blue CCAnálise

Review: City and Colours

16.5.16Valentino Martins


No último dia 29, City and Colours desembarcou no Rio pelo segundo ano consecutivo para realização da tour de divulgação do novo CD: If I Should Go Before You. Nós fomos até o Circo Voador, na Lapa, cobrir especialmente pra ti!

Diferente do que costumo ver pela Lapa, cedo e pontualmente, às 22:30 a banda adentra o palco. Do terceiro CD pro segundo, volta pro terceiro e dá um pulo no primeiro. Abrindo a noite com a extensa e repleta de climax, "Woman", Sr. Dallas cantou maioria das músicas do novo disco e trouxe seus antigos sucessos envolvendo todo o público. 

Trouxe um clima íntimo e gelado, diversas vezes me senti como se estivesse dirigindo sozinho indo pro interior ou aqueles dias, cansados, que na sua própria companhia você vai até o bar mais perto passar um tempo e pensar na vida, típicas cenas de filme. City and Colours é daquelas bandas que trazem canções cheias de sentimentos e que certamente encaixariam como trilha sonora na vida de qualquer um.


O show teve "duas partes", a primeira onde a banda cantou as músicas com toda aquela iluminação e instrumentalidade maravilhosa e a segunda, o bis do final, onde Dallas vem com seu violão e gaita cantar sob um foco de luz “Day Old Hate” e “Body in a Box”, seguido por “The Girl” e “Hope For Now” com a banda novamente finalizando essa grande noite. 

Minha parte favorita foi "Body in a Box". Como esse cara me traz gaita? Tá fazendo um jogo comigo, Munique? Eu tenho um feeling muito forte por gaita, o cara canta muito bem, o cara tocou gaita, todos cantavam juntos, nossa, pra mim foi o ápice do show. Arrancou suspiro meu e de quem quer que esteja lá, eu aposto.


Há quem diga que Dallas não é lá muito gente fina bom coração. No show ele falou pra que uns telespectadores abaixassem os cartazes pra que não atrapalhassem as pessoas de trás e, ainda, explicou porque se recusou a cantar certas músicas que pediram, isso soou mal para alguns. Eu não lembro onde está escrito que pra ser cantor ou ter uma banda requer que você seja super legal com o público, claro, não apoio cantor babaca, mas não condeno quem é mais na sua. Dallas fez um show excelente e, claramente, possui um grande talento e não vou critica-lo porque ele não é lá o padrão-midiático-faz-carinho-em-fã. Julga-lo equivale-se a querer obrigar um jeito diferente do que a pessoa é só.. pra ser bonito? Bem, eu prefiro um show real. Dallas e companhia me deram isso, mais, eles fizeram um show incrível. 

Engraçado que quando eu ia escrever o texto eu não sabia bem o que dizer, coloquei as músicas do show e comecei a escrever. Acredite se quiser, mas eu estou me sentindo como me senti no show. Esse sentimento me garante uma certeza: quero mais.

Confira as fotos do show abaixo! É só clicar :p 

...

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *