A Esperança CCdiscussão

A prequel que Jogos Vorazes merece

12.12.15Dana Martins

Na imagem: Em um cenário de floresta Katniss (uma garota de jaqueta escura e trança) está ajoelhada olhando pra algo a frente, o rosto dela só expressa atenção e talvez cansaço. Em frente a ela uma garotinha está deitada na grama morta com uma expressão de paz e as mãos sobre o peito onde está um buquê de flores branca.

Quando eu vi o anúncio de prequel (e eu nem sei o que falaram exatamente, porque eu me recusei a clicar nos links), minha reação foi bem:





Por que? Por que vocês têm que fazer isso? Deixa a história descansar em paz. Em qualquer outra série não seria tão ruim, mas Jogos Vorazes não é apenas uma série de livros, é uma história sobre violência e glamourização da violência pela mídia. E, tipo, eles pegam uma história, esvaziam o conteúdo e usam como caça-níquel. O filme se torna o que a história critica. Tipo quando lançaram uma versão remix nada a ver da música da Katniss para as rádios. Ou grande parte da propaganda do filme, que... resumidamente: é burra. Enfim, quando anunciaram a prequel eu fiquei com 923823 pés atrás e bloqueei essa informação da minha vida. Aparentemente, meu cérebro não.

Essa noite eu sonhei que estava nos Jogos Vorazes e acordei pensando na prequel que eu gostaria de ver.

Pra começar, ela seria +18 e provavelmente ainda viria com aviso pra tomar cuidado antes de assistir. Mas vamos devagar, deixa eu falar o meu sonho.

O SONHO

(Nota: Tudo bem, essa parte é o meu sonho e, como todo sonho, é um pouco maluca, mas serve de base pra parte mais séria que vem depois)

No sonho eu estava em um jogos vorazes com a Katniss - era um troço estranho, eu não tava ali como participante, era como se eu tivesse reassistindo o primeiro filme e ao mesmo tempo entrando ali como uma refém que ela precisava proteger. Era eu e uma garotinha mais nova. Felizmente, estávamos com a Katniss Everdeen para nos proteger! Coisas explodindo e barulho de luta, o fogo cruzado acontecendo, e a gente andando abaixadinhas. Era simples: a Katniss falava "agora" e a gente atravessava correndo até um lugar pra se esconder atrás, tipo uma caixa como em jogos de videogame. 

No gif: Cena do jogo de The Last of Us com o boneco do jogador, um homem de uns 40 anos barbado de mochila, está abaixado atrás de uma mesa virada em um saguão de hotel todo destruído com as paredes sujas, pedaços de madeira no chão e outras mesas reviradas e coisas caídas. Do outro lado da mesa um homem armado aponta pra ele e é acertado por um tijolo jogado pela garotinha de camisa vermelha que está perto do jogador. Ela diz "ei, babaca" segundo a legenda


Assim até nós chegarmos em um lugar que parecia a calçada em frente a umas lojas, só que da calçada pra o lado de fora tinha paredes e no canto elas eram cobertas por cortinas. A Katniss fala pra gente se esconder e eu entro atrás de uma cortina e a garotinha atrás da outra. Só que aí a Katniss desaparece. (e a outra garotinha também)

Então estou eu, no meio de uma arena dos jogos vorazes, escondida atrás de uma cortina, sem armas e completamente sozinha. Entra alguém na calçada/corredor e vem uma criancinha demoníaca de uns 6 anos e quebra o pescoço da pessoa. Teve até um zoom sinistro pra mostrar o sorriso da garotinha. Depois a criancinha vai embora.

Eu não lembro direito, eu só sei que eu vejo muita gente morrer ali na minha frente. Normalmente quem mata, com as próprias mãos, são criancinhas. Eu lembro de pensar, como se tivesse assistindo o filme, "wow, eles colocaram a idade correta!" (ok, não era a idade correta, porque no livro é de uns 11 anos pra cima, mas no filme todo mundo parece ter 20). Cada vez vai ficando mais difícil não ser vista atrás da cortina. KATNISS, SOCORRO.

Em algum momento, acontece uma situação com três pessoas: acho que uma criancinha agarra alguém pra matar, nisso chega uma terceira com uma pistola antiga na mão pra dar um tiro na cabeça dela, só que a arma não atira! E no meio disso a criancinha me vê atrás da cortina. Desespero. Só sei que eu dou um jeito de agarrar a criancinha enquanto as outras duas pessoas estão lutando entre si e tentando fazer a arma funcionar. Meio que se formou uma breve parceria para mandar a criança demoníaca pra o inferno. Só sei que eu to deitada no chão, agarrando a criancinha em cima de mim, e a garota com a arma aponta pra matar a criancinha, mas a fdp faz numa posição que o tiro poderia acertar em mim também. Pra constar, essa garota com a arma era como se fosse meio idiota e não soubesse o que tava fazendo (afinal, é uma pessoa aleatória que foi jogada numa arena), então eu fiquei puta e arranquei a arma da mão dela. Mas a arma ainda não atirava. Era velha e tava travada e eu lembrei que os idealizadores faziam isso às vezes - colocavam armas que não funcionavam pra ferrar os participantes. 

Não lembro o que aconteceu, só lembro que eu percebi que não ia ganhar nada ficando na confusão e saí correndo. 

Na foto: Cena de Jogos Vorazes com 3 personagens em um gramado olhando para o lado com cara de raiva. O primeiro é um homem loiro alto com uma jaqueta vermelha e calça verde musgo. No meio uma garota baixinha que usa uma roupa igual, mas com um colete preto cheio de facas por cima. Por último outro garoto, esse de cabelos escuros, que usa uma jaqueta verde.
Ok, tava vendo essa foto agora e pensa que sinistro: você está de boa do lado de gente, que... você sabe que vai morrer.

Passo por mais gente se matando no caminho, encontro uma garota legal que eu conhecia de fora da arena (bem naquele "yey, você veio também!") e ela me dá meias. Irrelevante. O que importa aqui é que ela tá com um garoto que parece legal e, segundos depois  (não lembro o que acontece, vejo mais gente morrendo e ando pela arena), esse mesmo garoto tá vindo atrás de mim. Ele tenta me matar. E é tipo, aquele garoto legal que tava sendo meu amigo e quando chega na arena é um fdp que tenta me matar, porque é o jogo.

Nós rolamos pela grama, ele tenta enfiar o dedo nos meus olhos e eu seguro ele numa posição do jiu jitsu, só que ele tá em cima de mim, é maior e eu não to tendo força pra completar o golpe - no meio disso vem uma garota toda gente boa e mata ele. Algo me diz que foi quebrando o pescoço também, mas pode ter sido de muitos jeitos. E aí ela vem pra cima de mim. 

No gif: Um close do rosto abalado de Katniss quando ela fecha os olhos e cai uma lágrima.

A sensação esse tempo todo era horrível, porque eu não tinha armas. Eu não tinha como me defender. Se eu fosse lutar contra alguém, teria que ser com a minha mão ou algo nojento tipo faca. Eu tava torcendo pra encontrar uma arma de verdade. É tão mais fácil... só atirar em alguém de longe sem ver o resultado. Eu tava desesperada com ideia de ter que matar alguém. Eu não queria. Eu não queria ter que tocar nas pessoas. Eu tava com medo e enojada e percebendo que eu provavelmente morreria nos jogos vorazes porque eu hesitaria pra matar alguém. 

Mas ali, com um cara morto em cima de mim e a garota ajoelhada do lado vindo me matar, eu arranjo algo tipo um garfo/faca/caneta e enfio na cabeça dela. Nojento. Eu faço isso umas três vezes. Dá tempo dela perguntar no meio tristinha "pelo menos eu posso tomar o meu remédio antes?" - acho que o lance é que ela era uma garota de boa naquela situação. Imagina uma menina doce e frágil. E eu tava matando ela de um modo horrível. 

Na imagem: Uma garota asiática delicada em um gramado verde olhando para o lado com um sorriso no rosto e as mãos erguidas. Parece uma princesa.


A partir disso eu levanto segurando uma faca numa mão e um garfo na outra, mas eu to destruída porque eu matei pessoas e vou ter que matar mais pra sobreviver. Então eu penso na Katniss, quando ela diz nos livros que ninguém realmente bom pode vencer os jogos. Eu penso nas pessoas que ela matou e no que ela teve que fazer pra sobreviver. No pânico de estar na arena. É como se eu tivesse alcançado um novo entendimento sobre o quanto ela tá destruída por viver naquela situação. 

No gif: Cena de Jogos Vorazes com o Peeta de costas olhando para o lado com uma expressão de sofrimento, o olho cheio de água e hematomas no olho.


Disso corta como se fosse depois do primeiro dia dos jogos e eu tivesse assistindo a Katniss. (no sonho, existe uma pausa entre os dias nos jogos) Katniss está parada olhando para frente como um zumbi sem se mover, está usando uma roupinha tipo sailor moon(!), que parece infantil demais no corpo grande da Jennifer Lawrence. Aí a Katniss percebe "é isso que eles querem, eles estão nos transformando em uma máquina de guerra." Eles roubam quem a pessoa é e a transformam em assassinos. 

A PREQUEL DE JOGOS VORAZES

Daí eu acordo, bem atordoada, de um daqueles jeitos que parece até cena de filme quando o personagem senta na cama de olhos arregalados. Não sei por que eu sonhei isso, só sei que eu comecei a pensar na prequel de Jogos Vorazes: e se o filme fosse uma arena assim?

Na imagem: Cena de Jogos Vorazes com o gramado verde mostrando metade de um círculo de pessoas. Elas estão lado a lado, cada uma em cima de uma base de concreto circular, onde começam a arena.


Não um filme todo romantizado com O NOVO HERÓI DOS JOGOS VORAZES (eu espero que no mínimo seja uma heroína), mas um filme que mostrasse a experiência cruel da arena (e de viver na Capital) de uma forma como os filmes da trilogia não puderam mostrar por causa da censura.

Seria interessante se escolhessem uns 3 tributos diferentes pra história acompanhar - você é levado a se aproximar deles, mas sabe que apenas um (se é que vai ser um deles) vai sobreviver. 

Eu queria um contraste entre os tributos. Queria algum de um distrito mais pobre, que não está preparado para a experiência na arena, que como eu no sonho teria que passar pela experiência desesperadora de estar em uma arena com pessoas que querem te matar sem ter como se defender e, ainda, ter que matar alguém. Bônus se a pessoa vomitar depois de ter que fazer isso. Queria incluir, também, uma cena antes da arena que mostrasse aquilo que a Rue conta pra Katniss no primeiro livro, sobre um garoto todo crianção que pega inocentemente um óculos de enxergar no escuro que eles usam nas plantações (?) e a polícia mata sem nem pensar. 

O outro seria do distrito 2 ou algum onde tem carreiristas e luxo. O filme começaria com esse tributo, mostrando bastante a "riqueza" dali e como eles vivem melhor, glamourizando os jogos. Seria algo bastante pegando essa ideia dos jogos como entretenimento e fazendo referência até a forma como tratam Jogos Vorazes no mundo real. Tipo, se esse filme acontecer, é provável que quem vá correndo ver tenha bem essa mentalidade YEAH ARENA JOGOS VORAZES COMPETIÇÃO, então o filme começaria fortalecendo essa ideia. (só pra destruir depois)

Algumas ideias aleatórias: mostrar alguém da Capital acompanhando, talvez até o Cinna o jovem ficando puto com a Capital!!! talvez mostrar um dos vencedores antigos destruído. mostrar também pessoas nos distritos. Verdade seja dita, você tem muito espaço pra fazer algo bom no universo de jogos vorazes. Dava pra fazer um filme inteiro sem nem usar a arena. 

Nos jogos em si, seria mais pânico e destruição. Teria participantes jovens QUE PARECEM SER JOVENS. Teria a experiência de matar pessoas e não saber fazer isso. Não quero mostrar sangue porque é legal ter sangue e pessoas morrendo de maneira nojenta, mas de uma forma que mostrasse o horror de fazer isso. Uma criança de 12 anos tendo que matar alguém. 

Ainda teria que ser uma história que te fizesse conhecer e gostar dos protagonistas, mesmo que você não saiba quem eles são.

E eu queria usar elementos que relembrassem sutilmente do que a Katniss faz nos outros filmes. Algo não que você olhasse e "olha, é o que a Katniss fez", mas que quanto mais você assistisse mais você se desse conta de que a Katniss passou por tudo isso. 

No gif: Katniss usando um macacão cinzento chegando sobre as ruínas do distrito 12. Basicamente uma rua cheia de destroços e pedaços de prédios explodidos.

No fim, o vencedor está destruído, é claro. A comemoração ao redor parecendo falsa. E só a sensação de que está tudo muito errado. 

Enfim, se vamos voltar pra arena, eu gostaria de uma que mostrasse a crueldade da realidade dos jogos, a impotência dos participantes, o nível obscuro do que a Katniss teve que sobreviver. Algo que quando você olhasse outra vez pra trilogia original, você refletisse sobre o que aconteceu ali. Nada de heróis, ou alguém sobrevivendo ao desafio tipo um jogo de videogame, ou como os super-heróis fazem nos filmes e tal. Algo que mostrasse a realidade. Um filme bom, doloroso e que fosse até onde Hollywood tem medo de ir. 

No gif: Cena de Jogos Vorazes com a garotinha Rue em pé tirando aos poucos da ferida da barriga uma lança que jogaram


Às vezes eu me pergunto: mas, Dana, precisa fazer algo violento assim? 

Aí eu penso na quantidade de filmes que mostram violência como se fosse algo normal. Todos os filmes de super-heróis. Todos os filmes de ação. 9238923823 de séries. É bomba explodindo, heróis enfrentando tiroteios e até Lara Croft, que é uma arqueóloga procurando os mistérios de tumbas, enfrenta exércitos de inimigos. A violência não é uma exclusividade desse filme, ela já é mostrada na maioria. Só não é mostrada como acontece na realidade: de maneira cruel. Eu acho que uma prequel assim seria mais do que a ideia de um filme legal pra fazer, talvez seja uma história que nós precisamos que seja feita. 

Uma prequel que pega uma das críticas do livro e torna uma experiência digna. 

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

  1. Um filme que mostrasse a violência sem glamour. Mas seria bem fácil cair nas cenas gore e crianças se matando só pra chocar o público, que no fim ainda é uma glamourização.

    ResponderExcluir
  2. Nossa que viagem... Assim como animais fantásticos e onde habitam saiu de Harry potter e virou filme, Series que tenham um mundo tão amplo correm o risco de serem exploradas até a última gota, Eu assisti a um ou 2 filmes de Jogos Vorazes, Eu realmente gostei do primeiro, gostei do jogos, da situação conflito em que os jovens são obrigados a compactuar, quando chegou na parte da rebelião eu abandonei.

    Mas assim como aconteceu com Batman, quando a última trilogia foi finalizada, um mês depois falaram em recomeçar e recontar a história, que eu imagino que logo, logo, jogos vorazes será recontado com outros atores, e a desculpa será uma modernização da história para as novas gerações.

    http://52semanasemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *