou, afinal, o tema de imigração é muito importante e parecia ser algo promissor para a série.
1 - Amo a namorada do Winn.
2 - Alex me representa observando tudo de longe em relação à essa temporada.

Não bastasse pararem de tratar de um tema tão importante, definitivamente (confirmando nossas suspeitas que vinham desde que a emissora havia mudado), bem antes mesmo da metade da série, a atriz que faz a Cat Grant, Calista Flockhart, assumiu que de fato, deixaria de ser regular na série. E assim, sem isso, a Kara ficou com menos conselhos maravilhosos da nossa maravilhosa Cat Grant.

E com a "saída" de uma personagem tão central e tão importante pra série, isso meio que desestabilizou as coisas, simplesmente porque a Kara precisa da Cat Grant, e por isso foi tão magnífico saber que mais para o fim da temporada Calista iria voltar. Porém não nego, eu achei o máximo o James ter assumido a empresa.

<3
Houve também menos envolvimento do trio dinâmico da DEO (Kara, Alex e J'onn), e consequentemente, menos envolvimento e desenvolvimento do relacionamento das irmãs Danvers, assim como da história da Kara (Família El e Danvers).

Outras coisas = Separação da Kara de James, falando de queria ficar sozinha, para depois ela ficar com o Mon-El, algo que foi totalmente forçado pelos roteiristas, e apesar de no início eu shippar, eu agora posso falar isso: A relação da Kara com o Mon-El é abusiva e tóxica (se duvida, acompanhem esse oi: OI!). E assim, houve uma clara jogada meio racista dos roteiristas, terem tirado ela do James alegando que ela queria a liberdade dela e que estava em dúvida, jogando-a em um relacionamento abusivo, tipo CUMÉQUIÉ?!

Porém, em contrapartida, os efeitos especiais melhoraram. Houve a adição de duas personagens LGBT+ na série, a Alex e Maggie, assim como não só uma "saída do armário", mas três, sendo elas respectivamente para a Maggie, depois a Kara e então, a mãe das Danvers (caso que eu não havia reparado antes em nenhuma outra série - sem contar Glee, esse oi te direciona pra um site que fala razões para se apaixonar por Sanvers). As histórias foram bem interessantes, porém poderiam ser mais bem abordadas se eles tirassem o foco de Karamel (nome do shipp abusivo). As cenas de ação foram bem legais, as lutas bem coreografadas e eu, particularmente, não encontrei falha alguma (mas ainda tenho uma reclamação: queria que tivesse mais oakdasld).


E não tenho só isso para elogiar, tem muito mais: o crossover das séries de heróis da DC e o crossover musical!!! PELO AMOR DE DEUS QUE COISA MAIS LINDA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA <3

Claro que eu queria que tivessem cantado pelo menos mais umas cinquenta músicas, mas desejos a parte, não tem nada para reclamar daquele crossover, ele foi muito maravilhoso!

Se esse GIF não é lindo, o que mais seria?
Melhor crossover, sim ou claro?

O que mais? Ah! A história pode estar um pouco mais confusa e levemente mais bagunçada nessa segunda temporada, afinal é inegável que o roteiro poderia ser mais bem trabalhado (e esperemos que eles melhorem para a terceira temporada), porém a segunda temporada está melhor no quesito do que pode ser, no quesito de como a história está se encaminhando.

Agora, vamos falar de algo que encheu meu coração de tristeza: Lena talvez venha a ser vilã (chance nada pequena)... Quando eu soube disso, minha vontade de berrar foi muito grande, e berrar quebrando uma parede, igualzinho a Miley Cyrus.

A Lena tinha tudo para não ser uma vilã, não seguir os caminhos da família, e na primeira temporada eles estavam mostrando que ela não seria vilã, pra de repente chegar na metade da segunda e eles cogitarem de alterar isso e falar: "UUUUHHHHNNNNNNNNN! JÁ SEI! A KARA PRECISA CONFRONTAR A MELHOR AMIGA!".


O QUE VAI CONFRONTAR VAI SER MINHA MÃ... É melhor ficar quieto.


Minha raiva expressada em um único GIF.

Mas sério, qual a necessidade? Destruir uma das coisas mais lindas de Supergirl, para tornar numa rixa sem sentido e só porque eles acham legal... ME POUPEM! (to tentando ser imparcial e não falar de Supercorp, porque sim, eu amo e shippo e vou proteger)

Eu to literalmente quase chorando...
Apesar da história de Daxam - vocês já vão entender porque de repente surgi com esse assunto - ser muito interessante e aparentemente, importante, foi péssimo ver que isso meio que possa estar tentando forçar um caminho para a maioria dos personagens, como é o caso da Lena, cujo casa com o Mon-El e isso pode a tornar uma vilã, por meio das consequências e etc (Deuses, espero que não façam isso com minha preciosa).

Vamos iniciar agora... o começo do fim do texto. akdoisadasd

No fim, só o que espero é que a minha personagem favorita (tirando o trio DEO) não se torne uma vilã, e que haja mais desenvolvimento de todos os personagens, sempre com bastante ação. Porém, se acham que estou reclamando, falando que sei lá, não gostei da temporada, estão muito enganados. Eu amei essa temporada, só acho que deveriam ter dado algumas atenções a mais em determinados casos. Fora isso, melhor temporada até o momento, e gente, não tenho nem o que dizer dos três episódios finais de Supergirl, que são meus favoritos e vou guardar num potinho.

E FALANDO EM EPISÓDIOS FINAIS, VAMOS FALAR DO ÚLTIMO!

Três dias depois do lançamento do último episódio, eu assisti e fiquei muito ~no chão~ com o final, mesmo que muita gente não tenha gostado. E partiu pontuar o que eu gostei desse final:
  • A chance de Lena ser vilã foi reduzida. ----} Veja bem, não estou falando que não pode ocorrer, mas a chance diminui e só por isso já to feliz.
  • Megan ter voltado e decidido ficar um pouco com J'onn. AAAAAAAAAA <3
  • O pedido de casamento Sanvers. --} Felicidade bate forte no coração (nada mais a declarar, vou ali fazer festa com tema de Sanvers pra comemorar)
  • O pedido de desculpas da mãe de Lena para a filha.
  • Relação da Kara com o Clark.
  • TODAS AS LUTAS, NEM UMA FICA DE FORA.
  • Fiquei meio triste, mas gostei de quando Mon-El saiu do planeta, principalmente após as teorias dizerem que ele pode surgir depois com outra legião de heróis, como nos quadrinhos.
  • O FINAL COM A CAT FALANDO "GO GET 'EM SUPERGIRL" E VOCÊS AE ACHANDO QUE ELA NÃO SABIA QUE KARA ERA A SUPERGIRL SÓ OBSERVO ----} Eu sempre suspeitei que Cat sabia, que ela só tava respeitando a decisão da outra de manter para si mesma.
E por hoje é só crianças, agora vamos rever alguns episódios de Supergirl e chorar enquanto esperamos o hiatus acabar. aidkjsolkdasdok :')


TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM