august rush broadway

Musicais para quem odeia musicais

5.9.14Elilyan Andrade


CCSEXTA! \o/ 

Você não sabe o qual feliz estou com esse CCSexta, pois voto nesse tema a meses. Nesse mês todas as sextas-feiras vamos falar sobre musicais. Se você é mais um hater de musicais só tenho uma coisa a dizer: CALMA AÍ. NÃO ME ABANDONE. FICA COMIGO QUE VAI VALER A PENA!

Tem muita gente que odeia musicais e nem sabem direito o porquê. Antes de tudo: musical é um adjetivo de música e pode referir a filmes, teatro e séries. Pode ser que você odeie o filme Chicago, a peça Tim Maia - Vale Tudo, o Musical, mas ama a série Glee, ou seja, você não odeia plenamente musicais. ;) Normalmente que gosta de música costuma também curtir qualquer forma que ela esteja inserida. 

Agora se você odeia musicais independentemente da plataforma midiática, então vou pedir para que leia esse CCsexta. Ele foi feito para você. Aproveite.

Acredito que o principal problema das pessoas com musicais é que na maioria das vezes os filmes, peças e séries costumam ser excessivos. É muita coreografia, músicas com letras e melodias cafonas e figurino de gosto duvidoso. Musicais têm mania de grandeza e nem todo mundo gosta de dramalhão. Pensando em pessoas que não curtem a novela mexicana que basicamente é a maioria dos musicais, alguns produtores vão na contramão e ganham corações por colocarem em prática a lição de Coco Chanel: menos é mais. 

>>> August Rush - O Som do Coração 


O Som do Coração é um filme de 2007, que conta a história comovente de August Rush (Freddie Highmore), resultado do encontro casual entre um guitarrista e uma violoncelista. Crescido em orfanato e dotado de um dom musical impressionante, August decide usar seu talento para tentar reencontrar seus pais. 

Lembro que a primeira vez que assisti O Som do Coração pensei que o filme era só um drama. Gostei muito de ser surpreendida pela história do “órfão” e pela maravilhosa trilha sonora. Se você gosta de música pop rock que flerta com o clássico a trilha de August Rush irá lhe conquistar. Sem falar os quotes incríveis que exalta o amor pela música.

>>> Nashville 

Nashville é uma das melhores séries da atualidade, in my opinion e da crítica americana. A série conta a história de Rayna James, uma lenda da música country, com uma carreira de fazer inveja a qualquer cantora. Entretanto, sua popularidade está começando a diminuir. Para reparar isso Rayna se junta, a contragosto, com Juliette Barnes, uma jovem estrela em ascensão. A primícia básica de Nashville pode até parecer desinteressante, mas essa série é um drama de qualidade da ABC e já teve suas atrizes principais indicadas ao Globo de Ouro e outras respeitáveis premiações. 

Muito mais que a briguinha entre as cantoras a série trata de assuntos sérios como: a indústria musical, drogas, alcoolismo, corrupção, fama, homossexualidade e outros temas. Nashville não foi feito para os corações fracos. 

Quando o assunto é música só posso dizer que a série domina a parada country do iTunes, superando em alguns momentos nomes como Blake Shelton e Carrie Underwood. Nashville tem um acervo de músicas country e folk de altíssima qualidade. Não espere covers da Taylor Swift, pois a série não é Glee e só tem canções inéditas. Preste atenção especial as músicas cantadas pela linda Clare Bowen, que interpreta Scarlet. A loirinha tem a melhor discografia da série. 

>>> Once


A peça musical Once é baseada no filme de mesmo nome e conta a história de amor frustrado entre um músico e uma imigrante cantora e pianista em Dublin. Em 2012, foi o grande vencedor da 66ª edição do Prêmio Tony, com oito estatuetas, incluindo as mais importantes: melhor musical, melhor diretor (John Tiffany) e ator (Steve Kazee). 

Once é grandioso ao ser minimalista. Com cenário único (um pub irlandês), sem coreografias, os atores tocam os instrumentos e poucas trocas de figurinos, a peça é feita para quem aprecia espetáculos que vão na contramão dos mais famosos musicais da Broadway e West End

Se tudo isso que falei não fez você ficar com vontade de comprar agora uma passagem para Nova York ou Londres para conferir ao vivo o espetáculo, saiba que a plateia pode comprar bebida antes da peça e durante o intervalo no pub que serve de cenário. Isso mesmo, você já pode falar que pisou num palco na Broadway. ;)

Além desses três incríveis exemplos posso sugerir, amigo hater de musicais, High School Band, O Garoto de Liverpool, Billy Elliot, Escola do Rock e muitos outros filmes, séries e peças do gênero que irão fazer você mudar de ideia. 

Gosta de musicais? 
Então ouça nossa playlist especial com o melhor do gênero.

- elilyan andrade

TAGS: , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. Conversa para mim <3
    Confesso que detesto musicais porque não acho que as pessoas saem pedindo pães cantando nem consigo gostar daquelas cenas em que uma galera faz uma coreografia pelas ruas, seguindo o protagonista que cantarola alguma coisa.
    PORÉM, tô aqui, considerando assistir Once ou August Rush (porque acompanhar um seriado musical não está na minha alçada ainda).

    abraço*
    andrecefalia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andré, se eu cantasse bem, te ligava só pra pedir pão cantando HAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUAH (se eu fizer isso, ia parecer que eu tava passando mal e você ia desligar na minhac ara ou chamar uma ambulância)

      (once e august rush são lindos!)

      Excluir
  2. Só um comentário:

    O Garoto de Liverpool (Nowhere Boy) não é um musical.O musical sobre os Beatles é o Across the Universe, com o lindo do Jim Sturgess no papel principal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catharina, de acordo com o IMDb O Garoto de Liverpool é um drama cinebiografia musical. Também acho estranha essa classificação, mas como não faço parte da indústria de cinema nem questiono. É como o filme Billy Elliot também ser um drama cinebiografia musical, quando em nenhum momento alguém canta. Vai saber como funciona a mente desse povo. rss

      Across the Universe é bem legal, mas não recomendo para quem não gosta de musicais por causa de algumas cenas super over, na minha opinião tem a melhor versão de Blackbird. E os Beatles tem um monte de musicais inspirados neles além de Across the Universe, ressalto Let it Be (estreou recentemente em Londres) e Beatles Num Céu de Diamantes (vencedor de dois prêmios Shell).

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *