CCLivros CCResenhas

O Mar de Monstros, de Rick Riordan

10.1.17Isabelle Fernandes


Dando prosseguimento à minha maratona de PJ, acabei de reler O Mar de Monstros e::: meu deus.

Quando eu penso nos cinco livros da primeira saga esse é o que eu menos dou bola. Nunca me lembro dele e sempre fico com a sensação de que a história é boa, mas só isso. COMO EU ESTAVA ERRADA!!!! Esse livro é MARAVILHOSO e temos um super desenvolvimento tanto da história quanto dos personagens que me fez berrar loucamente como se fosse a primeira vez.

Percy teve um ano anormalmente tranquilo na sua nova escola. Sem monstros, sem explosões, só uns garotos perturbados implicando com o seu novo melhor amigo que age feito um bebezão chamado Tyson. Mas aí é claro que no último dia de aula tudo dá errado: um bando de monstros aparecem, Percy é atacado e acaba destruindo parte da escola, tendo que ir correndo para o Acampamento Meio-Sangue com Annabeth, que estava a caminho de lá dizendo que o lugar está passando por problemas sérios e sim, o Tyson é arrastado junto.

Então chegando lá, Percy descobre que a árvore da Thalia está morrendo, Grover sumiu durante sua missão de buscador, o acampamento está sendo constantemente atacado e correndo o risco de sofrer uma invasão daquelas e Quíron foi declarado culpado e demitido. APENAS DESGRAÇAS!!!! Tá tudo virado de cabeça pra baixo e não parece ter solução, até que um certo objeto mágico vem à tona, algo capaz de salvar a árvore e impedir que a desgraceira piore....e é óbvio que Percy resolve ir atrás dele.

COMO ASSIM O ACAMPAMENTO TÁ POR UM FIO??
Eu tinha me esquecido de várias coisas que eu amo nesse livro, com por exemplo a primeira aparição de Hermes. Ele é o meu segundo deus grego favorito, então quando ele deu as caras eu fiquei igual a um esquilo hiperativo HAHAHAHAHAHAHAHHAH. Também tem toda a questão do Percy com o Tyson, que você vai entender quando ler....só digo que é um negócio bem estilo casos de família. Ele passa o livro inteiro num misto de sentimentos sobre isso e também sobre Poseidon, que como os outros deuses, não é lá muito presente e isso é bem frustrante, principalmente pra um garoto de 13 anos. Além disso, com toda essa viagem ao Mar de Monstros (não é spoiler, já que tá no TÍTULO), Percy vai descobrindo e aprimorando seus poderes aquáticos e fala sério, isso é o máximo HAHAHAHAHAH.

Agora, preciso copiar aqui o meu trecho favorito de todos:

"O mar obedeceu. Houve um turbilhão de branco, uma sensação de cócegas, e quando minha visão clareou Annabeth e eu tínhamos uma enorme bolha de ar ao nosso redor. Apenas as pernas continuavam mergulhadas na água.

Ela engasgou e tossiu. Seu corpo todo estremeceu, mas quando ela me olhou soube que o encantamento tinha sido quebrado.

Annabeth começou a soluçar - quer dizer, soluços horríveis, de partir o coração. Encostou a cabeça em meu ombro e eu a abracei."

EIS AÍ O PRINCÍPIO DO MAIOR OTP DE TODOS OS TEMPOOOOS!!!!!

Esse trecho inclusive também me dá muita dó, porque temos uma palhinha do que se passa na cabeça da Annabeth no meio de toda essa treta com o Luke, que era o herói e mozão pré-adolescente dela e ainda as questões com o pai. Em alguns momentos a gente fica sabendo de mais coisas que aconteceram durante a fatídica época em que ela, Luke e Thalia estavam tentando sobreviver sozinhos e ai....dá uma dorzinha daquelas no coração.

Num guento
Acho que a palavra chave pra O Mar de Monstros é família. Durante o livro inteiro temos Percy tendo que lidar com as suas questões familiares, Luke puto da vida com o pai Hermes, Hermes mexendo os pauzinhos pra tentar salvar do filho de alguma forma, Quíron sendo assombrado pela sua herança e claro, todo mundo tentando salvar o Acampamento, que é uma família pros semideuses. 

Termino a resenha com essa frase maravilhosa proferida pelo meu amado Hermes:

"- Famílias são complicadas. Famílias imortais são eternamente complicadas. Às vezes o melhor que podemos fazer é lembrar um ao outro que somos aparentados, aconteça o que acontecer....e tentar limitar ao mínimo as mortes e mutilações."


Nota:

NÃO TEM COMO NÃO SER FAVORITO


Ficha Técnica


                        
   

Aquele momento em que um livro tem TRÊS CAPAS DIFERENTES 2.0
(grazadeus é o último)


- Autor: Rick Riordan
- Editora: Intrínseca
- À venda em: SaraivaAmazon , Livraria CulturaSubmarino.

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM