amizade Ana Luíza Albacete

Qual é a influência do seus amigos em você?

20.3.15Ana Luíza Albacete


Criar esse post é meio complicado, já que os outros integrantes da equipe fizeram lista ou contaram coisas que têm em comum e nós, Ana e Dana, vamos por um caminho completamente diferente.

O caminho que vamos seguir é o seguinte: sabe essa história de que "algumas amizades passam num piscar de olhos, outras são feitas para durar até que você pisque pela última vez"? Pois é! É complicado ter uma relação de amizade verdadeira com alguém hoje em dia, mais difícil ainda se uma dessas pessoas são difíceis de lidar.

Então eu (Dana) e a Ana tivemos uma conversa sobre "hoje em dia", em que discordamos sobre a ideia de que "hoje em dia" é mais difícil fazer amigos. Pra ela, já foi mais fácil fazer amizade e hoje em dia está mais difícil. Pra mim, pode ser difícil fazer amizade, mas não está relacionado a época. 

Porém, tem algumas pessoas por quem se vale a pena arriscar enquanto outras que são tão tranquilas e entram na sua vida tão sem querer, que quando você percebe o convívio nos fez melhorar como pessoa e influenciou nossas vidas de uma forma positiva.

Foi exatamente assim que aconteceu comigo e com a Dana. Eu a conheci em 2010, por intermediário de um outro amigo, mas só em 2012 que nos aproximamos de verdade por causa do ConversaCult. Desde então eu só tenho aprendido cada dia com ela.

Mas, Ana, como assim, aprender com a Dana?

-nnnnn

Algumas pessoas simplesmente surgem em nossas vidas para mostrar algumas coisas. Por exemplo: A Dana me passa uma serenidade louca e um ar de que tudo vai dar certo, não importa o que pode acontecer. Conversar com a Dana te dá uma sensação boa, sabe? Uma sensação que me faz acreditar que muita coisa é possível se mantermos a calma (coisa que eu, ariana-ansiosa-impulsiva-estressada nunca consegui enxergar em vinte e tantos anos de vida). Só fui compreender isso depois de muita porrada da vida, ideias trocadas e saídas com amigos, especialmente com a Dana.

Já do lado dela, eu faço o contrário. Enquanto a Dana me passa calmaria, eu passo energia à ela. Palavras da Dana:

"Você tem uma energia gritante! (...)  Só de estar perto de você eu consigo ~incorporar~ isso. O seu jeito de ver as coisas e lidar com elas também. Eu adorei ver você cuidando do seu filme, isso me ensinou algumas coisas, até para o CC. É tudo baseado nessa força/energia que você tem e você me ensina a usar isso"
Obviamente, todos nós temos defeitos. Ninguém é perfeito, mas o que podemos fazer é aprender a lidar com todas essas coisas, principalmente quando amamos nossos amigos.


Enfim, vim aqui, falei tudo isso para mostrar à vocês leitores, que amizades surpresa valem a pena e também, para vocês verem que a influência das pessoas na gente, na maioria das vezes, vale a pena.


Leia o último Operação Filhotinho:
10 Sinais de que o blog de Cultura Pop que você visita é realmente legal



TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *