Bloodlines CCLivros

O Círculo Rubi, de Richelle Mead

29.9.15Isabelle Fernandes


"— Sydney — Adrian me interrompeu, segurando meu rosto entre as mãos. — Nunca, nunca pense desse jeito. Não me arrependo de nada que enfrentamos juntos. Estar com você é a melhor coisa que poderia ter me acontecido, a única decisão perfeita que tomei nessa minha vida atrapalhada e sem juízo. Faria tudo de novo para ficar ao seu lado. Nunca duvide disso. Nunca duvide do que sinto por você."
É com muito sofrimento que inicio esta última resenha da saga Bloodlines. Acho que estou vivendo a fase de negação do luto, porque a impressão que eu tenho é que não acabou e que daqui a seis meses terão mais livros lançados, mas essa não é a verdade.

A VERDADE É QUE ESTE É O FIM!!! O FIM!!! (pelo menos por enquanto....)

Agora vamos ao que eu achei do capítulo final que não parece final dessa história absurdamente incrível.

Bom, tudo começa de onde parou lá em Sombras Prateadas, com Sydney e Adrian trancafiados em seu flat cercados de vampiros revoltados com a sua união enquanto ninguém tem pistas sobre o paradeiro da Jill. Só essa frase indica em que pé está a vida deles, né. Olha que merda. Sydney lá sozinha, sem contato com ninguém e ainda tendo que encarar gente hostil, MORANDO COM A SOGRA e Adrian, que já não é uma pessoa naturalmente equilibrada, no meio desse rolo e também sendo hostilizado. Nada legal.

Eis que então uma pessoa brota lá na Corte Moroi com 9vidades!!! A professora Terwilliger está de volta e com a oportunidade que eles estão esperando: pistas e uma possibilidade de sair da Corte e fazer algo útil. É aí que começa a história de verdade, já cheia de maracutaias mágicas e adrenalina. Enquanto Sydney, a professora e Eddie participam de um verdadeiro jogo de sigam as pistas, Adrian fica pra trás (como sempre, coitado HFUSHFUDHFS) e acaba se envolvendo com uma treta de Charlotte Sinclair, outra usuária do espírito, que está desesperadamente atrás da irmã dampira desaparecida.

Prestem bem atenção a essa parte da história, porque ela vai definir tudo. Inclusive o final dos personagens.

ISSO MESMO SÓ SE PREPARA
Acho que a partir daqui não posso mais contar muita coisa, porque são coisas que podem levar aos temidos SPOILERS e até eu, que normalmente gosto deles, ficaria revoltada se recebesse um. Resumindo de forma cuidadosa, tudo o que apareceu ao longo da saga volta com algum papel nesse último livro e são formadas várias alianças pra tentar achar a Jill e resolver as tretas mágicas. Ainda tem muitos momentos tensos, perseguições, pessoas se resolvendo, tretas novas surgindo, MOMENTOS EMBASBACANTES, momentos românticos, enfim.

E indo contra a maré de histórias extremamente sofridas, com altas dificuldades pra resolver todos os problemas até chegar ao final, Richelle resolveu que isso tudo é bobagem e simplificou. As soluções são simples, gente. Simples, fáceis e sem muito drama HFUSHDFUISHDFIHSDFIHS. Tanto que chegou o epílogo e eu fiquei tipo "QUE???? COMO ASSIM??? JÁ??". Não tava acreditando que era o final.

Isso é ruim? Bem, eu não sei, depende do seu gosto. Acho que esse é o tipo de livro que desagradaria pessoas mais exigentes, mas quando se trata de algo que eu amo muito eu sou tudo, menos exigente. Pode acabar a história do jeito que quiser amiga, contanto que meus shipps terminem bem e as tretas se resolvam de forma coerente. E temos as duas coisas no fim. Só que....ainda ficaram algumas pontas soltas, alguns finais não totalmente esclarecidos ou citados. 

Eis que vejo isso nos agradecimentos::

"E, mesmo parando agora, não se preocupem. Não acho que essa tenha sido a última vez que vimos esses personagens."

AH MEU DEUS, EU SABIA!!! EU SABIA!!! A ESPERTINHA DEIXOU CONTEÚDO DE SOBRA PRA MAIS UMA SAGA INTEIRA DE PROPÓSITO!!!!! 

SDDS DESSAS RESENHAS
SDDS DE USAR ESSA GIF NELAS
Então basicamente agora nem tô mais no sofrimento pelo fim de uma saga e totalmente na ansiedade pré sagas. Vem mais coisa por aí, tenho certeza, e tem tudo pra ser maravilhosooooo. Ansiosíssima pra saber o que ela vai explorar agora, se vão entrar novos personagens, novas tretas, enfim. MEU CORAÇÃO VIBRA DE EMOÇÃO E ANSIEDADE!!!

Só me resta agora aguardar e morrer de saudades de todo mundo, porque sério. Esse universo maluco com vampiros, bruxas, alquimistas e guerreiros lunáticos anti-vampiros é tão maravilhoso, tão incrível que tem o mesmo poder que Harry Potter teve sobre mim durante parte da minha vida: o desejo de que fosse real. Que esse mundo e os personagens existissem e que esses livros na verdade fossem só uma espécie de autobiografia, a narração de algo que tá acontecendo em algum lugar, em algum momento.

Pra mim esse é o maior indicador da competência de um escritor, e Richelle Mead tá mais do que de parabéns. Agora:::

Segunda resenha onde uso essa gif pra uma saga...tá perigoso HUGDHFGIDHIGD



Ficha Técnica


- Autora: Richelle Mead
- Saga Bloodlines
- Editora: Companhia das Letras, sob o selo da Seguinte
- À venda emSaraiva - Livraria Cultura - Submarino








TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

  1. Cara, eu preciso ler esse livro! Ando tão ocupada que esqueci que já tinha saído. /o\
    Saga nova? Já quero!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, super concordo com a parte de não ser exigente com o final. TUDO PELO SHIPP!!!! Mas nossa, ~~~~~~~~PEQUENOS SPOILERS ~~~~~~~~~~~~ não imaginava aquele final pra dona Sage, e o Adrian meio que superando super rápido?!?!?!?!?!?wtf?!?!?!?!
    MAS CADEEEEE NOVO LIVRO!!!! QUERO MUITO

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *