Ariel Carvalho CCMusicais

Tony Awards: Os principais ganhadores de Melhor Musical

12.6.16Ariel Carvalho


Hoje, dia 12 de junho, vai ao ar o 70º Tony Awards. O Tony é o maior prêmio de teatro dos Estados Unidos. Ele é tão importante para o teatro quanto o Grammy é para a música.

Eu confesso que conheço pouco a cena teatral dos Estados Unidos, mas conheço bem a cena do teatro musical. Também sei que algumas pessoas a) gostam de musicais e nunca sabem qual é o próximo a ser assistido ou b) nunca assistiram musicais e queriam saber por onde começar.

Por isso, eu escolhi meus sete musicais favoritos que já ganharam o Tony de Melhor Musical, e contei um pouquinho sobre eles.

1. My Fair Lady

Ele foi o ganhador do Tony de 1957, e contava com a maravilhosa Julie Andrews no elenco original, no papel de Eliza Doolittle. O musical ficou mais famoso com a versão cinematográfica de 1964, com Audrey Hepburn no papel principal.


My Fair Lady conta a história de uma vendedora de flores que encontra um professor de fonética que se propõe a transformá-la em uma dama respeitada, em apenas seis meses. É baseado na peça Pigmalião.

As músicas são uma gracinha, e você pode ver a versão cinematográfica para conhecê-lo.


2. How To Succeed In Business Without Really Trying

Esse ficou conhecido porque teve um revival lindo em 2011, que começou com Daniel Radcliffe no papel principal, depois Darren Criss e fechou a temporada com Nick Jonas.

O musical, ganhador do Tony de 1962, narra a subida ao poder de um limpador de janelas, J. Pierrepont Finch, que lê um livro (que realmente existiu, e era um livro satírico) intitulado How To Succeed In Business Without Really Trying (Como Vencer Na Vida Sem Fazer Força).


Em 2013, ele foi trago ao Brasil, com Gregorio Duvivier no papel de J. Pierrepont Finch. Ele também virou um filme em 1967, que é muito fiel à peça.


3. O Fantasma da Ópera

Esse todo mundo conhece, acredito eu. Mas, antes de mais nada, eu preciso dizer que não suporto o filme como o Gerard Butler. A minha versão favorita é a que está em dvd, a de 25 anos.

Nessa versão, gravada no Royal Albert Hall, o Ramin Karimloo é o Fantasma e a Sierra Boggess é a Christine. Para mim, não tem elenco melhor para contar a história de uma cantora de ópera que é treinada pelo fantasma de um homem que sofreu um acidente com ácido.


O musical ganhou o Tony em 1988.


4. Sunset Boulevard/Crepúsculo dos Deuses

Crepúsculo dos Deuses é um filme de 1950, e ele foi a base para o musical de 1994, que ganhou o Tony no ano seguinte.

A linda Glenn Close era a Norma Desmond original, na Broadway


Ele narra a vida de uma antiga estrela do cinema mudo, Norma Desmond, que cai no ostracismo quando os filmes passam a ser falados. Seu caminho acaba cruzando com o de um jovem roteirista, Joe Gillis, e ela acredita que ele seja a sua grande chance de voltar às telas.

Mesmo sem as músicas, o filme é incrível e indispensável.


5. RENT

Chegamos ao meu musical favorito de todos. Ele acompanha um grupo de amigos, boêmios e artistas, vivendo com AIDS e os problemas da década de 1990.


Sou muito suspeita para falar sobre ele, mas RENT ganhou o Tony em 1996, e uma curiosidade é que ele estreou na Broadway depois da morte de seu diretor.

Ele virou filme em 2005, com praticamente todo o elenco original da Broadway e, apesar de algumas falhas com relação ao musical de fato, é uma boa forma de conhecê-lo. Como alternativa, a montagem de 2008 foi gravada e lançada em DVD.


6. Spring Awakening/Despertar da Primavera

Outro que teve montagem brasileira há alguns anos, foi o vencedor do Tony de 2007. Ele ficou muito conhecido depois da estreia de Glee, por ter em seu elenco original Lea Michele e Jonathan Groff.



É baseado numa peça alemã de 1891, e se passa na Alemanha dessa época, porém com músicas atuais. Ele é um grande retrato de como a juventude era tratada na época.



7. Once

O mais recente da lista, Once virou um musical em 2011, e se baseou no filme de mesmo nome de 2007. No Brasil, o filme foi lançado como "Apenas Uma Vez".

Ele é belíssimo, e o que eu mais gosto é que não tem uma romantização absurda dos relacionamentos, e as músicas não parecem ter sido feitas para um musical.


Foi ganhador do Tony de 2012, e acompanha o romance de um músico de rua e uma imigrante que cruza seu caminho por acaso. Ah, uma curiosidade: a produção original na Broadway tinha a Cristin Milioti (a Mãe de How I Met Your Mother) como atriz principal, e teve em seu elenco também o ator Arthur Darvill (o Rory, de Doctor Who).

Para hoje à noite, a grande aposta é Hamilton, que teve 16 indicações no total. Se ganhar, vai ser mais um para a minha lista de favoritos!





TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *