Ariel Carvalho Carol

Intensivão do Oscar: Carol

26.2.16João Pedro Gomes





Carol é um dos filmes que não foi indicado pra melhor filme, mas a gente precisou pôr aqui. Não é todo dia que tem um romance entre duas mulheres nos anos 50 sendo indicado ao Oscar, não é mesmo? Mas é claro que, apesar de dar muitos pontos positivos, isso não quer dizer que o filme vá ser bom. Ou vai? Ariel, Eduardo e Bells tiram a prova:

ARIELCarol é um filme extremamente sensível e realista. Através da história de duas mulheres que se apaixonam, o diretor Todd Haynes (responsável pelo maravilhoso Velvet Goldmine) mostra o machismo e as dificuldades de ser uma mulher na década de 1950. Rooney e Cate revelam uma química incrível: basta uma troca de olhares entre as duas para que toda a sala de cinema se perca na tensão sexual delas.

Nota: 4,5 conversinhas.


EDUARDO (@dudusfe):  Quando eu pensei em assistir ao filme a minhas expectativas em relação à ele eram extremamente diferentes do que ele provou ser. Não pelo lado ruim. Eu esperava uma representação clichê do tema e da relação amorosa das protagonistas em contraponto com a sociedade da época. Mas, a principal característica de Carol é não forçar as situações e representá-las de forma tão normal quanto elas deveriam ser.

Nota: 3 conversinhas.


ISABELLE (@theseabells): Ai, gente. Sabe quando você não consegue gostar de nenhum personagem? Então. Na verdade as únicas que eram "boas" são as protagonistas porque todo o resto é chato/babaca, mas nem elas me conquistaram. A Therese é lesada toda vida e ainda fez o papel de trouxa, enquanto a Carol age sem pensar nas consequências, faz merda e prejudica não só a si mesma como as pessoas que importam pra ela. Só consegui sentir empatia pela Therese lá pelo final do filme, porque coitada. Me compadeço de quem é feita de trouxa. Mas daí a querer continuar a ser trouxa já não rola HUIHDGIUFHDIGHDFIGHD. A Carol só fez uma coisa que eu AMEI na cena do tribunal com o "NÃO VOU NEGAR MINHA ESSÊNCIA", e cabô. Sinceramente não sei porquê a Cate Blanchett foi indicada e se ela ganhar ao invés da Brie Larson eu QUEBRO TUDO!!! Fora isso, eu AMEI a trilha sonora. Carter Burwell <3

Nota: 3 conversinhas, porque não me conquistou de forma alguma.

"Sinceramente não sei porquê a Cate Blanchett foi indicada"
PORQUE ELA É MARAVILHOSA
Tá, João não viu o filme ainda, João não opina UHAUUAHAUH


Título: Carol
Indicações: Melhor atriz principal e coadjuvante, roteiro adaptado, fotografia, figurino e trilha sonora
Direção: Todd Haynes
Roteiro: Phyllis Nagy (roteiro), Patricia Highsmith (romance original)
Elenco principal:  Rooney Mara, Cate Blanchett
Duração: 118 minutos
Ano: 2014

Nota geral:


TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *