board game Board Game Geek

Diversão offline: uma febre chamada board games

17.1.17Elilyan Andrade


Brinquei bastante com jogos de tabuleiro quando criança, até o início da adolescência, mas no começo da vida adulta os videogames, computadores e smartphones tomaram espaço do WAR, Banco Imobiliário e outros jogos. Eis que inesperadamente meu irmão veio com uma novidade: Flash Point: Fire Rescue, jogo cooperativo de combate ao fogo. Cooperativo!? Como assim? Estava acostumada aos jogos de tabuleiro da minha infância, ou seja, aqueles onde basicamente tinha que jogar um dado para avançar as casas e que todos os jogadores competem entre si. 


Flash Point: Fire Rescue é só um bom exemplo dos jogos de tabuleiros modernos. Parece estranho que no momento em que os jogos digitais se tornam cada vez mais imersivos algumas pessoas voltaram a se encantar pelas pecinhas de plástico e cartas de papel, mas o retorno de algumas “velharias” é super cool, que diga os hipsters. Se assim como eu, antes de conhecer Flash Point, só pensava que os jogos de tabuleiros eram aquelas coisinhas divertidinhas na maioria das vezes dependentes de sorte, saiba que as coisas mudaram. Na Europa, principalmente na Alemanha, e nos EUA os jogos nunca deixaram de ser produzidos, mas foi apenas em meados de 96, com o lançamento nos Estados Unidos de The Settlers of Catan (Colonizadores de Catan) que o mercado de tabuleiro foi a loucura. Agora a indústria está revigorada, inclusive no Brasil. 



É legal jogar League of Legends, mas não é tão incrível quanto estar em uma mesa com seus amigos e familiares, ao vivo e em pessoa. O recurso tátil e a interação cara-a-cara que separa os jogos de tabuleiro dos jogos de videogame é o que rende aquela zoeira marota. O simples prazer de juntar a galera já rende muito diversão mesmo que não tenha nada de interessante envolvido, imagine quando se inclui algo viciante e instigante como os jogos de tabuleiros modernos. Mesmo quando não se tem uma turma grande a enorme variedade de jogos garante pelo menos uma partida. 

A abundância de board games é tão vasta que o portal mais famoso do mundo sobre o tema, o Board Game Geek, possui cadastradas as fichas de mais de 64.000 jogos de tabuleiro - e a cada dia são incluídos novos.Entre as centenas de novos jogos que estão sendo feitos todos os anos para apelar aos novos aficionados muitos dependem de crowdfunding para ver a luz do sol, o que torna o hobby ainda mais divertido. 

Star Wars Rebellion = sonho de consumo *.* 

Assim como em qualquer nicho, o dos board game também possui um vocabulário específico, composto por termos técnicos, gírias, convenções, e o que mais for necessário para uma comunicação mais eficiente entre as pessoas que compartilham esse interesse em comum. Ou seja, enquanto os dados rolam você ainda aumenta seu vocabulário. E não vou falar do quanto você pode aprender enquanto joga, pois os board games são valiosos instrumentos no movimento do aprender. É muito mais fácil e legal aprender matemática com Porto Rico ou história com Twilight Struggle

Infelizmente nem tudo são flores: board games é um hobby caro. E BOTA CARO NISSO! Alguns jogos podem custar facilmente mais de 500 golpinhos. Se você tiver, assim como eu, alguém para dividir o custo da diversão seu bolso não vai sofrer muito a cada novo lançamento. Ou você pode simplesmente não comprar tudo que é lançado e alugar nas luderias (misto de bar, lanchonete e casa de jogos). 

Além da grana ser um negócio que pega muito, o que às vezes afasta possíveis novos adeptos do hobby é a ausência de pessoas para compor uma mesa. Nem todo mundo é o Leonard, Sheldon, Raj e Howard, ou seja, um grupo de amigos que dividem interessem em comum, mas como existe um universo vasto de jogos com certeza conseguirá convencer seus amigos a participar da empreitada. E se não conseguir saiba que existem grupos e eventos dedicados aos jogos nas cidades, ou seja, board game ainda proporciona aquela oportunidade de conhecer pessoas!

E aí, vamos jogar?  

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. BOARDSSSSSSSS ♥
    Eu to nessa vida desde 2012-13, inclusive já fiz post sobre alguns deles, mas sempre sobrevivendo dos jogos dos outros porque nunca consegui (nem precisei tbh) comprar nenhum hahahaha inclusive já consegui vários grupos de amigos e de desconhecidos pra ficar jogando sempre.
    Quais foram seus preferidos até agora?

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM