2013 Ana Luíza Albacete

[Resenha Misturada] Gravidade, filme

7.11.13Brenda Cordeiro

por Brenda Cordeiro, Isabelle Fernandes e Ana Luíza Albacete

 - "Gravidade"
 - Gravity (2013)
 - Direção: Alfonso Cuarón
 - Roteiro: Alfonso Cuarón
 - Elenco: Sandra Bullock e George Clooney.
 - Drama, Thriller - 90 min - Trailer
 - Nos cinemas brasileiros desde 11 de outubro de 2013.




Minicrítica ~ Sinopse:
Em "Gravidade" acompanhamos a biomédica e engenheira Ryan Stone (Sandra Bullock) e o astronauta quase aposentado Matt Kowalsky (Geogre Clooney) em uma missão de reparo do telescópio Hubble. A tripulação é surpreendida por uma chuva de destroços de um satélite russo, o que faz da missão um desastre. Eles acabam sendo os únicos sobreviventes do acidente e, sem nenhum tipo de comunicação com a base terrestre da NASA, precisam lutar para sobreviver na imensidão que é o espaço.

"Gravidade" é um filme que vem dando o que falar desde sua estréia nos EUA e muitos arriscam dizer que o filme irá inclusive para o Oscar. Um filme badalado desses merece uma resenha badalada também, não é? Por isso, hoje teremos uma resenha tripla aqui no CC!

Quer saber a opinião da Brenda, da Isabelle e da Ana? Clica ai embaixo ;)


O que a Brenda achou?
"Gravidade" é um filme que basicamente acaba com toda a ilusão que nós temos de que o espaço é lindo, que estar perto das estrelas deve ser incrível e coisas do tipo. O filme mostra que, pelo contrário, o espaço é hostil e extremamente assustador.

Fazia tempo que eu não ficava tão aflita assistindo um filme como eu fiquei com "Gravidade". A atuação de Sandra Bullock é espetacular. Ela passa pro espectador toda a aflição que sua personagem sente. Eu me peguei por várias vezes segurando a respiração enquanto a personagem na tela ia ficando aos poucos sem oxigênio.

A minha cena favorita do filme é a que Ryan aparece em posição fetal, depois de uma sofrida batalha contra o tempo e a falta de oxigênio. O simbolismo dessa cena foi tão incrível que me deixou impressionada. Aliás, o filme inteiro faz referência ao nascimento, ou melhor, ao renascimento. A história é, acima de tudo, de humanidade. De luta pela sobrevivência. E você luta junto com a personagem.

"Gravidade" é uma obra prima visual. É um filme que você não somente assiste, você sente, você vive. Os efeitos são tão maravilhosos que me deixaram boquiaberta. O diretor (que é o mesmo de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban) te leva numa uma viagem (bastante agoniante, mas não menos bela) pelo espaço.

Eu diria que o 3D (e/ou Imax) é quase que obrigatório nesse filme. Só assim você terá a experiência (e que experiência!) completa. Mas é claro que não é só o visual que faz esse filme ser tão bom, então mesmo que você assista em 2D, tenho certeza que vai adorar.

Sobre a nota: Diante da grandiosidade e da genialidade que é "Gravidade", eu não poderia deixar de dar a nota máxima para esse filme.


O que a Isabelle achou?
Faço minhas as palavras da Brenda sobre este filme. O cenário É ESPETACULAR, o que torna obrigatório o 3D, a trilha sonora provoca as reações certas, enfim tudo absolutamente em sintonia, perfeito. Porém eu vou ter que dizer, a coisa que mais me chamou a atenção no filme inteiro foi A INCRÍVEL FALTA DE SORTE DA RYAN. Assisti ao filme com a minha a vó, e como nós duas somos do time da zuera, acabamos passando mais tempo rindo das desgraças da pobre mulher do que qualquer outra coisa. Mas gente, sério. Tudo o que poderia dar errado com uma pessoa, aconteceu com ela. Coitada. 

De qualquer modo, isso acabou dando o tchan para o filme. E sim, em várias partes me agarrei no braço da minha avó porque loucura loucura perigooooonnnn e toda aquela coisa que se eu entrar em mais detalhes vai ser spoiler. (tristeza).

Então recomendo a todos, mesmo que não gostem de ficção científica do Cuarón (meu caso). Só não recomendo a quem tem labirintite porque olha, é pedreira. Tem uma cena em que a Ryan fica girando sem parar à deriva durante pelo menos uns três minutos e eu fiquei desesperada não pela situação dela, e sim porque estava começando a me dar tontura q

E por fim, para aqueles que ainda não se sentem muito motivados a ver o filme, dou a cartada final: George Clooney fazendo o papel do astronauta experiente e engraçadinho.

Sobre a nota: Dou 5 conversinhas também!


O que a Ana Luíza achou?
Quando "Gravidade" estreou no festival do Rio, muitos amigos foram assistir e falaram que era um dos melhores filmes do ano. Na faculdade, só se falava disso: "Gravidade isso, Gravidade aquilo...", eu já queria assistir, quanto mais as pessoas falavam, mais eu me sentia fora de tudo. Até que assisti.

"Gravidade" é o tipo de filme que o custo é basicamente em efeitos especiais para tudo ficar perfeito. Pois é, e ficou. Nunca vi um efeito especial tão sensacional como aquele. As imagens são de tirar o fôlego. Eu concordo com tudo que já foi dito aqui em cima, mas o meu maior problema foi o roteiro. Parece que o Cuarón ficou com medo de arriscar em uma temática diferente da que ele normalmente trabalha, e por isso, fez um roteiro rendondinho onde as coisas eram meio que óbvias, apesar de ter todo o subtexto de renascimento. Claro que isso não tira mérito nenhum do filme, continua sendo uma obra prima completa.

Bato palmas para a direção/preparação de Sandra Bullock, ela nem sempre acerta nas atuações, mas quando acerta, vem de um jeito surreal para impressionar qualquer ser humano, mesmo aqueles que não gostam muito dela, (sim, eu ouvi comentários do tipo: "Ela tá muito bem, apesar de ser a Sandra Bullock"). 

O personagem de George Clooney, ao meu ver, chega para dar uma pequena leveza ao desespero de Sandra e, em parte, ele consegue ter sucesso.

Como disse, a direção de atores feita por Cuarón é impecável, assim como a montagem do filme e a mixagem de som. Talvez, se o som não fosse tão impactante quanto as imagens, o filme seria completamente diferente.

Apesar da minha implicância com o roteiro, "Gravidade" nada mais é do que uma obra prima visual e sonora com grandes chances de ganhar alguns prêmios em breve.

Sobre a nota: 5/5 - O Roteiro, por mais que seja simples e redondo, funciona melhor do que muito roteiro complicado e de filmes que duram muito mais do que "Gravidade".

-

Nota final:
(5/5 conversinhas)



TAGS: , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Olha, confesso que me surpreendi com o filme. Bem melhor do que eu esperava. Mesmo o trailer já tinha me conquistado por não ter aquelas cenas de ação tão manjadas. Agora, ver o filme e me confirmar que realmente não tem ação atrás de ação, foi incrível. Aliás, incrível é como o filme segura a tensão no ápice durante toda a projeção. Muito bom mesmo.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Acredito que é o melhor filmes de ficção científica do ano. Talvez até dos últimos anos, não apenas no sentido de mostrar o espaço como um lugar frio e hostil, mas por mostrar uma história de sobrevivência. O fato de termos uma protagonista mulher também me encantou na obra de Cuarón.

    James Cameron disse que Gravidade é o melhor filme de espaço já feito. E mesmo tendo abusado de efeitos especiais, ele não é aquela pataquada sem sentido de Transformes 3, por exemplo. É um filme com conteúdo, com gente lutando para sobreviver, com os sentimentos mais fortes aflorando em uma pessoa que, além de cientista, é um ser humano.

    Isso só mostra como é possível fazer ficção científica que seja bela, correta, com uma mensagem positiva, utilizando-se da tecnologia para deixá-la praticamente perfeita. Acho que é um novo épico do gênero, ao lado de Blade Runner, Alien e 2001. Primoroso.

    Abraço!

    momentumsaga.com

    ResponderExcluir
  3. Para mim, além da imensa qualidade visual do filme e das movimentações de câmera, ela trata da derrota quando nos sentimos abandonados e sem em que se segurar. Aí temos de aceitar tudo, ajuda do além (delírio), de russos e chineses, para poder renascer (recomeçar) com mais força ainda (mito cristão). Adorei a Sandra Buloock de camiseta pequena e shortinho (inverossímel no espaço) mas faz com que torçamos mais por ela.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *