CCgames CCJogos

Sessão Jogadores Anônimos: aprendendo a ser pobre

7.3.16Isabelle Fernandes

por essa capa já dá pra ver que não deu certo


Então amigues, após toda aquela saga de sofrimento relatada no último post, finalmente pude criar meus jogos na mais santa paz. Como não poderia deixar de ser, investi em desafios e coisas diferentes que me deixam completamente MALUCA sendo um deles....a pobreza.

Gente, nunca pensei que ter uma família pobre me traria tantas experiências novas HFUSHISHFIUHSDIFH

Mas esse não era meu objetivo de cara. Eu criei As Mina e as Crianças logo no primeiro final de semana do ano, com a Taiany e a Carol aqui em casa. Foram elas que me ajudaram com os nomes e as roupas, mas a ideia principal da história era: uma irmã mais velha, com uma penca de filhos e uma irmã mais nova que seria lésbica e futuramente adotaria mais uma penca de crianças com a mina que eu iria escolher no jogo. Na verdade tudo isso era uma fachada pro fato de que eu queria CRIANÇAS, MUITAS CRIANÇAS, PORQUE CRIANÇAS DÃO UM TRABALHO DA PORRA E DEIXAM O JOGO EMOCIONANTE!!!

Aí tá, criei então a Andrea, que foi abandonada pelo marido com três filhos pequenos (os gêmeos Rose e Matt e a bebê Eve) e deixada sem casa e sem emprego. Diante disso, ela vai procurar a irmã mais nova Julia, uma cozinheira que foi tentar a vida em Roaring Heights, uma cidade dos anos 20 meio que conservadora (só descobri a parte dos anos 20 depois que comecei o jogo, com os sims todos atuais...HFUDSHGIDFHGID). Foi durante a escolha do lote e a construção que pensei que seria muito mais fiel a realidade e condizente com a história se elas tivessem uma casinha muito pequena, apropriada pra uma pessoa só viver e terem pouco dinheiro, então assim foi. Um chalé minúsculo a beira mar, com gaivotas berrando literalmente o tempo inteiro, cinco pessoas pra cuidar e apenas três mil simoleons na conta.

Meu eu interno, sobre as dificuldades no jogo

O chalé era tão pequeno que só deu pra construir dois quartos, um pras irmãs e outro pras crianças. A principal desvantagem de não ter quarto o suficiente pra todo mundo é quando o bebê divide o quarto com os outros sims. Nesse caso, a Eve tava dividindo um quarto minúsculo com os irmãos, onde mal cabia os poucos brinquedos que deu pra comprar, a beliche e a cama. Então toda vez que ela acordava de madrugada fazendo escândalo, os coitados dos irmãos acordavam, o que é claro fazia com que eles demorassem mais pra descansar. Aí depois a Eve cresceu e eu tive que dar um jeito de aumentar o tamanho do quarto sem gastar muito dinheiro e maneirando na decoração. VOCÊS NÃO TEM IDEIA DO QUANTO EU SOFRI!!!

Vejam bem, sempre fui rica no the sims. Sempre usei e abusei do "motherlode", então eu construía verdadeiras mansões e mobiliava a casa sem nem olhar os preços. O que mais combinasse com a família em questão entrava e é isso aí. Além disso, normalmente eu compro terrenos imensos então sempre sobra uma espação pra fazer garagem, área de plantação, encher de árvores e coisas pra crianças como escorregas e tal. Mas dessa vez eu não podia fazer nada disso. O terreno é minúsculo e só tem espaço na parte da frente, além da já citada POBREZA. Pensei muitas vezes em desistir, mas resolvi ser firme à história. EU PRECISAVA APRENDER A SER POBRE!!

Ser pobre é mais complicado do que ter mil sims pra cuidar, certamente

Daí então resolvi que já não tava difícil o suficiente e adotei uma filhote de cachorro. Muito fofinha e coisa e tal, mas também muito chatinha e sempre fazia xixi no lugar errado, CÉUS. Mas não tava bom. Não era suficiente. Eu queria alguém grávida pra passar por todo aquele processo, levar a grávida pro hospital, escolher o nome, os traços etc. A Andrea, coitada, já tinha três, então sobrou pra Julia, o que me levou a adiar o plano de achar uma mina pra ela e adotar. Mas aí...qual homem nessa cidade maluca merecia as atenções da minha fofolete??? Tive a resposta em uma tranquila madrugada, através de um visitante intergalático.

SIM, JULIA TEVE UM FILHO COM NIPUNOS SFIDFHDIFHIS (SOBRENOME INSOLETRÁVEL), O ET.

Porém nem isso foi fácil, o que me surpreendeu. A Julia tem o traço Romântica Incorrigível, então os outros sims aceitam todas as interações românticas dela, por mais descabidas que sejam. Então fiz eles saírem em alguns encontros e logo convidei ele pra visitar o chalé, cheia de segundas intenções. Estavam os dois, juntinhos no sofá, até que resolvo mandar eles tentarem um bebê no chuveiro...E O HOMEM FOI EMBORA QUASE FUGIDO!!! Ainda apareceu a mensagem "Você tem problemas e eu não vou ficar pra resolvê-los". Fiquei desolada, mas não desisti. Decidi que seria mais seguro fazer eles namorarem primeiro pra tentar ter bebês, e deu certo. Eis o resultado final:

Digam olá para Gavin Cavanaugh
E aquilo ali atrás é o xixi da cachorra q

Fazendo minhas pesquisas depois, descobri que alienígenas e seus descendentes diretos possuem poderes especiais como sondagem de sims, controle mental, conserto aparelhos com o poder da mente e se tiverem o ovni, até mesmo viajar pelo espaço. Nem fiquei empolgada né gente? HGUIDHGIUFDHGIHFDIGHD inclusive isso mudou o rumo da minha história e decidi que mais pra frente Julia e Nipunus vão casar porque eu quero a nave dele pra fazer altas peripécias. Ou seja: serão sete sims pra cuidar futuramente. E Lucy, a cachorra, que felizmente cresceu e agora faz suas necessidades no quintal (na maioria das vezes).

Daí o jogo decidiu por mim que eu precisava de mais emoção e deu férias grátis de dois dias pras únicas adultas, deixando Rose e Matt, agora adolescentes, cuidando da casa, da irmã mais nova, do primo recém-nascido e da Lucy. Claro que tendo um bebê em casa eles não podiam ir pra escola, então ficou todo mundo em casa e eu aproveitei pra mandar eles irem dar um passeio no festival de verão e dar uma festa adolescente, porque é de praxe. Felizmente dessa vez deu tudo certo e eles conseguiram deixar tudo limpo e manter o Gavin vivo. Infelizmente eles ficaram com nota baixa na escola, tomaram uma bronca da mãe e foram parar NO CANTINHO.

HDUIASHFUISDHIDSHFIHSD MEU DEUS QUE VERGONHA
(Atenção à Eve ali atrás zoando com a cara da irmã ou sentindo vergonha alheia por ela, não sei dizer q)

Aconteceram outras coisas como o estranho desaparecimento do Nipunus do painel de relacionamentos, isso depois de ouvir a musiquinha de término de relacionamento, e cheguei a pensar que meus planos de ter um ovni foram por água abaixo até que descobri que na verdade eu tinha clicado pra ver só os familiares HUHDIUGHDIFHGIDFHG mas ainda não sei porque tocou a musiquinha, vai entender. E O GAVIN. ELE TEM OLHOS PRETOS IGUAL AOS DEMÔNIOS DE SUPERNATURAL!!! Ele ainda ia ter cabelo verde esbranquiçado mas tratei de mudar isso porque pelo amor de deus né, ele já está assustador o suficiente. De toda forma estou ansiosa pra que ele cresça e seus poderes comecem a aparecer.

OBSERVEM ISSO

Daí gente, depois do crescimento das crianças eu acabei brochando um pouco com esse jogo, sempre fico triste quando elas viram adolescentes então dei uma acelerada na história. Em uma belíssima festa de amigo oculto fiz a Julia pedir o Nipunos em casamento e convidar ele pra ser colega de quarto, pra que ele não fosse embora pro planeta dele. Depois, fiz eles terem um casamento reservado (sem paciência e sem dinheiro pra dar festa, please) e esperei com ansiedade que o patrimônio dele se somasse ao da família....NÃO CAIU UM CENTAVO. Meu plano era que com mais dinheiro, eu poderia comprar uma casa maior e deixar eles ricos mas né. Taquei logo uns 100 mil com motherlode e mudei eles de cidade, porque não tava combinando nada com nada.

Então agora minha família de pobres mora em uma mansão GIGANTESCA na cidade de Hidden Springs, tem empregada pra limpar a casa todo dia e CADA UM TEM O SEU PRÓPRIO QUARTO, TODOS GRANDES O BASTANTE PRA CABER DEUS E O MUNDO!!! A conclusão disso? Não, não aprendi a ser pobre HFUDHFUIDSHFISHDFIDSHFHSI mas continuo com a sana de arrumar desafios. Fiz o Nipunos virar investigador e agora ele e a Julia vão ter mais um filho. SERÃO OITO SIMS NESSA CASA. QUE EU CONSIGA SOBREVIVER A ISSO!!!

E o jogo tá nesse pé, por enquanto. Agora que tá tudo calmo, vou me dedicar mais a outro que chegou a ser citado no post anterior: A Vampira e o Gênio. Tenho altos planos pra ele e já aconteceram coisas bem malucas (como um cavalo selvagem sendo abduzido no meio do nada), mas só vou falar sobre no próximo jogadores anônimos.

Até lá o/


TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

  1. Gente, a cara da criança ET HAHAHAHAHAHAH A coisa que deixava o jogo chato no The Sims 2 era que enriquecer era muito fácil. E eu nunca usei macete pra enriquecer nem nada. EU QUERIA SER POBRE, mas nunca consegui. Acho muito mais legal demorar pra conseguir as coisas. Mas também jamais encheria minha casa de criança Hahahahahah

    "NÃO CAIU UM CENTAVO" HAHAHAHAHAHAH

    Adoro as suas histórias de The Sims >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HDUISHFIUSHFIDHSFHSDFIHSDIFHDSFHISH nunca soube disso sobre o the sims 2, já que nunca quis ser pobre até então xDDD. Fui tentar agora e deu no que deu, não sirvo pra isso não GUDHGUIFHDGIHFGD

      E que bom que você gosta. Às vezes fico achando que os posts estão chatos ou coisa assim q

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *