CCEntrevista CCLivros

Vida de Escritor: o projeto da editora Rocco!

1.9.14Igraínne


Oi, meus amores! Essa semana começou no Instagram da Editora Rocco um projeto superlegal chamado Vida de Escritor. No projeto, a cada semana um escritor da casa é escolhido para tomar conta da rede social, postando tudo aquilo que faz referência ao seu próprio mundo. A ideia é aproximar o autor do leitor, uma forma divertida e animada que promete dar mais do que certo. Quem deu o pontapé inicial foi a querida Luiza Trigo, autora de "Carnaval", "Meus 15 anos" e outros. Como a equipe do CC ficou muito interessada na ideia, resolvemos fazer uma entrevista rapidinha com a gerente de Comunicação da editora, a Cíntia Borges! Para conferir a entrevista, é só clicar aí embaixo!

1) Como a ideia "Vida de Escritor" surgiu? Vocês sentiram algum tipo de curiosidade por parte do público? 
Algumas contas de Instagram já mantêm colaboradores ocasionais que alimentam o perfil por um determinado período. Foi daí que tiramos a inspiração para o #vidadescritor: porque não usar autores da casa para colaborar com fotos de sua rotina o nosso perfil?

2) O "Vida de Escritor" é quase um reality show. Vocês planejam expandir o formato? Por que optar pelo Instagram?
O projeto acaba de começar, não há planos de ‘expansão’. Pra gente, ele não é um reality show porque não mostra o escritor propriamente em ação. A ideia é desmitificar a rotina do escritor, que vive participando de feiras, bienais, encontros, e que alterna o tempo de ‘instropecção’, de produção, com uma rotina quase de ‘caixeiro viajante’. O instagram é visual, o que pode servir de contraponto à produção escrita do autor, trazendo à tona aspectos menos conhecidos da rotina dele. É também uma colaboração mais ‘leve’, que exige menos do escritor, visto que ele não tem a necessidade de fazer fotos tecnicamente incríveis para o projeto.


3) Como foi a recepção dos escritores a respeito do projeto? Eles gostaram da ideia? Como tem sido a experiência da Luiza?
Vamos convidar os autores aos poucos, e apenas um por mês. Luiza gostou bastante. Ela já alimenta diariamente o instagram dela. Por uma semana, ela fornecerá imagens também para o nosso.

4) A Bienal é um grande evento que promete fornecer bastante material para o "Vida de Escritor". Vocês pensaram em lançar o projeto nesse período propositalmente? 
Não, foi mera coincidência. Tivemos a ideia às vésperas da Bienal e pensamos na Luiza por ela estar em nosso estande todos os dias da Feira.

5) O casal de escritores Raphael Draccon e Carolina Munhóz, agora da Rocco, chegaram a montar um reality show que não foi lançado. Vocês planejam chamá-los para o projeto? (essa é uma pergunta que despertou muita curiosidade dos fãs).
Eles são fortes candidatos a participar, em algum momento, do projeto. Mas não queremos limitar o #vidadeescritor aos autores jovens, ou com forte apelo entre os jovens. Adoraríamos contar com a colaboração de autores menos afeitos às redes sociais, mas que tivessem desprendimento para dividir um pouco da rotina deles conosco – em casa, no escritório, mostrando a biblioteca, as marcações do texto, os livros que lê enquanto produz, as músicas que não param de ouvir, etc.


6) Existe muita polêmica (e preconceito) em torno da ideia de "Escritor" como uma profissão que pode se firmar sozinha. Geralmente, os escritores têm outra profissão além dessa, ou seja, uma outra "vida". Vocês acreditam que o projeto pode ser uma forma de evidenciar que escritores, sejam renomados ou não, também podem ser grandes profissionais voltados exclusivamente para os livros?
Nossa ideia com o projeto era apenas a de apresentar um pouco mais da rotina do autor, para além do texto dele, para o grande público. Não pretendemos provar nada com a ideia.

7) O "Vida de Escritor" é um projeto inovador no ramo literário. Pela primeira vez, o destaque está em cima dos "criadores" e não da "criatura". Vocês acham esse tipo de visibilidade importante?
Criadores se colocam diariamente à disposição do público para apresentar suas ‘criaturas’, em entrevistas, blogs, perfis de facebook ou de instagram. A Editora já utiliza esse artifício ao fazer fotos, perfis, entrevistas com os autores. E o autor se expõe ao participar de feiras, lançamentos e bienais em todo o país.

O autor que participar do #vidadeescritor não precisa, necessariamente, expor sua imagem. Ele pode postar por uma semana, sem colocar um único selfie, se assim desejar. Ele pode postar fotos de evidências de sua rotina, por exemplo: café, chá, lápis, anotações, agendas, livros que anda lendo, Cd’s que não saem do carro, etc.


8) Vocês têm projetos parecidos (ou não) para serem lançados no futuro? Se sim, podem nos contar um pouco? 
Fizemos, neste primeiro semestre, um verdadeiro reality show com o escritor e ator Vinicius Campos. O autor aceitou o desafio de escrever 30 mil palavras, ao vivo e online, por um mês. Depois disso, ele teria mais um tempo para trabalhar no livro, em privado, e finaliza-lo. Uma vez por semana, ele também respondia as questões dos leitores, via hangout. "Minha vida cor-de-rosa #sqn" será lançado em novembro, pela Rocco.

O ConversaCult e todo o público do blog agradecem a abertura da editora! Um obrigada especial à Ana Slade por possibilitar o contato e a entrevista :)

E você? Já sabia a respeito do projeto? Conta pra gente!


- Igraínne M. 
(vulgo Igra)

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *