amigo oculto CCFilmes

Amigo Oculto CC: Eduardo e as animações da infância

24.12.16Eduardo Ferreira


Agora que mais da metade da equipe já escreveu seus posts e revelou seu amigo, chegou a minha vez de escrever sobre O MELHOR PRESENTE QUE EU PODERIA TER GANHADO. Quem me tirou? Ainda não sei, mas tenho fortes palpites sobre quem pode ser.

Quando abri o site do Amigo Secreto me deparei com a seguinte mensagem:

"Caro amigo secreto: seu desafio é escolher um livro (ou filme, caso o tempo esteja curto) que marcou sua infância e do qual você se lembra muito pouco. O Natal é uma data pra reviver boas memórias, e às vezes o modo como comemoramos não permite isso muito bem. Meu presente é fazer você se voltar pra sua criança interior e, quem sabe, ter uma comemoração de fim de ano mais especial do que a de costume. Aproveite!"

A primeira coisa que veio a minha mente foi aquela-maratona-da-disney que sempre prometo fazer e nunca faço e todos os filmes que já estão na imensa lista de filmes que eu vi e não lembro muito mas queria muito ver de novo.

Eu ainda estava numa semana muito corrida por causa das provas finais da faculdade e por causa do estágio, mas a principal razão de optar por um filme e não por um livro foi o trabalho que ia me dar encontrar o livro que eu tinha em mente.

Como a lista era extensa e a pessoa indecisa demais, eu me perdi na hora de escolher um filme e acabei escolhendo dois: um que me marcou muito e que eu queria muito ver apesar de lembrar muitas coisas sobre ele; e um que eu lembro ter visto mas minha memória não lembrava de quase nada sobre ele.

O primeiro: Hora do Recreio

Se tem uma coisa que eu fazia quando era criança era acordar muito cedo nos finais de semana, levar meu edredom para a sala e, depois de um tempo decidindo por qual, pegar o VHS e assistir. E se tinha um filme que eu acabava sempre escolhendo era Hora do Recreio. Eu amava tanto esse filme e ele marcou muito a minha infância de uma forma de não teria como escolher outro filme senão esse.

Rever esse filme foi descobrir que eu ainda lembro da sequência inteira do filme e da maioria das falas. CÊS NÃO TEM NOÇÃO! Eu me peguei recitando em voz alta as falas e cantando as músicas do filme mesmo tendo certeza que tem uns 10 anos que não vejo esse filme!

Foi tão maravilhoso que não tem nem como explicar o quão feliz eu tô por receber esse presente. Eu tive que pausar o filme diversas vezes só para surtar sozinho.



O segundo: Mulan


Sério, eu não lembrava quase nada desse filme. Antes de rever, se alguém me perguntasse uma cena de Mulan eu provavelmente mencionaria o momento que ela conhece o Mushu.


Desonra pra tu, desonra pra tua vaca

Mas, depois de ver eu só tive aquele momento de "EU LEMBRO DISSO" duas vezes: a) quando ela pega a flecha no acampamento; b) o final.

Rever esse filme foi ao mesmo tempo algo muito bom e nostálgico como também uma experiência completamente nova. É incrível a diferença de interpretações que você tem com um filme quando criança e depois de adulto. Muito mais respeito pela construção da Mulan e por tudo que ela faz.

Minha lembrança infantil interpretou ela como a mulher que tinha cortado o cabelo para ir para guerra porque ela queria (?) para só agora eu descobrir que ela é a mais corajosa e altruísta personagem da disney que fez tudo para proteger seu pai.

Tem como não amar a Mulan?


Rever filmes que fizeram parte da minha infância era um plano que não se concretizava há mais de 2 anos e finalmente fazer isso foi maravilhoso. Reviver esse bons momentos e lembrar porque eu gostava tanto de um filme a ponto de vários anos depois ainda lembrar das falas é uma sensação que não tem como comparar. E, de quebra, me inspirou a ir assistir outras tantas animações que eu quero muito rever.

Com toda a certeza esse presente tornou meu fim de ano muito mais especial <3

TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM