CCFilmes colaborador

Power Rangers e seu significado para mim.

20.4.17Colaboradores ConversaCult


São 18:19 de 2 de Abril de 2017 e há um minuto eu terminei Power Rangers: O Filme. Eu comecei ele (o filme) hoje tem uma hora e cinquenta e três minutos. E aqui tem um GIF que representa o que eu estou sentindo, no caso, milhares de coisas ao mesmo tempo:

POOOOOOOOOOOOOOOORRRRR@@@@@@@@@@@@@@@@
Quem cresceu com Power Rangers ou se tornou fã da série com o tempo, vai entender do que eu estou falando. Eu, sinceramente, pirei emocionalmente - fiquei todo alegre e com vontade de gritar de felicidade. Fiz isso? Meio que fiz, nem lembro direito como reagi senão ficar com os olhos arregalados e dar uns gritinhos. - quando anunciaram que iria ter o filme, principalmente quando saíram as imagens dos zords e megazords. Minha reação foi: Oi chão, meu velho amigo. 

Power Rangers tem um significado muito maior pra mim do que uma referência de infância, eu cresci com essa série. Por nascer em 2002, a versão que eu lembro é de Força Animal, que só por Deus, eu amava muito (sim, no meu primeiro ano de vida e eu lembro disso, pra ser sincero, só lembro disso – Power Rangers, num geral – dos meus primeiros três anos de vida). Porém, naquela época reprisava bastante, então acabei conhecendo as versões anteriores, apesar de que a primeira versão foi a que menos consegui ver. 

Foi a minha primeira série. Foram meus primeiros ensinamentos através de outra coisa que não fosse minha família. São minhas primeiras lembranças de vida.


 
Sim, eu repetia isso no quando passava. 

Uma das minhas lembranças com Power Rangers, é quando fiquei sozinho em casa quando morava em Atibaia e assisti em fita cassete Força Animal. Ou quando ganhei um dos zords de Dino Trovão da minha bisa. Até mesmo quando juntei dinheiro só para comprar os zords da geração Samurai. E isso tem um impacto tão positivo. 

Meu ponto é, Power Rangers é uma coisa maravilhosa e esse filme só mostra tudo isso e mais. Ele é novo, atual, mas não perde a essência. E saber que será de sequência e que o elenco quer uma ranger verde ao invés de um ranger é de deixar qualquer um sem reação - no melhor sentido possível. 

Eu poderia fazer um texto enorme falando o quanto eu amei, mas só irei apontar porque vocês têm de ver esse filme e o quais são minhas partes favoritas. 




Vou fazer listinha e provavelmente terá spoiler em algum dos pontos, então já estou avisando.

  • A união das garotas em todos os momentos. Isso com certeza está no topo de tudo que eu poderia pensar para essa lista. Ver a Kimberly e a Trini interagindo e buscando se ajudar mostra claramente que, independente de suas diferenças como pessoas, elas estão lá uma para a outra e buscam se entender.

  • Trini ser lésbica. Quando eu soube disso no facebook eu corri até minha mãe e falei: "Mãe! A ranger amarela é lésbica. AAAAAHHHHH" e ela sorriu vendo minha animação, e juntos conversamos um pouco disso, e ver no filme foi a coisa mais animada de todas, me encheu de orgulho.


  • O ranger azul ser negro e autista. Tem um dos momentos do filme que ele diz ser autista claramente para Jason, e eu fiquei muito feliz.



A amizade que se desenvolvem entre eles, isso com certeza foi a coisa que me emocionou na cena deles ao redor da fogueira.

  • Together we are more.
  • A cena que um agradece o outro na luta, logo antes de caírem.



  • O megazord. MEU DEUS O MEGAZOOORD! QUE COISA MAIS LINDA! 
Quem gostou me abraça, quem não gostou, paciência...

  • E por fim, dois dos rangers da primeira geração aparecendo no final do filme. (e nesse caso, não vou colocar GIF, porque isso eu quero manter surpresa).

A raiva de Kimberly deve ser a de vocês no momento... iaskasokasiajkl

Esse filme, me lembrou de tudo que cada geração da série faz. A amizade, a importância disso e o impacto disso nas nossas vidas. Eu chorei, me emocionei, ri, fiquei sorrindo igual apaixonado namorando... Tive milhões de reações que me fizeram pensar e analisar tudo ao meu redor, principalmente a amizade. 

Não importa se você tem muitos de amigos ou não, o que importa é que eles sejam seus amigos e você amigo deles. Importa que você tenha consciência de que uma amizade é importante. Que você ter um amigo, é notar que você convive com uma pessoa - tenha ela gostos semelhantes aos seus ou não - diferente e você tem que respeitar e buscar entender suas diferenças. Amizade é família, é aquela pessoa que vai entender se você não quiser compartilhar um segredo seu com ela, é aquela pessoa que você vai poder confiar, é ela que vai te apoiar, mas também que vai brigar de vez em quando se necessário, amizade não é só dar tapinhas nas costas e aceitar qualquer desaforo e julgamento, é também evoluir como pessoa nas brigas e reconhecer seus erros. Ou de vez em quando deixar o orgulho de lado e buscar entender. 

E nesse filme foi o que eu percebi. Eles são muito diferentes, e justamente isso é o que os junta. 


Desenho por: Cahlac
Um garoto branco que se mete em várias confusões e acaba que é o líder. Um menino que têm autismo e é negro, com o melhor coração, o mais leal entre todos perdeu o pai e está ainda lidando com isso. Uma garota latina que é lésbica e tem medo de se prender, porque se muda demais e não se prendendo à pessoas, é o modo dela de não ter mais dor. Um garoto asiático que é brincalhão, mas às vezes a brincadeira é seu único escudo dos sentimentos, e percebe-se que ele é o que expõe o sentimento primeiro. E tem a garota que fez uma coisa errada e acha que isso pode definir quem ela seja e se arrepende muito disso, mas percebe que uma coisa errada não te defini. E com eles, uma amizade que aos poucos é trabalhada e tem uma evolução tão incrível. 

Apesar de eles serem os Rangers, 'os Escolhidos', eles têm que escolher prosseguir com aquilo. E no meio disso tudo, mostra que eles não são invencíveis, mostra que a convivência não é fácil e é preciso trabalhar isso. O filme como um todo, não está falando só de salvar a cidade, o universo, mas também de amizade e convivência.




E com isso, esse é o melhor filme que eu já vi, com tantas coisas e com tanta representatividade boa, que eu espero mesmo que seja muito bem cuidada – e sinto que é o que eles (elenco e direção) também querem. 

Para o final desse texto, vou escrever a frase mais impactante – que eu espero muito que esteja totalmente fiel à dita no filme – que é apresentada para nós, telespectadores e fãs, em uma das cenas que me deixou mais emocionado (se não contarmos com a da Trini na fogueira e a cena pré-megazord): 

"Você ter feito uma coisa errada não define quem você é. Seja quem você quer ser." 
Jason para Kimberly.



TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM