alias arquivo x

Dicas para assistir séries de ficção científica

14.3.14Elilyan Andrade


Assim como “esquecemos” de ler ficção científica, esquecemos de assistir séries de ficção científica. Diferente do Diego que disse, na primeira CCSexta desse mês, que FC é para todo mundo, acredito que esse gênero é para gente que não tem preguiça de pensar. Quando assisto uma série de ficção científica sei que ela falará em questões pouco usuais, que instigará e necessitará de uma reflexão. Não posso ter preguiça de pensar e nem pouca força de vontade para insistir em séries que necessitam de 5, 15 episódios e as vezes até uma temporada inteira para construir uma mitologia interessante. 

Para você que está interessado em investir tempo em séries de ficção científica vou te dar algumas dicas de quais séries vale a pena assistir e como cheguei ao final delas.

ARQUIVO X (The X-Files)



Fenômeno durante a década de 90, Arquivo X entrou na minha vida como parte de uma terapia: eu tinha medo de extraterrestres. Ao longo das 9 temporadas de Arquivo X meu medo foi deixado de lado quando me envolvi com as teorias de conspiração que a série abordava. 

A série de Fox Mulder e Dana Scully é muito mais que um passatempo cheio de aliens e conspirações governamentais; questões como anomalias genéticas, experiências científicas, paranoia, paranormalidade, vida após a morte, romance em ambiente de trabalho, entre outros eram desenvolvidos. 

"The Truth is Out There" lema da série foi o que me motivou a chegar ao final (como qualquer série que passa da 5ª temporada Arquivo X fez algumas opções de roteiro que achei questionáveis e quis abandoná-la). Para você que quer começar a assistir séries de ficção científica e tem medo, pois muitas delas possuem elementos de terror, sabia que “a verdade está lá fora” e você precisa superar seu medo para descobrir a verdade e viver grandes aventuras

STAR TREK



Assim como Contatos Imediatos do Terceiro Grau é obrigatório para qualquer fã de filmes de ficção científica, Star Trek é obrigatório para qualquer seriador. Para ser respeitado por outros seriadores fãs de FC é necessário que você tenha assistido pelo menos uma temporada de Star Trek (a gente é besta a esse ponto). 

A franquia Star Trek começou em 1966, e levou a criação de vários spin-offs e filmes. O Star Trek original seguia as aventuras interestelares do Capitão James T. Kirk e sua tripulação dentro uma nave espacial da Federação Unida dos Planetas: a USS Enterprise. Dentro da Enterprise, Kirk e sua tripulação viveram várias aventuras que impactaram (e continua impactando) culturalmente a sociedade. Com elenco multirracial e multicultural e com roteiros que apresentavam discussões sobre temas contemporâneos, como direitos humanos, guerra, feminismo, tecnologia e imperialismo Star Trek ousou na década de 60.

Se você tem preguiça de assistir qualquer série de ficção científica mais antiga que Lost por causa dos efeitos toscos saiba que você está perdendo a chance de prevê o futuro



FRINGE


Lembra que no começo desse texto eu disse que gente que tem preguiça de pensar deve passar longe de séries de ficção científica? Fringe é o melhor exemplo dessa afirmação. 

demorei 2 temporadas para me tocar que isso é um alfabeto
Criada por J.J. Abrams (mesmo criador de Lost e Alias), Fringe explora a linha tênue entre realidade e ficção científica. Personagens carismáticos, easter eggs, mitologia consistente e final planejado, Fringe possui todos os elementos para ser consagrada MELHOR SÉRIE DE FICÇÃO CIENTÍFICA DA ATUALIDADE (beijinho no ombro fãs de Lost).

Para gostar de Fringe muito mais do que não ter preguiça de pensar você precisa ser persistente, a série só decola a partir do 17º episódio da 1ª temporada. Se você chegar ao episódio 17 facilmente você virará mais um membro do culto Fringe. 

DOCTOR WHO



A série de ficção científica mais longa da história é o melhor exemplo de que você tem que abraçar em alguns momentos a incoerência para poder curtir o momento. 50 anos não é fácil de acompanhar e por isso é necessário fazer escolhas e se jogar. É muito difícil encontrar um fã de Doctor Who que tenha começado a acompanhar a série a partir do primeiro Time Lord.

Doctor Who conseguiu misturando ação, humor, pitadas de terror e muito drama angustiante explorar praticamente todos os elementos de ficção científica. Se você quer acompanhar as aventuras do Doctor e suas companions as dicas são: não tenha pressa, ignore os efeitos toscos e comece com as temporadas de David Tennant


E aí, vamos deixar a preguiça de lado e se aventurar em séries de ficção científica? 

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

9 comentários

  1. Adorei o post. Me incentivou a voltar a ver Fringe. Não consegui passar do piloto. Achei chata. Talvez eu termine X Files também. Só vi as primeiras temporadas. Com relação a Doctor Who acho melhor começar do início da série atual (2005). Com o Christopher Eccleston. Pular pro Tennant pode ficar um pouco confuso e a qualidade dos efeitos só melhora quando o Matt vira o Doctor mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus, volte sim a assistir Fringe, pois é uma série que irá explodir sua cabeça diversas vezes.

      Com o Matt, Doctor Who ganhou de verdade fama internacional e a BBC conseguiu mais ganhar mais dinheiro com a série e investiu mais nela, o que e muito bom para os fãs :D

      Excluir
  2. Também tive o mesmo problema com Fringe, ainda assisti uns 9 episódios e parei. Vou tentar voltar depois de saber que ela começa a decolar no 17º episódio.

    ResponderExcluir
  3. A coisa mais awesome que fiz esse ano foi participar de encontro no Sesc Santos cujo tema era Cinema Futurista anos 60 e 70. Assistimos o piloto de todas as séries do gênero que chegaram ao Brasil nos anos 60 e discutimos sobre. De Flash Gordon a Doctor Who. Estou com uma lista enorme de séries para assisitir :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com inveja de você, Mari. Queria ter participado desse encontro. :)

      Excluir
  4. Faltou Battlestar Galactica...

    ResponderExcluir
  5. Imperdoável é faltar Babylon 5, de longe a melhor space opera para a televisão ever! Cuja ideia foi roubada para criarem Deep Space 9, apesar de terem seguido rumos diferentes.

    Também faltou Battlestar Galactica, uma das melhores coisas já produzidas nos últimos dez anos na televisão.

    E a minha queridinha Stargate SG-1 que durou "só" 10 temporadas, um spin off inspirado no filme Stargate de 1994.

    Eu até tentei dar uma chance à Fringe, mas não passei do piloto. Dr. Who eu nunca assisti a nenhum episódio. E Star Trek... poxa, acho estranho quando alguém diz que não gosta de Star Trek e usa um celular... Sem contar que tem séries com várias pegadas, vários formatos, vários capitães.

    ResponderExcluir
  6. Battlestar Galactica, X-Files e Fringe são as minhas preferidas. Recentemente estou encantada com Sense8, Continuum e The 100.

    ResponderExcluir
  7. Battlestar Galactica, X-Files e Fringe são as minhas preferidas. Recentemente estou encantada com Sense8, Continuum e The 100.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *