CCdiário CCListas

A vida de um dono de casa

30.10.15Eduardo Ferreira


Aos 17 anos eu me mudei da casa dos meus pais e descobri um mundo completamente diferente ao morar sozinho*. 

Eu ainda lembro da sensação inicial de finalmente mudar da casa dos meus pais e de como era tudo novo e maravilhoso. Hoje, quase quatro anos depois, eu realmente desejava ter conhecimento de algumas coisas antes de me mudar.


E, é por isso que eu resolvi fazer essa lista das coisas que você só aprende depois que começa a morar sozinho.

#1 - Existe um buraco negro para onde todas as coisas vão e eu não tenho as habilidades localizadoras da minha mãe.

Algum tempo atrás eu fiquei duas semanas procurando a caixa do meu óculos e não encontrava de forma alguma. Até achar no lugar mais óbvio do universo quando não estava nem procurando.

Desse magico buraco negro também brota algo chamado lixo. Eu nunca imaginei quanto lixo é gerado numa casa em uma semana. TEM LIXO PRA CARAMBA! E eu não aguento mais colocar o lixo para fora.

#2 - Limpar a casa toda semana é melhor que qualquer academia.


Um pouco exagerado, mas quando você terminar de limpar a casa inteira o suor e a falta de fôlego vão te fazer acreditar piamente na afirmação acima.

Na lado oposto disso: passar roupa é um verdadeiro exercício de paciência.

E nunca deixe coisa suja na pia. Porque toda vez que você sujar algo você vai ficar com mais preguiça e a pilha de coisas sujas só aumenta.

#3 - Existe um lugar mistico chamado a parte de cima da porta.

E você sé tem duas opções para lidar com isso: 1) passar um pano nesse lugar todo dia; 2) nunca passar um pano lá para evitar traumas maiores. 

Você não imagina a quantidade de poeira que junta num lugar desses e pode dar adeus a qualquer pano que entre em contato com essa superfície.

#4 - Você nunca imaginava que ao limpar a geladeira encontraria coisas tão misteriosas e assustadoras.


E você sempre passa por aquele momento de tentar entender o que aquela coisa preta e estranha dentro de um pote aleatório poderia ser e desistir imediatamente quando resolver abrir o pote e perceber que foi a pior decisão da sua vida.

#5 - Use sempre roupas velhas quando for fazer algo em casa.

Limpar o banheiro vai, eventualmente, terminar em uma camiseta ou bermuda descolorida de cloro e você vai adotar a moda dos pontinhos descoloridos porque era uma camiseta que você gostava de usar. RIP CAMISETA



#6 - Seu humor reflete muito em qualquer coisa que você cozinhe.


Essa coisa de fazer almoço todo dia é algo que te mostra o quanto seu humor reflete nas coisas que você faz. Fazer arroz quando você está desanimado e preguiçoso vai resultar num arroz preguiçoso que sonhou em ser risoto.

Ou em algo sem sal ou com sal demais.


#7 - Você vai se sentir solitário às vezes.


Mas, por outro lado, ficar sozinho é a melhor coisa do mundo e nada se compara ao silêncio quando você não quer nenhum barulho por perto.

#8 - Você vai poder ouvir música alta sempre que quiser sem ninguém reclamar (ok, talvez os vizinhos)



#9 - Vai demorar um tempo pra você se acostumar a chamar sua casa de minha casa e a casa que você cresceu de casa dos pais e não mais sua casa.


Isso só vai acontecer quando você tiver conversando com alguém e as coisas começarem a ficar confusas. "Você tem duas casas?" "Afinal, onde você mora?"

#10 - Nada se iguala à sensação de independência que morar sozinho te dá.



TAGS: , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

8 comentários

  1. Perfeito :'( Quero muito isso.
    As coisas não ajudam hehe
    Fiquei com Inveja!!!!

    ResponderExcluir
  2. hahaha muito bom!
    Infelizmente eu ainda não tive essa experiência de morar sozinha, porque estudo na mesma cidade em que faço faculdade, então não precisei me mudar... quem sabe quando eu começar a trabalhar de verdade, né? :)
    A dica nº 6 me lembrou o livro "A Peculiar Tristeza Guardada Num Bolo de Limão", da Aimee Bender. É sobre uma menina que pode saber o que a pessoa está sentindo através do comida que ela tiver preparado. É muito booom! Leia!
    Mari, :* :*
    Ler é Conhecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Mariana. Amei essa sua sinopse dessa história. Não conhecia essa história e agora fiquei com muita vontade de ler. O livro entrou na minha lista desejados já hahahaha
      Obrigado <3

      Excluir
  3. Eu também saí de casa com 17 anos (no terceiro ano do ensino médio morei com três amigas e depois na faculdade morei *moro* sozinha) e me identifiquei com absolutamente tudo. Concordo que pode ser bastante solitário as vezes, mas, como você disse, nada se compara à essa sensação de independência.
    Ah, sobre a parte de cima da porta: eu escolhi nunca limpar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom se sentir independente. E eu acho que morar sozinho é uma das experiências obrigatórias da vida. Você vai aprender muita coisa e descobrir o que realmente é a vida adulta só quando é obrigado a fazer as coisas sozinho.
      Eu fiz a terrível decisão de limpar a parte de cima da porta uma vez. Depois do trauma decidi nunca mais fazer nada com aquela parte HAHAHAHA

      Excluir
  4. Me identificando demais com a lista. E eu prefiro nunca saber o que tem em cima da porta... hahahahahah
    Divido com mais duas meninas e olha, ainda assim é complicado. Que negócio chato limpar o quarto, tirar tudo do lugar, tirar pó, reorganizar, passar pano e, meia hora depois que acaba, ver que já tem poeira de novo. Ugh. De onde sai tudo isso????
    Enfim, dá trabalho, cansa, às vezes dá muita vontade de voltar... Mas ao menos vamos criando responsabilidade aos poucos, e a independência é a melhor parte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior coisa do universo: você limpar a casa e dois minutos depois a poeira estar lá novamente. Sério, ás vezes dá vontade de deixar tudo como está e viver no meio da bagunça mesmo UAHSUHAUSHAHUAS

      Excluir
  5. Eu estou ansiando por esse dia suahsauhsuash
    Acho que eu não teria problema com a maioria das coisas, porque eu sempre ajudava em casa, em diversas tarefas, como montar móveis e.e
    Mas eu achei um post digno. E eu ri pra caramba :v
    Uma coisa que eu não vejo a hora é me sentir solitário suahsuashau
    Eu sou meio notívago, então eu tenho um grande apreço pela solidão.
    Até porque, poderei sair a qualquer hora, sem nem precisar avisar ninguém (né?).
    Thank you pelo post.
    Até a próxima. Sucesso! *-*

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *