arrow CCSéries

Legends of Tomorrow: Transformando personagens esquecidos em Lendas

23.3.16Eduardo Ferreira


Se tem uma coisa que a The CW fez, juntamente com a DC Comics, foi criar um considerável universo televisivo para seus heróis. Com Arrow e The Flash representando os principais números da audiência da emissora, a necessidade de mais um show do universo era iminente. Foi, então, que Dc's Legends of Tomorrow nasceu. Um série que se propunha unir personagens já apresentados nas outras duas séries, mas que era deixados de lado por não serem tão relevantes.

Pegar heróis que não eram muito explorados e não tinham empecilhos legais de suas reproduções em outras mídias não foi só algo muito bom para os fãs como também uma jogada de mestre por parte da emissora. Ter o direito de usar personagens bem criados e interessantes, que não tinham a menor chance de ganharem séries de TV solo ou chamarem a atenção de produtoras de filmes é incrível.

Para você que não conhece, Legends of Tomorrow conta a história de uma assassina, um nerd bilionário, dois ex presidiários, a reencarnação de uma deusa egípcia, um cientista, um mecânico e um cara do futuro atrás de vingança. 



A grande sacada aqui é que a série consegue unir o que tem de bom em uma equipe de super-heróis com o que tem de melhor numa equipe com anti-heróis, brincando com a ideia de que nem mesmo os heróis são totalmente bons ou totalmente ruins. A série lida com uma equipe totalmente disfuncional, mas que dá muito certo quando estão juntos, com um dos episódios piloto mais bem feito dos últimos anos.

Será que vocês poderiam parar de me socar!?
E o enredo não só lida com viagem no tempo e super heróis como tem milhares de referências à cultura pop. Preciso falar mais alguma coisa para te convencer a assistir essa série?


Outra coisa importante sobre o enredo principal ser focado em viagens temporais é que a série tá sempre mostrando a realidade social do passado em contraste com a nossa realidade atual, representando de forma séria essas situações.

É, porque não é como seu eu fosse um negro numa cidade pequena...
com uma garota branca sangrando no meu carro.

Uma das coisas que eu não gosto sobre os filmes dos Vingadores é a incapacidade de desenvolver esse conjunto grande de personagens em um só filme, deixando de lado alguns personagens incríveis que poderiam ser muito melhor explorados e Legends of Tomorrow, por ser uma série, tem todo o espaço para fazer isso mesmo não precisando. A gente já conhece quem eles são e como eles lidam com sua vida e seu passado (claro, para quem acompanha Arrow e The Flash). O desenvolvimento do personagem daqui para frente tem tempo de sobra para ser explorado e bem construído. E eles fazem isso muito bem!

E a melhor parte de tudo? Não tem com o quê comparar. É uma história completamente inédita. É um time que não existe nos quadrinhos. E isso é muito muito bom.

A melhor parte da série é Sara Lance. Essa mulher, essa atriz, a personalidade dela... YES! Tudo que eu queria era mais foco nela e que ela saísse da sombra do Arqueiro Verde e em Legends of Tomorrow ela é quem rouba a cena. Uma personagem badass, LGBT+, que tem lá seus problemas e é bem desenvolvida tendo o tratamento que ela merece? Sim, meus amigos, Isso existe.




Legend of Tomorrow está em sua primeira temporada e, no Brasil, teve sua estreia no dia 18 de fevereiro, pela Warner Channel.

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *